Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/4446
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_CarlosEduardoGuerraAmorim.pdf854,36 kBAdobe PDFView/Open
Title: Genética de populações e reinterpretação da história demográfica de remanescentes de quilombos : uma comparação entre três populações do nordeste brasileiro.
Authors: Amorim, Carlos Eduardo Guerra
Orientador(es):: Oliveira, Silviene Fabiana de
Assunto:: Genética de populações
Issue Date: 2009
Citation: AMORIM, Carlos Eduardo Guerra. Genética de populações e reinterpretação da história demográfica de remanescentes de quilombos: uma comparação entre três populações do nordeste brasileiro. 2009. 94 f., il. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Abstract: Os remanescentes de quilombos são sociedades multiétnicas com origem relacionada à presença do escravo africano no Brasil. A história demográfica dessas populações tem sido estudada a partir de fontes históricas, demográficas, etnográficas e genéticas. No presente trabalho, buscou-se avaliar a origem e o impacto das imigrações recentes e antigas sobre a constituição genética dos remanescentes de quilombos de Mocambo, Rio das Rãs e Sacutiaba. Para tanto, foram analisados parâmetros demográficos (sexo, estado matrimonial e local de nascimento) e genéticos (freqüências alélicas e genotípicas de 16 marcadores genéticos autossômicos). Os dados genéticos gerados para cada população foram utilizados na comparação entre as suas proporções de nativos e imigrantes, como também na comparação dessas a outras populações descritas na literatura. Foi encontrada participação considerável de imigrantes em todas as comunidades, que em sua maioria eram mulheres, sendo a contração de matrimônio uma das principais causas para esse quadro. Com relação aos dados genéticos, não foram encontradas diferenças significativas entre as parcelas de imigrantes e nativos. Houve predomínio de casamentos endogâmicos, porém isso não foi suficiente para gerar alterações substanciais na estrutura genética das populações. Os resultados indicam a existência de fluxo gênico contínuo para essas populações. Além disso, a contribuição parental africana foi a predominante, sendo que Mocambo apresentou o quadro mais complexo de mistura, tendo a menor participação dessa parental (52,2%). É possível que em algum momento de suas histórias essas populações estivessem isoladas, porém, a barreira ao fluxo gênico nos dias de hoje já está bastante dissolvida. O impacto da imigração foi baixo, o que deve estar relacionado à homogeneização em processo, ocasionada pelo fluxo gênico operante ao longo de grande parte da história dessas populações. Além disso, os dados encontrados corroboram outras fontes históricas, que indicam a participação predominante de africanos e miscigenação com povos de outras origens durante a formação destas comunidades. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The remanescentes de quilombos are multiethnic societies whose origins are related to the presence of African slaves in Brazil. The demographic history of these populations has been studied using historical, demographic, ethnographic and genetic sources. The present work aims to evaluate the origin and the impact of recent and ancient waves of immigration upon the genetic constitution of the remanescentes de quilombos of Mocambo, Rio das Rãs and Sacutiaba. For this purpose, demographic and genetic parameters were analyzed. The demographic parameters are sex, matrimonial status and place of birth, and the genetic parameters are allelic and genotypic frequencies of 16 autosomal genetic markers. The genetic data generated for each population were used in a comparison between the proportions of natives and immigrants in each population, as well to eight Brazilian admixed populations and the parental groups of Africans, Amerindians and Europeans. A considerable proportion of immigrants was observed in all communities, most of which were women, indicating that marriage is one of the primary factors shaping the current picture. As for the genetic data, no significant differences were found between the proportions of immigrants and natives. A predominance of endogamic marriages was found, although it was not sufficient to substantially alter the genetic structure of the populations. The results indicate the existence of continuous gene flow in these populations, with the predominant genetic contribution being the African one in all analyses. Mocambo showed the most complex admixture estimates, with the lowest African proportion (52.2%). It is possible that at some point in their histories, these populations were isolated. However, the barrier to gene flow nowadays has already been quite dissolved. The impact of immigration was low, which may be related to the homogenization caused by the active gene flow during most of the history of these populations. Furthermore, the data corroborate other historical sources which indicate the prominence of Africans and admixture between Africans and other peoples during the formation of these communities.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2009.
Appears in Collections:IB - Mestrado em Biologia Animal (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/4446/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.