Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/5050
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_ErichGomesMarques.pdf4,27 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarvalho, José Jorge de-
dc.contributor.authorMarques, Erich Gomes-
dc.date.accessioned2010-06-18T22:25:15Z-
dc.date.available2010-06-18T22:25:15Z-
dc.date.issued2009-12-
dc.date.submitted2009-12-
dc.identifier.citationMARQUES, Erich Gomes. Os poderes do Estado no Vale do Amanhecer: percursos religiosos, práticas espirituais e cura. 2009. 177 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/5050-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-graduação em Antropologia Social, 2009.en
dc.description.abstractEsta dissertação dedica-se a abordar a cura no Vale do Amanhecer tendo como ponto de partida uma interpretação construída com base no desempenho da performance ritualística e na cosmologia da instituição. A natureza dos rituais está fundamentada em hierarquias estabelecidas entre os médiuns, em distribuições de poderes e de proteções espirituais e em desconstrução e reconstrução de identidade: qualificativos que remetem a conceitos de sistema político. Ademais, a proteção urgente e periódica promovida pela realização dos rituais são metáforas de aparelhos de um estado, com seus recursos jurídicos, policiais e administrativos atuando sobre a desordem para a manutenção da paz interna de um sistema. Um dos efeitos do funcionamento deste mecanismo é a melhora da condição de adeptos, participante de toda esta estrutura. Será mostrado, portanto, como o fiel participa de todo este sistema de rituais para obter o alívio de suas dificuldades. _____________________________________________________________________________________________ ABSTRACTen
dc.description.abstractThis thesis deals with the healing in the Vale do Amanhecer taking as its starting point an interpretation built on the performance of ritual and cosmology of the institution. The nature of the rituals is based on established hierarchies between followers in distribution of powers and spiritual protections and deconstruction and reconstruction of identity: descriptions that refer to concepts of the political system. In addition, periodic and urgent protection promoted by the performance of rituals are metaphors from a state apparatus, with its legal remedies, and administrative officers, acting on the disorder to maintain internal peace of a system. One effect of the operation of this mechanism is the improvement of the supporters, every participant in this structure. It will be shown, therefore, as the followers get relief from their difficulties.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleOs poderes do Estado no Vale do Amanhecer : percursos religiosos, práticas espirituais e curaen
dc.typeDissertaçãoen
dc.subject.keywordCultura popularen
dc.subject.keywordArteen
dc.subject.keywordReligiãoen
dc.subject.keywordPolítica e literaturaen
dc.location.countryBRAen
Appears in Collections:DAN - Mestrado em Antropologia (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/5050/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.