Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/5105
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_RafaelGianellaMondadori.pdf5,44 MBAdobe PDFView/Open
Title: Foliculogênese, maturação nuclear e citoplasmática de oócitos bubalinos - Bubalus bubalis : uma análise estrutural
Authors: Mondadori, Rafael Gianella
Orientador(es):: Báo, Sônia Nair
Rumpf, Rodolfo
Assunto:: Filogenia
Biotecnologia
Bovino - reprodução
Issue Date: 28-Jun-2010
Citation: MONDADORI, Rafael Gianella. Foliculogênese, maturação nuclear e citoplasmática de oócitos bubalinos - Bubalus bubalis: uma análise estrutural. 2008. 120 f., il. Tese (Doutorado em Biologia Molecular)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: Os bubalinos apresentam grande potencial para serem utilizados tanto em propriedades com baixa como alta aplicação de tecnologia de produção, por ser uma espécie rústica e que produz principalmente leite com alto valor de mercado. Porém, devido às características inerentes a espécie, a aplicação de biotécnicas da reprodução que visam multiplicar animais de alto valor genético não tem demonstrado bons resultados. Assim sendo, o presente trabalho visou conhecer as características ultra-estruturais do desenvolvimento do gameta feminino da espécie. Para isto foram utilizados ovários e complexos cumulus-oócito (CCOs) de búfalas, devidamente processados para microscopia eletrônica de transmissão e microscopia óptica. Foi observado que os gametas e folículos pré-antrais dos bubalinos são menores que os bovinos e possuem conteúdo lipídico (que se acumula gradativamente) bastante superior a esses. Os bubalinos apresentaram menor número de folículos pré-antrais nos ovários, além disso, houve uma predominância de folículos classificados como primários em detrimento dos primordiais e secundários. Outro fator que pode impactar a aplicação de biotecnologias como a punção folicular, bem como a biosegurança é o fato da zona pelúcida dos oócitos bubalinos ser aparentemente mais frágil e conter mais fendas que a dos bovinos. A maturação citoplasmática dos bubalinos foi caracterizada pela migração de organelas para a região cortical do oócito. Somando-se a essa característica o fato que houve aumento do espaço perivitelínico e a diminuição gradativa do contato entre as células do cumulus oophorus e o oócito conforme a maturação evolui. Por fim, o presente trabalho confirmou que a possível alteração química sofrida pelos lipídeos durante o processo de maturação in vitro ocasiona uma modificação de seu aspecto ultra-estrutural no início do período de maturação. Ressalta-se o fato que também foi comprovado que, com as devidas modificações no sistema de produção in vitro de embriões, é possível obter-se embriões viáveis de búfalas, mesmo na contra estação. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The rusticity and milk production with high market value make possible to Buffalos be bred in low or highly technified production system. On the other way, some species’ inherent characteristics make difficult to apply reproductive biotechniques to multiply animals (mainly females) with high genetic potential. Considering this, the present research established the ultrastructural characteristics of female gamete development. To achieve the objective, buffalo cumulus-oocyte complexes (COCs) and ovaries were properly processed to light and transmission electron microscopy. The buffalo oocyte and preantral follicles were smaller than bovine ones and have higher lipid content (progressive accumulation). The specie also shows a lower number of preantral follicles in the ovaries, as well as, the number of primary is superior to primordial and secondary follicles. Other described factors which affects the application of ovum pick-up technique, other than the biosecurity, is the apparently fragile aspect of zona pellucida and the presence of fissures in its surface. Buffalo oocyte cytoplasmic maturation was characterized by organelle migration to cortical region. In addition, as the maturation progress, the perivetilline space increased in size and it is possible to observe a progressive reduction on granulosa cells and oocyte connections. In conclusion, the present research confirmed that the chemical modifications possibly suffered by oocyte lipids during in vitro maturation period, cause an alteration in its ultrastructural aspect. It is also important to note that is possible, with some modifications on in vitro embryo production systems, to produce buffalo embryo in seasonal anoestrous.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Celular, 2008.
Appears in Collections:CEL - Doutorado em Biologia Molecular (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/5105/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.