Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/44423
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2022_GlendaMatiasdeOliveiraRosa.pdf1,87 MBAdobe PDFView/Open
Title: A experiência literária vivenciada entre pais e filhos de 3 a 5 anos no contexto da Pandemia da Covid-19 : um estudo sobre logoterapia e educação
Authors: Rosa, Glenda Matias de Oliveira
metadata.dc.contributor.email: glendapsico@gmail.com
Orientador(es):: Pulino, Lúcia Helena Cavasin Zabotto
Assunto:: Logoterapia
Pedagogia do Sentido
Infância
Literatura
Pandemia
Issue Date: 5-Aug-2022
Citation: ROSA, Glenda Matias de Oliveira. A experiência literária vivenciada entre pais e filhos de 3 a 5 anos no contexto da Pandemia da Covid-19: um estudo sobre logoterapia e educação. 2022. xxiv, 242 f., il. Tese (Doutorado em Psicologia do Desenvolvimento e Escolar) — Universidade de Brasília, Brasília, 2022.
Abstract: Este estudo se trata de uma pesquisa qualitativa, empírica, de inspiração fenomenológicoexistencial, ancorada no arcabouço teórico da Logoterapia e Análise Existencial proposta por Viktor Frankl. Visa contribuir para as discussões relacionadas à temática da educação de crianças, evidenciando um aspecto específico dessa educação: o da experiência literária entre pais e filhos vivenciada em meio à pandemia mundial da Covid-19. A educação exerce papel fundamental para o desenvolvimento humano e para toda a sociedade, não só no que diz respeito à transmissão de conhecimento, mas também ao processo formativo da pessoa humana para que se torne quem se pode ser. Para tanto, foi realizada uma revisão da literatura científica apresentando os pilares da Logoterapia, bem como a relação possível entre as proposições franklianas, a literatura e as questões educativas. Buscamos compreender a infância como abertura à novidade radical e a literatura não apenas enquanto ferramenta pedagógica, mas como condição estruturante da dimensão espiritual do homem. Ademais, foram buscadas publicações originais de Viktor Frankl e textos científicos que apresentaram a antropologia filosófica defendida pelo autor, ou seja, o conceito de pessoa humana e de educação presentes em sua obra, bem como a compreensão pedagógica pautada na Análise Existencial. Entendese que o estudo desses conceitos oferece valiosas contribuições para a reumanização do trabalho educativo com crianças. Acreditamos, assim, que os pais são os primeiros educadores de seus filhos, e apontamos, desta forma, para a necessidade de uma prática educativa direcionada à dimensão noológica do (logo)educando. O objetivo da pesquisa foi compreender, à luz da Logoterapia e Análise Existencial de Frankl, a experiência literária vivenciada entre pais e filhos de 3 a 5 anos no contexto da pandemia da COVID-19. Para tanto, os objetivos específicos foram definidos como: investigar as contribuições da Logoterapia e Análise Existencial para a educação de crianças; analisar as vivências literárias, no contexto familiar, para o desenvolvimento e a educação de crianças de 3 a 5 anos durante a pandemia da COVID19; possibilitar um espaço/tempo de diálogo existencial com os pais por meio de uma roda de conversa virtual a respeito das vivências literárias com seus filhos no contexto pandêmico em questão. Adotamos, para a condução e análise dessa pesquisa, o Método Fenomenolóigico de Investigação em Psicologia, proposto por Giorgi e Sousa (2010), a fim de alcançarmos os objetivos supracitados. Como procedimentos metodológicos foram utilizados levantamento bibliográfico, entrevistas semiestruturadas, a roda de conversa com os pais participantes e o pedido de uma produção original a partir das reflexões e vivências durante o estudo para posterior análise. As informações de pesquisa foram analisadas por meio de unidades de significado conforme propõe o método de Giorgi e Sousa (2010). Tais unidades de análise tornou possível, através do rigor proposto pelo método fenomenológico adotado, a ampliação e o aprofundamento a respeito do tema adotado. Afirma-se, portanto, o compromisso da pesquisadora em manifestar um olhar investigativo e interlocutor, apostando em uma elaboração do conhecimento dialógica e relacional, fruto das interações com os participantes da pesquisa. Espera-se que o presente estudo possa colaborar para a afirmação da importância de vivências literárias acolhedoras, afetivas e educativas entre pais e filhos no contexto familiar, e para o comprometimento com uma educação mais plena de sentido.
Abstract: This study is a qualitative, empirical research, of phenomenological-existential inspiration, anchored in the theoretical framework of Logotherapy and Existential Analysis proposed by Viktor Frankl. It aims to contribute to discussions related to the theme of children's education, highlighting a specific aspect of this education: the literary experience between parents and children lived in the midst of the Covid-19 global pandemic. Education plays a fundamental role for human development and for society, not only with regard to the transmission of knowledge, but also in the formative process of the human person so that They can fulfill their potential. Therefore, a review of the scientific literature was carried out, presenting the pillars of Logotherapy, as well as the possible relationship between Franklian propositions, literature and educational issues. We sought to understand childhood as an opening to radical novelty and literature not only as a pedagogical tool, but as a structuring condition of the spiritual dimension of man. In addition, we searched original publications by Viktor Frankl and scientific texts that presented the philosophical anthropology defended by the author, which is, the concept of the human person and education present in his work, as well as the pedagogical understanding based on Existential Analysis. It is understood that the study of these concepts offers valuable contributions to the rehumanization of educational work with children. We therefore believe that parents are the first educators of their children, and we point to the need for an educational practice directed to the noological dimension of the (logo)educating. The objective of this research was to understand, in the light of Frankl's Logotherapy and Existential Analysis, the literary experience lived between parents and children aged 3 to 5 years in the context of the new coronavirus pandemic. Therefore, the specific objectives were defined as: to investigate the contributions of Logotherapy and Existential Analysis to the education of children; analyze literary experiences, in the family context, for the development and education of children aged 3 to 5 years during the COVID-19 pandemic; to enable a space/time for existential dialogue with parents through virtual conversations l about literary experiences with their children in the context of the pandemic in question. For the conduction and analysis of this research, we adopted the Phenomenological Method of Investigation in Psychology, proposed by Giorgi and Sousa (2010), in order to achieve the aforementioned objectives. As methodological procedures, a bibliographic survey, semi-structured interviews, a conversation with the participating parents and the request for an original production based on reflections and experiences during the study were used for further analysis. Research information was analyzed using units of meaning as proposed by the method by Giorgi and Sousa (2010). Such units of analysis made it possible, through the rigor proposed by the phenomenological method adopted, to expand and deepen the theme adopted. Therefore, the researcher's commitment to manifesting an investigative and interlocutory look is affirmed, betting on an elaboration of dialogic and relational knowledge, as a result of interactions with the research participants. It is hoped that the present study can contribute to the affirmation of the importance of welcoming, affective and educational literary experiences between parents and children in the family context, and to the commitment to a more meaningful education.
Description: Tese (doutorado) — Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia do Desenvolvimento e Escolar, 2022.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:PGPDE - Doutorado em Psicologia do Desenvolvimento e Escolar (Teses)
UnB - Covid-19

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/44423/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.