Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/5826
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_FronteirasEficienciaEstocasticas.pdf493,39 kBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorTannuri-Pianto, Maria Eduarda-
dc.contributor.authorSousa, Maria da Conceição Sampaio de-
dc.contributor.authorArcoverde, Flavia Dowsley-
dc.date.accessioned2010-11-05T11:17:58Z-
dc.date.available2010-11-05T11:17:58Z-
dc.date.issued2009-
dc.identifier.citationTANNURI-PIANTO, Maria Eduarda; SOUSA, Maria da Conceição Sampaio de; ARCOVERDE, Flavia Dowsley. Fronteiras de eficiência estocásticas para as empresas de distribuição de energia elétrica no Brasil: uma análise de dados de painel. Estudos Econômicos, v. 39, n. 1, p. 221-247, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ee/v39n1/v39n1a08.pdf>. Acesso em: 4 nov. 2010. doi: 10.1590/S0101-41612009000100008.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/5826-
dc.description.abstractEsse trabalho sugere uma metodologia para análise da eficiência das distribuidoras do setor elétrico brasileiro a partir do estudo econométrico de informações que afetam diretamente a eficiência das empresas distribuidoras, tais como custo operacional, número de funcionários, volume de energia fornecida, e alguns indicadores qualitativos, como o percentual de perdas de energia, a duração média de interrupção de fornecimento por consumidor por ano em horas (DEC) e quantidade média de interrupções de fornecimento por consumidor no ano (FEC). Além desses, são considerados alguns indicadores socioeconômicos como a posse de eletrodomésticos e a densidade demográfica da área de atuação de cada empresa. A análise parte da definição das fronteiras de produção e de custo, sendo seguida pela estimação das funções de fronteira de produção e de custo mediante o uso de fronteiras estocásticas. _______________________________________________________________________________ ABSTRACTen
dc.description.abstractThis paper analyzes the efficiency of the Brazilian electrical sector distributing companies based on an econometrics study of information and data that directly affect distributing companies´ efficiency, such as operational cost, number of employees, volume of energy supplied, and some qualitative indicators, such as the percentage of energy lost, average duration of the supply interruption per year in hours (DEC) and average frequency of the supply interruption per year (FEC). Besides these, some socio-economic indicators are considered, such as appliances ownership and the demographic density of the area each company is located. The analysis starts with the definition of production and cost frontiers, followed by the production and cost frontier functions, applying the Stochastic Frontier Method.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleFronteiras de eficiência estocásticas para as empresas de distribuição de energia elétrica no Brasil : uma análise de dados de painelen
dc.typeArtigoen
dc.subject.keywordEnergia elétrica - distribuiçãoen
dc.subject.keywordSetor elétrico - Brasilen
dc.identifier.doihttps://dx.doi.org/10.1590/S0101-41612009000100008en
Appears in Collections:ECO - Artigos publicados em periódicos

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/5826/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons