Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/6491
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_Orlando Magno F Carvalho Pinto.pdf522,95 kBAdobe PDFView/Open
Title: Influência, in vitro, da vancomicina, da anfotericina-b desoxicolato e de ambas sobre a função fagocitária, produção de radicais de oxigênio e fator de necrose tumoral -α por fagócitos do sangue periférico de indivíduos normais
Authors: Pinto, Orlando Magno Fernandes Carvalho
Orientador(es):: Junqueira, Maria Imaculada Muniz Barboza
Assunto:: Antibióticos
Unidade de tratamento intensivo
Infecção hospitalar
Issue Date: 2006
Citation: PINTO, Orlando Magno Fernandes Carvalho. Influência, in vitro, da vancomicina, da anfotericina-b desoxicolato e de ambas sobre a função fagocitária, produção de radicais de oxigênio e fator de necrose tumoral -α por fagócitos do sangue periférico de indivíduos normais. 2006. 150 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical)-Universidade de Brasília, Brasília, 2006.
Abstract: A melhora do atendimento médico em unidades de terapia intensiva tem aumentado a sobrevida dos pacientes, entretanto, têm aumentado o risco de infecções hospitalares múltiplas e graves. Isto resulta na necessidade de associar drogas antimicrobianas potentes, como a vancomicina e a anfotericina-B. Pouco tem sido estudado da ação destas drogas sobre as funções dos fagócitos que são a primeira linha de defesa contra os patógenos a que estes pacientes estão submetidos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da anfotericina-B e vancomicina, isoladas ou associadas sobre as funções dos fagócitos. Foram retirados, após consentimento informado, 15 ml de sangue periférico de 20 indivíduos normais para avaliar a influência da anfotericina-B desoxicolato (2 mg/L) e da vancomicina (40 g/ml), isoladamente ou associadas, sobre a capacidade fagocitária dos neutrófilos por meio dos receptores para padrões moleculares de patógenos e por meio de receptores para componentes do sistema do complemento, in vitro. O índice fagocitário foi determinado pela multiplicação da média de Saccharomyces cerevisiae ingeridas por fagócito pela proporção de fagócitos envolvidos na fagocitose. A avaliação da capacidade oxidativa dos fagócitos foi feita pelo teste do Nitro blue tetrazolium e produção de fator de necrose tumoral – α pelos monócitos em cultura foi avaliada pelo teste de ELISA. A vancomicina, anfotericina-B ou associação de ambas deprimiram a capacidade fagocitária dos neutrófilos, tanto quando avaliado por meio de receptores para padrões moleculares de patógenos, quanto por meio de receptores para complemento. A anfotericina-B desoxicolato diminuiu a porcentagem de fagócitos que reduzem o nitro blue tetrazolium (NBT) estimulado, enquanto a vancomicina não influenciou a produção de radicais de oxigênio, nem pela redução do NBT basal, nem estimulado. A associação anfotericina-B e vancomicina diminuiu a proporção de fagócitos que reduzem fracamente o NBT basal (p=0,0137) e o NBT estimulado (p=0,0764). A vancomicina não influenciou a produção de FNT-, enquanto a anfotericina-B desoxicolato e a associação dela com a vancomicina aumentaram a produção desta citocina pelos monócitos. Enquanto para a anfotericina-B este efeito foi evidenciado quando os monócitos não estavam estimulados (p=0,0705), para a associação anfotericina-B e vancomicina o aumento da produção do FNT-α ocorreu quando os monócitos foram estimulados pelo LPS (p=0,0593). Nossos dados mostraram que os antimicrobianos avaliados causaram, pelo menos in vitro, isolados ou associados, redução da capacidade fagocitária pelos neutrófilos de indivíduos saudáveis, tanto por meio de receptores para padrões moleculares de patógenos, quanto para receptores para complemento. No entanto, a anfotericina-B causou tendência ao aumento da produção de FNT-α por monócitos não estimulados por LPS, e quando em associação com vancomicina, também aumentou a produção dessa citocina por monócitos estimulados. Estas características imunomoduladoras das drogas podem ser benéficas, se a escolha de um dos antimicrobianos ou a associação de ambos, for feita baseado em critérios clínicos do paciente, microbiológico da infecção, e imunomoduladora da droga. Salientando que a produção