Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/6342
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_Carlos Romero Martins.pdf
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.accessRestricted???
3,68 MBAdobe PDF ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.restrito???
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorHay, John Du Vall-
dc.contributor.authorMartins, Carlos Romero-
dc.date.accessioned2011-01-04T15:52:20Z-
dc.date.available2011-01-04T15:52:20Z-
dc.date.issued2006-04-
dc.date.submitted2006-04-
dc.identifier.citationMARTINS, Carlos Romero. Caracterização e manejo da gramínea Melinis minutiflora P. Beauv. (Capim-Gordura): uma espécie invasora do cerrado. 2006. 145 f. Tese (Doutorado em Ecologia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2006.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/6342-
dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Departamento de Ecologia, 2006.en
dc.description.abstractA invasão biológica por espécies exóticas é considerada uma das principais ameaças para a conservação da biodiversidade em áreas protegidas. A gramínea africana Melinis minutiflora P. Beauv. (capim-gordura) apresenta ampla distribuição geográfica, podendo ser encontrada em regiões tropicais e subtropicais. Devido à sua agressividade, o capimexótica gordura é considerado a gramínea que tem causado maior impacto sobre a flora do Parque Nacional de Brasília. Este estudo foi conduzido no Parque Nacional de Brasília, com as coletas de campo realizadas entre 1999 e 2005. Foram determinadas as principais características do capim-gordura e, testadas as técnicas do uso do fogo e manejo integrado (fogo + herbicida + arranquio manual) para o seu controle. Também, foi elaborada uma lista das gramíneas exóticas presentes no Parque Nacional. O capim-gordura está presente em várias áreas perfazendo um total de 4.563 ha dos 30.000 ha do Parque Nacional.A vegetação da área selecionada para implantação do experimento é classificada como Cerrado Ralo, e o capim-gordura recobre cerca de 50% do estrato rasteiro. Das quatro cultivares do capim-gordura citadas para ao Brasil somente as cultivares Roxo e Cabelo-de- Negro estão presentes nessa unidade de conservação. As cultivares estudadas apresentam variabilidade genética, porém as diferenças anatômicas encontradas não são suficientes para separá-las em espécies. O seu ciclo reprodutivo dura em torno de três meses, e a percentagem média de espiguetas férteis por inflorescência foi de 30% para a cultivar Cabelo-de-Negro e 29% para cultivar Roxo. A produção de sementes na área estudada foi de 74 kg/ha e 116 kg/ha para as cultivares Cabelo-de-Negro e Roxo, respectivamente. No Parque Nacional de Brasília, o vento não é provavelmente um importante fator de dispersão das sementes do capim-gordura. As sementes recém-colhidas apresentam alta viabilidade e alta dormência. Em condições de laboratório, são necessários cerca de 18 meses para ocorrer uma superação total da dormência das sementes do capim-gordura. Após seis anos de armazenamento, as cultivares Roxo e Cabelo-de-Negro apresentam uma germinação de 64 e 43%, respectivamente. Sementes enterradas até a profundidade de 3 cm não impede a emergência de plântulas do capim-gordura, entretanto a profundidade de 4 cm representa o limite de inibição em que as plântulas não conseguem emergir. Em condições de campo, a germinação das sementes ocorre entre dezembro e março, contudo o estresse hídrico que ocorre no período seco, entre junho e outubro, não elimina totalmente as plântulas que se estabeleceram no período chuvoso. O fogo como instrumento de manejo não elimina as sementes presentes no banco de sementes. A realização de uma queimada controlada não foi suficiente para controlar o capim-gordura O manejo integrado conseguiu reduzir o índice de cobertura do capim-gordura de 50% para menos de 0,6%, e a sua biomassa apresentou uma redução superior de 99%. Em decorrência do grande potencial de reinfestação do capim-gordura, recomenda-se monitorar por pelo menos três anos as áreas submetidas ao manejo integrado. Na área experimental registrou-se uma considerável riqueza florística (409 espécies) e a vegetação estudada apresenta alta resiliência. Os resultados das análises mostraram as concentrações de resíduos de glifosato no solo que são baixíssimas. Foram identificadas 28 espécies de gramíneas exóticas que representa 17,7% do total das gramíneas citadas para o Parque Nacional de Brasília. Para efetiva preservação da vegetação nativa, torna-se fundamental a elaboração de um programa de monitoramento e controle/erradicação de todas as espécies exóticas encontradas nessa unidade de conservação. ______________________________________________________________________________ ABSTRACTen
dc.description.abstractBiological invasion by exotic species is considered to be one of the principal threats to biodiversity conservation in protected areas. Melinis minutiflora P. Beauv. (molasses grass) an grass native to African has an ample geographic distribution and can be found in tropical and subtropical regions. Due to its aggressiveness, molasses grass is considered to be the exotic grass that has had the greatest impact on the flora of the National Park of Brasilia. This study was conducted in the National Park of Brasilia between 1999 and 2005. The principal characteristics of molasses grass were determined along with the use of fire and integrated control methods (fire + herbicide + hand removal). A list of the exotic grasses present in the National Park was also elaborated. Molasses grass is present in 4.563 of the 30.000 ha of the National Park, being found in different habitats. The vegetation of the area used in this study is classified as “Cerrado Ralo” and molasses grass covers approximately 50% of the ground layer. Of the four cultivars of molasses grass cited as present in Brazil only “Roxo” and “Cabelo de Negro” are present in this conservation unit. These cultivars have genetic variability, however the anatomical differences found between the two are not sufficient to separate them into different species. The reproductive cycle lasts approximately three months and about 30% of the inflorescenses of the “Cabelo de Negro” cultivar have of fertile spikes while the number for the “Roxo” cultivar is about 29%. Seed production in the study area was 74 kg/ha and 116 kg/ha for the “Cabelo de Negro” and “Roxo” cultivars respectively. Wind is probably not an important seed dispersal agent in the National Park of Brasilia. Recently collected seeds of both cultivars of molasses grass have high viability and dormancy. Under laboratory conditions, about 18 months are required to completely overcome seed dormancy. Germination of the cultivars “Roxo” and “Cabelo de Negro” was 64 and 43% respectively after six months storage. Burial of seeds up to 3 cm deep does not impede seedling emergence, however a depth of 4 cm does inhibit emergence. Under field conditions, germination occurs from December to March however water stress during the dry season, from June to October, does not eliminate all of the recently established seedlings. As a management tool fire does not eliminate the seed bank and one controlled burn was not sufficient to control molasses grass. Integrated control methods reduced coverage of molasses grass from 50 to <0.6% and reduced its biomass by over 99%. Due to the high regenerative capacity of molasses grass, a monitoring program of at least three years is necessary in the areas where integrated control is used. A considerable floristic richness (409 species) was recorded in the experimental area and the vegetation showed a high degree of resiliency. Residue analysis for Glyphosate showed very low levels in the soil. Twenty eight species of exotic grasses were identified in the National Park and this represents 17.7% of the total number of grasses cited for this conservation unit. For the effective preservation of the native vegetation in the National Park a monitoring and control/eradication program of all exotic species encountered in the Park is necessary.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleCaracterização e manejo da gramínea Melinis minutiflora P. Beauv. (Capim-Gordura) : uma espécie invasora do cerradoen
dc.typeTeseen
dc.subject.keywordGramínea - controleen
dc.subject.keywordEcologiaen
dc.location.countryBRAen
Appears in Collections:ECL - Doutorado em Ecologia (Teses)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6342/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.