Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/5838
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_HoracioFranciscoZimba.pdf3,45 MBAdobe PDFView/Open
Title: A dimensão política e o processo de institucionalização da ciência e tecnologia em Moçambique
Other Titles: The political dimension and the science and technology institutionalization in Mozambique
Authors: Zimba, Horácio Francisco
Orientador(es):: Mueller, Suzana Pinheiro Machado
Assunto:: Ciência e tecnologia
Formação da comunidade científica
Bibliometria
Issue Date: 5-Nov-2010
Citation: ZIMBA, Horácio Francisco. A dimensão política e o processo de institucionalização da ciência e tecnologia em Moçambique. 2010. xvi, 185 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: O objetivo principal deste estudo foi descrever e entender a evolução e desenvolvimento do processo de institucionalização da ciência e tecnologia (C&T), com vistas a reunir fundamentos que possam contribuir na formulação de políticas públicas nos diversos setores da área da C&T em Moçambique. Constituiu o universo da pesquisa as principais instituições de ensino superior e instituições de investigação científica no país. O levantamento de dados ocorreu em duas etapas: na primeira, foi realizado um levantamento documental com base em relatórios institucionais e em outras fontes primárias existentes. Paralelamente ao trabalho de levantamento documental fez-se uma busca na base de dados bibliográficas internacional ISI Web of Science (ISI WoS) com objetivo de traçar um perfil bibliométrica da produção científica moçambicana cobrindo o período da criação das primeiras instituições científica - década de 1960 até 2009. Na segunda etapa foram realizadas entrevistas semi-estruturadas a docentes, investigadores e gestores das instituições pré-selecionadas para amostra e outras pessoas indicadas por estes. O estudo de caráter descritivo-analítico foi conduzido com uso da abordagem metodológica quali-quantitativa, que procurou identificar fatos relacionais entre os eventos que marcaram a institucionalização da C&T e as forças, políticas, econômicas e sociais, determinadas pelos momentos históricos do país de acordo com a periodização adotado para facilitar a análise contextualizada (Período Colonial 1845 a 1974, Primeira República 1975 a 1990 e Segunda República - 1991 até o estágio atual). O referencial teórico incluiu os fundamentos conceituais do novo modo de produção de conhecimento sugerido por Gibbons et al (1994), a teoria da tríplice hélice proposta por Etzkowitz &Leydesdorff (1995), o conceito de campo de Bourdieu (1983) e a teoria de ator-rede de Latour (2000). Os dados bibliométricos foram tratados com auxílios de aplicativos específicos como Excel, Unicet e NetDraw, e para o tratamento das entrevistas foi utilizada a técnica de análise de conteúdo através da categorização. As categorias analíticas foram definidas a partir de um exame preliminar do conteúdo das entrevistas. A organização dos dados nas categorias analíticas obedeceu a critérios de similaridade e diferenciação do conteúdo das entrevistas. Portanto, partindo-se da base de que as linhas e programas políticos de desenvolvimento adotados pelas lideranças do país ao longo dos tempos podem ser considerados como sendo atores não humanos, que têm condicionado fortemente todo o processo analisado neste estudo, mas que por outro lado, não se deve descurar de que elas são resultados da ação humana. Conclui-se que o processo de institucionalização da C&T está intrinsecamente relacionado ao fluxo, circulação, interligações e negociações, entre os atores humanos e não humanos, que podem ser internos ou externos ao contexto e ambiente de produção da ciência e tecnologia moçambicana. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The aim of this study was to describe and understand the evolution, development and institutionalization of science and technology (S &T), in order to collect the elements that may contribute for the formulation of public policies in various sectors of the area of S &T in Mozambique. The main institutions of higher education and scientific research in the country were the universe of this research. Data collection was performed in two stages: in first stage, a documentary survey was conducted based on institutional reports and other primary sources that were available. While the documentary surveys was taking place, a search in the international bibliographic databases ISI Web of Science (ISI WoS) was being done with the aim of outlining a bibliometric profile of the Mozambican scientific output covering the period of creation of the first scientific institutions - the 1960s to 2009. And in the second stage, semi-structural interviews were conducted to teachers, researchers and managers of institutions pre-selected for sample and other persons indicated by them. This study was a descriptive-analytic with use of qualitative and quantitative methodological approach, which sought to identify related facts between the events that marked the institutionalization of S &T and the political, economic and social forces, as determined by country historical moments according the adopted periodization to facilitate the analysis in context (Colonial Period - 1845 to 1974, First Republic - 1975 to 1990 and the Second Republic - 1991 to the current stage). The theoretical framework included the conceptual foundations of the new mode of knowledge production suggested by Gibbons et al (1994), the theory of the triple helix proposed by Etzkowitz and Leydesdorff (1995), the concept of field in Bourdieu (1983) and the actor network theory by Latour (2000). The bibliometric data were processed with the aid of specific applications such as Excel, and Unicet NetDraw, and the interviews were handled using the technique of content analysis through categorization. The analytical categories were defined from a preliminary examination of the interviews. The organization of data into analytical categories was based on the criteria of similarity and differentiation of the interviews. Therefore, starting from the basis that the political lines and programs of development adopted by the leaders of the country over time can be considered as non-human actors, who have strongly shaped the whole process analyzed in this study, but on the other hand should not be overlooked that they are the result of human action. So the main conclusion is that the institutionalization of S &T is closely related to the flow, circulation, interconnections and negotiations between human actors and non-human, which may be internal or external to the context and environment of production of science and technology in Mozambique.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, 2010.
Appears in Collections:FCI - Doutorado em Ciência da Informação (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/5838/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.