diminuída de ânions superóxido pode, em determinadas circunstâncias, ser benéfica, e que produção exagerada pode causar dano a tecidos sãos. O FNT-α, como citocina pró-inflamatória, pode potencializar a capacidade microbicida dos fagócitos, favorecendo ao processo de cura, mas também é um dos principais causadores do choque séptico e falência orgânica. Nossos dados mostraram tanto a anfotericina como a vancomicina podem deprimir a capacidade fagocitária, mas a associação das duas drogas não agrava esta deficiência. Estas deficiências do sistema imunitário devem ser consideradas na prescrição destas drogas. _________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The improvement of the medical service in intensive therapy units has been increasing the survival of patients, however, they have also been increasing the risk of multiple and serious nosocomial infections. This fact results in the need of associating potent antimicrobial drugs, as vancomycin and amphotericin-B. Little has been studied about the action of these drugs on phagocyte functions, that are the first line of defense against extracellular pathogenic microorganisms, to which these patients are submitted to. This work aimed to evaluate the influence of the amphotericin-B, vancomycin, or both on phagocyte functions. Phagocytosis of Saccharomyces cerevisiae by peripheral blood neutrophils of 20 healthy individuals was assessed in the absence or presence of amphotericin-B deoxicolate (2 mg/L), vancomycin (40 μg/ml) or both, through pattern recognition receptors and through complement receptors, in vitro. The phagocytic index was calculated as the average number of ingested Saccharomyces cerevisiae yeasts per phagocytosing neutrophil multiplied by the percentage of these cells engaged in phagocytosis. The microbicidal mechanism of phagocytes was assessed by their ability to generate toxic oxygen radicals capable of reducing the nitro blue tetrazolium (NBT) compound. The production of tumor necrosis factor-α by peripheral blood mononuclear cells in culture was assessed by an ELISA test. The vancomycin, amphotericin-B and both, decreased the phagocytic indices of neutrophils, through pattern recognition receptors and complement receptors. Amphotericin-B decreased the stimulated percent of NBT reduction, while the vancomycin did not influence it. The association of amphotericin-B and vancomycin decreased the weak basal (p=0,0137) and stimulated (p=0,0764) percent of NBT reduction. The vancomycin did not influence the production of TNF-α, while the amphotericin-B and the association of both drugs increased the production of this cytokine by monocytes. However, for amphotericin-B this effect was evidenced for nonstimulated monocytes (p=0,0705), while for the association of both drugs this effect was evidenced for LPS stimulated monocytes(p=0,0593). Our data showed that, at least in vitro, these drugs reduced the phagocytic capacity of neutrophils of healthy volunteers. However, the amphotericin-B caused tendecy to increase the production of TNF-α by LPS non-stimulated monocytes, and when in association with vancomycin, it also increased the production of this cytokine by stimulated monocytes. It should be pointed that the reduced production of superoxide anions can be beneficial in defense against pathogens. However, the increased production of these molecules can damage healthy tissues. TNF-α is a pro-inflammatory cytokine, that can potentiate phagocyte microbicide capacity, favoring to the cure process, but it is also one of the main causes of the septic shock. Our data showed that amphotericin-B and vancomycin can depress the phagocytic capacity of neutrophils, but the association of the two drugs does not worsen this deficiency. These immune system deficiencies should be considered in the prescription of these drugs.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2006.
metadata.dc.description2: Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical da Universidade de Brasília, como requisito para obtenção do título de Mestre em Medicina Tropical.
Appears in Collections:FMD - Mestrado em Medicina Tropical (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6491/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.