Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/6626
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Morfossintaxe da lingua Tapirape.pdf5,66 MBAdobe PDFView/Open
Title: Morfossintaxe da língua tapirapé (Família Tupi-Guaraní)
Authors: Praça, Walkíria Neiva
Orientador(es):: Queixalós, Francisco
Assunto:: Língua tupi-guarani
Índios - línguas
Issue Date: Dec-2007
Citation: PRAÇA, Walkíria Neiva. Morfossintaxe da língua tapirapé (Família Tupi-Guaraní). 2007. 282 f. Tese (Doutorado em Linguística)-Universidade de Brasília, Brasília, 2007.
Abstract: Esta tese tem por objetivo apresentar uma descrição gramatical da língua Tapirapé (família Tupí-Guaraní) com enfoque em sua morfossintaxe. O trabalho é composto por sete capítulos. No Capítulo 1, verifica-se o fenômeno gramatical em que tanto nomes quanto verbos podem instituir as funções sintáticas de argumento e predicado, além de compartilhar similaridades morfossintáticas. O Capítulo 2 oferece uma descrição dos morfemas que são onipresentes em constituintes formados por nomes e verbos, mas que também podem ocorrer nos constituídos por posposições e advérbios. O Capítulo 3 é reservado ao nome e aos pronomes, sendo apresentadas suas características morfossintáticas. O verbo bem como os fenômenos a ele ligados, tais como categoria de aspecto, modalidade, processos de ajuste de valência e o indicativo 2, são discutidos no Capítulo 4. O Capítulo 5 é dedicado às expressões adverbiais. Sob este título foram agrupados e discutidos elementos que pertencem a distintas classes como posposições, quantificadores e advérbios, mas que compartilham propriedades distribucionais e morfológicas. O Capítulo 6, por sua vez, é destinado às partículas intra-oracionais, elementos de conteúdo semântico diversificado que são essenciais à compreensão da oração nos níveis sintático e semântico. No Capítulo 7 são discutidos as estruturas oracionais, abrangendo as sentenças independentes e as complexas, os tipos oracionais e a estrutura ativa “estendida” dessa língua. ____________________________________________________________________________ ABSTRACT
This dissertation presents a grammatical description of the Tapirapé language (Tupí-Guaraní family), focusing on its morphosyntax. It comprises seven chapters. Chapter 1 discusses a grammatical phenomenon characterized by the fact that nouns and verbs can both play the syntactic functions of argument and predicate, in addition to sharing morphological properties. Chapter 2 offers a description of morphemes which occur with noun and verb phrases, as well as adverbial and postpositional phrases. Chapter 3 presents the morphosyntactic characteristics of both nouns and pronouns. The verb and its properties (such as aspect, modality, valence-changing processes, and the Indicative 2), are discussed in Chapter 4. Chapter 5 deals with “adverbial expressions,” discussing morphemes that, although belonging to different parts of speech such as postpositions, quantifiers, and adverbs proper, share both distributional and morphological properties. Chapter 6 describes clausal particles, a category of semantically-diverse elements which are essencial to the syntactic and semantic comprehension of the sentence. Chapter 7 analyzes clause structures, including simple and complex sentences, clause types, and the “extended” active structure of the language.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, 2007.
metadata.dc.description2: Tese apresentada ao Departamento de Lingüística, Português e Línguas Clássicas da Universidade de Brasília como parte dos requisitos para a obtenção do título de Doutor em Lingüística.
Appears in Collections:LIP - Doutorado em Linguística (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6626/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.