Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/5003
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese - Fernando Antonio Ribeiro Soares.pdf810,14 kBAdobe PDFView/Open
Title: A administração da taxa de câmbio no Plano Real e os fundamentos econômicos brasileiros
Authors: Soares, Fernando Antônio Ribeiro
Orientador(es):: Pinto, Maurício Barata de Paula
Assunto:: Finanças internacionais
Câmbio
Crise cambial
Plano Real
Issue Date: 15-Jun-2010
Citation: SOARES, Fernando Antônio Ribeiro. A administração da taxa de câmbio no Plano Real e os fundamentos econômicos brasileiros. 2006. 174 f. Tese (Doutorado em Economia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2006.
Abstract: Esta tese analisa a experiência de âncora cambial durante os anos noventa e seu relacionamento com os fundamentos econômicos. Em especial, buscou-se determinar se a volatilidade da taxa de câmbio foi derivada da deterioração dos fundamentos. Primeiramente, foi descrito o Plano Real, bem como o papel central da âncora cambial dentro desse programa de estabilização. Além disso, foi descrito, de um ponto de vista teórico, a âncora cambial, como ela foi formada no Brasil e sua evolução ao longo do período do em análise. Em seguida, foi construído o índice de pressão cambial com base na taxa de câmbio nominal, nas reservas internacionais e nas taxas de juros. A partir desse mecanismo objetivou-se determinar em quais momentos a taxa de câmbio sofreu pressões e ataques especulativos. Após esta análise, passou-se a relacionar a taxa de câmbio com os fundamentos econômicos brasileiros. Foram descritas e analisadas séries com o intuito de detectar a possível deterioração de variáveis representativas dos fundamentos, principalmente de variáveis relacionadas aos setores externo, fiscal e monetário. O próximo passo foi elaborar e construir o índice de pressão de fundamentos. Este índice captura o grau de desequilíbrio das principais variáveis econômicas brasileiras. Diversos índices de fundamentos foram produzidos e associados ao índice de pressão cambial como uma forma de medir o relacionamento entre desequilíbrios no mercado cambial e desequilíbrios nos fundamentos. Os resultados obtidos apontam para a deterioração dos fundamentos contribuindo para as instabilidades cambiais nos anos noventa e, em particular, para a geração da crise cambial brasileira de janeiro de 1999. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The thesis analyses exchange rate anchors over the 90´s and their relationship with economic fundaments. Specifically, it was examined whether the episodes of exchange rate volatility experienced in Brazil are directly caused by the deterioration of economic fundaments. First, the Real Plan was described, as well as the central role of the exchange rate anchor to that stabilization program. Next, from a theoretical standpoint, the definition and the uses of exchange rate anchors – in general –, along with the specifics of the Brazilian experience were evaluated. Next topic was the construction of an “exchange rate pressure index”, based on the nominal exchange rate, the stock of foreign exchange reserves and the current interest rates. The instrument was used to identify moments at which the national currency was under speculative attack. Then the relationship between exchange rate and the economic fundaments were considered. To do so, a series of indicators were described and analyzed – particularly the ones associated with the external, fiscal and monetary environment. Special attention was drawn to the evolution of the figures and their significance to the deterioration of economic fundaments. Next step was the construction of indices of pressure on (from) fundaments, to capture the degree and extension of the disequilibria in the exchange rate market and, overall, in the fundaments of the economy. The indices of deterioration of fundaments and their correlation to the “exchange rate pressure indices” were studied next. The results indicate the deterioration of fundaments as an important factor for the exchange rate instability of the 90´s and, particularly, for the exchange rate crisis of January/1999.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Economia, 2006.
Licença:: Acesso Aberto
Appears in Collections:ECO - Doutorado em Economia (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/5003/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.