Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/6528
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_ZuleideOliveiraFeitosa.pdf996,87 kBAdobe PDFView/Open
Title: Competição por espaço em estacionamento público : invasão, reações e justificativas diante de vagas reservadas
Other Titles: Competing for space in public parking lots : invasion, reactions, and justifications toward reserved parking spaces
Authors: Feitosa, Zuleide Oliveira
Orientador(es):: Günther, Hartmut
Assunto:: Trânsito urbano
Psicologia social
Comportamento humano
Issue Date: 2010
Citation: FEITOSA, Zuleide Oliveira. Competição por espaço em estacionamento público: invasão, reações e justificativas diante de vagas reservadas. 2010. 65 f. Dissertação (Mestrado em Pisicologia social do Trabalho e das Organizações)-Universidade de Brasília,Brasília, 2010.
Abstract: Este trabalho de dissertação é resultado da investigação sobre invasão, reações e justificativas dos motoristas que competem por vagas em estacionamento público. Os referenciais teóricos revisados foram da Psicologia Ambiental do Trânsito e Teoria Social Cognitiva. Foram realizados três estudos e utilizou-se o método de observação sistemática, de observação livre e entrevista respectivamente. No estudo 1, foram observados 470 eventos no momento em que os condutores estavam invadindo vagas especiais ou áreas proibidas dentro do estacionamento público. No estudo 2, provocaram-se reações em 524 condutores imediatamente após o momento da violação. Cada reação observada foi registrada inclusive os conteúdos que as diferenciavam. O estudo 3 compreendeu a análise de conteúdo de 346 condutores identificando-se os mecanismos psicológicos utilizados para justificação do comportamento inadequado. Ao longo dos três estudos, verificou-se que o motorista desobedece à lei, reage com agressividade quando é perguntado sobre a invasão e tenta justificar-se para explicar o comportamento de competição. A discussão aponta que a competição por espaço influencia o comportamento de obediência à lei, bem como a relação que o motorista estabelece com esse espaço utilizando defesas agressivas e estratégias psicológicas, tais como, mecanismos de distorção do agente da ação, das consequências e da visão da vítima na qual os efeitos da ação egoísta recaem. Assim utilizam-se dos esquemas de negação e admissão da culpa na tentativa de atenuar esses efeitos Na conclusão, fica indicada a necessidade de se efetivar ações preventivas do comportamento de desobediência à lei. Primeiro, o policiamento ostensivo se faz necessário para coibir comportamentos indesejáveis; segundo, é feita a proposta de se verificar as falhas existentes na sinalização horizontal e vertical e a logística dos estacionamentos investigados. Por último, acrescenta-se que as escolas de ensino fundamental deveriam ser estimuladas a incluir, nos programas de ensino como tema transversal (Diretrizes e Bases da Educação Nacional: Lei n° 9394), a educação para o trânsito como meio de se formar condutores conscientes do seu papel de exercer a cidadania. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This dissertation is the result of an investigation into the invasion, reactions, and justifications of drivers competing for public parking spaces. The theoretical background of the study draws on environmental and traffic psychology and on social cognitive theory. Three studies were carried out using systematic observation, free observation, and interviews. In study 1, we observed 470 events of drivers invading special parking spaces or no parking areas inside a public parking lot. In study 2, reactions were provoked in 524 drivers immediately after the violation had been committed. Each observed reaction was registered including the contents that differentiated them. Study 3 consisted of a content analysis of 346 drivers, identifying the psychological mechanisms used to justify their inappropriate behavior. The three studies revealed that drivers who break the law react aggressively when questioned about the invasion and try to justify themselves in order to explain their competitive behavior. The discussion section indicates that the competition for space affects the law-breaking behavior as well as the relation that the driver establishes with this space, using aggressive defenses and psychological strategies, such as mechanisms that distort the agent of action, the consequences, and the view of the victim suffering the effects of their selfish acts. Thus, drives employ denial and admission of guilt in the attempt to mitigate these effects. The conclusion points out the need for preventive action against law-breaking behavior. First, police surveillance is necessary to discourage undesirable behavior. Second, there is a need to investigate the existing deficiencies in horizontal and vertical signage as well as the logistics of parking lots. Finally, primary schools should be encouraged to include traffic education as a cross-cutting theme (National Guidelines and Tenets for Education: Law n° 9394) in their curriculum as a means of developing drivers who are aware of their role as citizens.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2010.
Appears in Collections:PSTO - Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6528/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.