Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/4593
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_RonaldodosSantosSilva.pdf393,74 kBAdobe PDFView/Open
Title: Estudo comparado dos custos de transação da comercialização antecipada e do mercado de futuros de soja
Other Titles: Comparative study of the transaction costs of early marketing and the futures market of soybean
Authors: Silva, Ronaldo dos Santos
Orientador(es):: Botelho Filho, Flávio Borges
Assunto:: Soja
Produtos agrícolas - comercialização
Agroindústria
Issue Date: 2009
Citation: SILVA, Ronaldo dos Santos. Estudo comparado dos custos de transação da comercialização antecipada e do mercado de futuros de soja. 2009. 91 f. Dissertação (Mestrado em Agronegócios)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Abstract: Este trabalho discute os custos de transação associados ao mercado de comercialização antecipada de soja confrontando-os com os custos de transação do mercado de futuros organizado, identificados por Andrade (2004). A hipótese investigada foi a de que custos de transação menores no primeiro tipo de mercado poderiam estar inibindo o desenvolvimento do segundo. Demonstrar e confrontar tais custos foram os objetivos centrais deste trabalho. A pesquisa consistiu em um estudo de caso realizado no município de Cristalina, Goiás, e abrangeu um estudo bibliográfico sobre as práticas dominantes na comercialização antecipada de soja no agronegócio brasileiro, o funcionamento do mercado de futuros e entrevistas com agentes da cadeia da soja local. A partir dos dados coletados foi possível identificar os custos de transação associados à comercialização antecipada de soja e o custo financeiro, para produtores de diferentes portes, dessas transações. Do confronto desses custos com os identificados por Andrade (2004) concluiu-se que o custo financeiro para obter capital e realizar hedge no mercado de comercialização antecipada é superior ao incorrido na contratação de crédito junto a instituições financeiras e obtenção de hegde no mercado de futuros organizado. Concluiu-se, portanto, que se sob a ótica do custo financeiro, não é possível explicar a preferência dos produtores pelo mercado de comercialização antecipada, deve-se buscar essa explicação na economia dos custos de transação existentes na comercialização, no acesso ao crédito bancário e na própria operacionalização do mercado de futuros organizado, ou, em alguns casos, no poder de oligopólio exercido pelos compradores, principalmente sobre os pequenos produtores. Sugerese, por fim, que futuros estudos busquem, inclusive através da aplicação de metodologia estatística, novos indícios sobre as razões não financeiras que estariam induzindo o comportamento dos produtores observado. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This work argues the transaction costs associates to the market of anticipated commercialization of soy collating them with the costs of transaction of the market of futures organized identified by Andrade (2004). The investigated hypothesis was of that lesser costs of transaction in the first type of market could be inhibiting the development of as. To demonstrate and to collate such costs had been the objectives central offices of this work. The research consisted of a study of case carried through in the Goiás, Crystalline city, and enclosed a bibliographical study on practical dominant in the anticipated commercialization of soy in the Brazilian agribussines, the functioning of the market of futures and interviews with agents of the local chain of soybean. From the data collected was possible to identify the transaction costs associated with the early marketing of soybeans and the financial cost to producers of different sizes, these transactions. The confrontation of those costs with those identified by Andrade (2004) concluded that the financial cost for capital and hedge held in the early marketing is greater than the incurred on the procurement of credit with financial institutions and obtaining hedge in the futures market organized. It was, therefore, that from the viewpoint of the financial cost, you cannot explain the preference of the producers of marketing anticipated by the market, you should seek this explanation in the economy of transaction costs in the marketing, access to bank credit and in the operationalization of the futures market organized, or, in some cases, the oligopoly of power exercised by buyers mainly on small producers. It is suggested, finally, that future studies seek, including through the application of statistical methodology, new evidence on the non-financial reasons that would induce the observed behavior of producers.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-graduação em Agronegócios, 2009.
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Agronegócios (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/4593/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.