Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/5732
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_SoroprevalenciaInfeccaoVirus.pdf41,03 kBAdobe PDFView/Open
Title: Soroprevalência da infecção pelo vírus da hepatite B e pelo plasmódio em Lábrea, Amazonas : estimativa da ocorrência de prováveis coinfecções
Other Titles: Seroprevalence of hepatitis B and malaria infection in Lábrea, Brazilian western Amazon : estimates of coinfection rates
Authors: Tosta, Carlos Eduardo
Silva, Eva Batista da
Souza, Rita Auxiliadora Botelho de
Braga, Wornei Silva Miranda
Assunto:: Hepatite B
Malária
Amazônia
Issue Date: 2005
Citation: BRAGA, Wornei Silva Miranda; SILVA, Eva Batista da; SOUZA, Rita Auxiliadora Botelho de; TOSTA, Carlos Eduardo. Soroprevalência da infecção pelo vírus da hepatite B e pelo plasmódio em Lábrea, Amazonas: estimativa da ocorrência de prováveis coinfecções. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 38, n. 3, p. 218-223, 2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rsbmt/v38n3/23997.pdf>. Acesso em: 20 out. 2010. doi: 10.1590/S0037-86822005000300002.
Abstract: A Amazônia é conhecida pela elevada ocorrência de hepatite B e suas seqüelas. Contribui também com mais de 98% dos casos de malária do país. Apesar de controvérsias, é proposto que quando associadas ocorram alterações na história natural das duas patologias. Este estudo estima a prevalência de prováveis coinfecções em população geral de área endêmica de ambas infecções na Amazônia Brasileira. A taxa de portadores do AgHBs encontrada foi de 3,3% (IC 95% 2,1% a 5,1%,), e a do anti-HBc total 49,9% (IC 95% 45,9% a 53,8%). A prevalência de anticorpos contra antígenos do Plasmodium vivax e Plasmodium falciparum foi de 51,4% (311/605) (IC 95% 47,3% a 55,4%). Em relação à presença simultânea de anticorpos contra antígenos do Plasmodium vivax e Plasmodium falciparum com marcadores do VHB, 1,8% (11/605), (IC95% 1,0% a 3,3%), apresentavam também o AgHBs, tendo estes em média 26 anos de idade (p<0,001). Este estudo aponta semelhanças na distribuição dessas enfermidades como, a ocorrência preferencialmente entre adulto jovens. Os eventos provavelmente ocorrem em momentos distintos. Mostra também diferenças como, o baixo risco de malária entre menores de quinze anos, onde o VHB circula com moderada intensidade. As taxas de coinfecções são provavelmente menores que as de portadores do AgHBs, apresentando padrão heterogêneo em relação ao espectro clínico da infecção pelo VHB.
Abstract: The Amazon region is known for the high occurrence of hepatitis B virus (HBV) infection, and accounts for more than 98% of malaria cases in Brazil. Despite the controversy, it has been proposed that when associated they may lead to important effects in the natural history of both infections. This study estimates the prevalence of coinfection within general population of an endemic region of HBV and malaria in the Brazilian Amazon. The prevalence of HBsAg was 3.3% (95% CI 2.1%-5.1%,) and total anti-HBc 49.9% (95% CI 45.9%-53.8%). The prevalence of antibodies against Plasmodium vivax and Plasmodium falciparum antigens was 51.4% (311/605) (95% CI 47.3%-55.4%). Related to the simultaneous presence of malaria antibodies and HBV serological markers, in 1.8% (11/605), (95% CI 1.0%-3.3%), the presence of HBsAg was also demonstrated, mean age 26 years (p <0.001). This study points to similarities in the distribution of these diseases, such as the occurrence mainly among young adults. The events may occur in different times. Also shown differences such as the low risk of malaria in the group up to fifteen years, where HBV circulates with moderate intensity. The prevalence of HBV and malaria coinfection is in fact less than the rates of HBsAg carriage, showing a heterogeneous pattern related to the clinical spectrum of HBV infection.
Appears in Collections:FMD - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/5732/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons