Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/6214
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Paulo Franca Santos.pdf771,92 kBAdobe PDFView/Open
Title: Construção de significados e processos de identificação em jovens adultos com paralisia cerebral
Other Titles: Meaning construction and identification processes in life histories of young adults with cerebral palsy
Authors: Santos, Paulo França
Orientador(es):: Barbato, Silviane Bonaccorsi
Assunto:: Paralisia cerebral
Dialogismo
Paralisia cerebral - aspectos psicológicos
Issue Date: 20-Dec-2010
Citation: SANTOS, Paulo França. Construção de significados e processos de identificação em jovens adultos com paralisia cerebral. 2007. 217 f. Tese (Doutorado em Psicologia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2007.
Abstract: O objetivo deste estudo foi identificar e analisar os significados em narrativas de jovens adultos com paralisia cerebral. Nosso estudo se baseia na fala de cinco participantes adultos (03 homens e 02 mulheres com diagnóstico de paralisia cerebral em atendimento em um centro de reabilitação). Buscamos investigar as seguintes questões: Quais os significados emergentes das trocas dialógicas construídas nas narrativas de histórias de suas vidas? Como esses participantes se autodescrevem e como elaboram as suas identidades? Quais são as dificuldades enunciadas e como as enfrentam? Tomamos como referencial a pesquisa qualitativa em uma abordagem dialógica a partir da perspectiva da psicologia histórico-cultural. Esta escolha teórico-metodológica fundamenta-se no argumento de que a pesquisa qualitativa é um processo complexo de construção do conhecimento que atenta para aspectos importantes na exploração de um problema humano ou social. O trabalho de construção de dados aconteceu em três encontros individuais com cada um dos participantes, onde foram realizadas as entrevistas abertas e semiestruturadas. Todas as entrevistas foram gravadas em fita cassete, totalizando 35 horas de gravação e 222 páginas de transcrição. Utilizamos o programa QDA Miner software que organiza os dados para análise qualitativa, que nos permitiu agrupar o conjunto de textos transcritos e formar um documento para cada um dos participantes. Os resultados foram definidos e organizados nas seguintes categorias: Gêneros: drama, comédia, romance, epopéia, referindose à estrutura discursiva construída nas entrevistas em sentido mais amplo, uma vez que abrange também a formação dos significados nos contextos e se aplica para classificar textos como produtos culturais. Períodos vitais: nascimento, infância, adolescência, vida adulta, mudanças de lugar, mudanças de atitudes, relacionando os eventos narrados a períodos específicos no desenvolvimento dos participantes; Temas: autopercepção, percepção social, diagnóstico, tratamento, relacionamentos, enfrentamento, definidos a partir das diversas leituras dos textos e análise temática dialógica, produzidos a partir das entrevistas. Os dados obtidos foram confrontados com a teoria, nos permitindo entender que as narrativas se apresentam como uma maneira particular de compreendermos como as pessoas constroem os significados de suas histórias de vida. Neste estudo, as análises dos resultados indicaram que os significados que regulam as narrativas de jovens adultos com paralisia cerebral são mediados pelas repercussões da deficiência em suas histórias de vida. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study aimed at identifying, defining and analyzing meanings that regulate the narratives of young adults with cerebral palsy.Five participants with cerebral palsy diagnostics attending a rehabilitation center took part of the study – three men and two women. We tried to answer the following questions: Which meanings do emerge from narratives constructions during life stories interviews? How do the participants describe themselves and build their identities? Which difficulties are uttered and how they cope with them? The study is based on the dialogical frame of the historical-cultural perspective. The choice of a qualitative methodology is based on the argument that it turns possible a complex process of knowledge construction important to the exploration of the potentialities of human and social phenomena. Data were constructed in three individual sessions held with each of the participants through the development of open and semi-structured interviews. All sessions were tape recorded with the agreement of the participants, totalizing 35 hours of recording and 222 pages of transcription. In order to analyze data we used QDA Miner software that allowed the organization of the transcribed texts forming documents for each of the participants. Results were organized in three main categories: genres (drama, comedy, romance and epic), as the life stories narratives and responses in other interviews structured the relation of self explanations and the cultural contexts; vital periods (birth, childhood, teenage years, beginning of adulthood, moving places and changes of attitudes), in order to relate events to specific moments of development; themes (auto perception, social perception, diagnostics, treatment, relationships and coping) defined by a thematic dialogical analyses of the whole corpus of data. Data were then confronted with the theory allowing the construction of a complex comprehension on the meanings constructed by the participants during the study. The analysis indicated that meanings that regulated young adults with cerebral palsy narratives were mediated by the repercussions of deficiency in their life stories.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2007.
Appears in Collections:IP - Doutorado em Psicologia (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6214/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.