Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/5803
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_MudancaEstruturalCrescimento.pdf544,91 kBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCosta Junior, Leopoldo-
dc.contributor.authorTeixeira, Joanílio Rodolpho-
dc.date.accessioned2010-11-03T13:19:54Z-
dc.date.available2010-11-03T13:19:54Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.citationCOSTA JUNIOR, Leopoldo; TEIXEIRA, Joanílio Rodolpho. Mudança estrutural e crescimento econômico no Brasil: uma análise do período 1990-2003 usando a noção de setor verticalmente integrado. Nova Economia, v. 20, n. 1, p. 85-116, 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/neco/v20n1/03.pdf>. Acesso em: 29 out. 2010. doi: http:dx.doi.org/10.1590/S0103-63512010000100003.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/5803-
dc.description.abstractO objetivo deste artigo é analisar o quanto os setores de serviços contribuem para a produtividade do trabalho da economia como um todo e de cada um dos setores em particular, usando a noção de setor verticalmente integrado desenvolvida por Pasinetti (1973). São estudados a mudança estrutural e o crescimento econômico no Brasil, entre 1990 e 2003. Os resultados obtidos evidenciam que os setores de serviços têm menor produtividade que os demais, mas essa diferença diminui quando consideramos a produtividade total em vez da produtividade direta. A razão principal é o efeito induzido pela produtividade maior dos outros setores sobre os setores de serviços.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleMudança estrutural e crescimento econômico no Brasil : uma análise do período 1990-2003 usando a noção de setor verticalmente integradoen
dc.typeArtigoen
dc.subject.keywordMudança estrutural - Brasilen
dc.subject.keywordDesenvolvimento econômico - Brasilen
dc.subject.keywordSetor verticalmente integradoen
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.1590/S0103-63512010000100003en
dc.description.abstract1The aim of this paper is to examine how the service sectors contribute to labor productivity in the economy as a whole, as well as each of the sectors in particular, using the notion of vertically integrated sector developed by Pasinetti (1973). The studies focused on structural changes and economic growth in Brazil between 1990 and 2003. The results show that service sectors have lower productivity than other sectors, but the difference diminishes when considering total productivity instead of direct productivity. The main reason is the effect induced by increased productivity of other sectors on service sectors.-
Appears in Collections:ECO - Artigos publicados em periódicos

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/5803/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons