Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/44448
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2022_WilliamdaPonteMeneses.pdf1,25 MBAdobe PDFView/Open
Title: Tamanho não é documento : uma análise morfométrica no gonopódio do peixe Phalloceros harpagos
Authors: Meneses, William da Ponte
Orientador(es):: Silva, Eduardo Bessa Pereira da
Assunto:: Órgão copulador
Cyprinodontiformes
Comportamento de acasalamento
Morfometria
Isolamento reprodutivo
Seleção sexual
Issue Date: 8-Aug-2022
Citation: MENESES, William da Ponte. Tamanho não é documento: uma análise morfométrica no gonopódio do peixe Phalloceros harpagos. 2022. 63 f., il. Dissertação (Mestrado em Ecologia) — Universidade de Brasília, Brasília, 2022.
Abstract: A evolução dos órgãos copulatórios ocorre de forma excepcionalmente rápida em vários grupos de animais que foram estudados. Enquanto a maioria dos peixes tem fertilização externa, os poeciliídeos desenvolveram órgãos copuladores chamados gonopódios a partir da nadadeira anal modificada. Tal órgão é excepcionalmente ornamentado em uma espécie amplamente distribuída que pertence a um gênero especioso, Phalloceros harpagos. Nosso estudo investigou os padrões alométricos no gonopódio em populações de P. harpagos pertencentes as bacias do alto Rio do Paraná e alto Rio do Tocantins. Foram feitas medidas morfométricas lineares do comprimento padrão e comprimento do gonopódio de machos adultos de P. harpagos. O coeficiente alométrico do gonopódio foi medido e os coeficientes separados foram comparados entre espécimes de diferentes bacias. O gonopódio de P. harpagos apresenta crescimento isométrico, sugerindo maior influência da seleção natural por hidrodinamismo ou seleção intrassexual para o tamanho corporal. O coeficiente alométrico do gonopódio não foi significativamente diferente entre as bacias. Fatores biogeográficos como a ligação entre as bacias do Tocantins e do Paraná em regiões de águas emendadas e a ausência de barreiras entre os trechos a montante e a jusante da Bacia do Paraná podem ter resultado nos gonopódios com coeficientes alométricos semelhantes, indicando que o isolamento reprodutivo pode não ocorrer, em menos ou completamente, em relação a esse recurso.
Abstract: The evolution of copulatory organs occurs exceptionally rapidly in several groups in which they have been studied. While most fish have external fertilization, poeciliids developed copulatory organs called gonopodia from modified anal fins. Such organ is exceptionally ornamented in a species widely distributed that belongs to a specious genus, Phalloceros harpagos. Our study investigated the allometric patterns of the gonopodium in populations of P. harpagos from upper Rio Paraná and upper Rio Tocantins basins. Linear measurements of gonopodium length and standard length were taken from adult males of P. harpagos. The allometric coefficient of the gonopodium was measured, and separated coefficients were compared between specimens from different basins. The gonopodium of P. harpagos has isometric growth, what could suggest greater influence of natural selection by hydrodynamic or intrasexual selection for body size. The allometric coefficient of the gonopodium was not found to be significantly different between the basins. Biogeographic factors such as the connection between the Tocantins and Paraná basins in amended water regions and the absence of barriers between the upstream and downstream stretches of the Paraná Basin might have resulted in gonopodia with similar allometric coefficients, indicating that reproductive isolation might not occur, at least or completely, in relation to this feature.
Description: Dissertação (mestrado) — Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2022.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:ECL - Mestrado em Ecologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/44448/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.