Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/44388
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_LuziaRenataOliveiraDias.pdf1,23 MBAdobe PDFView/Open
Title: Fatores que afetam a produção de embriões pela transferência intrafolicular de ovócitos imaturos (TIFOI) em bovinos
Authors: Dias, Luzia Renata Oliveira
metadata.dc.contributor.email: lr_dias@hotmail.com
Orientador(es):: Dode, Margot Alves Nunes
Assunto:: Blastocisto
Desenvolvimento embrionário
Injeção folicular
Embriões - produção in vitro
Issue Date: 2-Aug-2022
Citation: DIAS, Luzia Renata Oliveira. Fatores que afetam a produção de embriões pela transferência intrafolicular de ovócitos imaturos (TIFOI) em bovinos. 2021. xvii, 84 f., il. Tese (Doutorado em Ciências Animais) — Universidade de Brasília, Brasília, 2021.
Abstract: A transferência intrafolicular de ovócitos imaturos (TIFOI) é uma técnica alternativa para produção de embriões bovinos, na qual ovócitos imaturos, são injetados em um folículo dominante e são maturados, fecundados e tem o desenvolvimento inicial in vivo. Apesar de seu potencial de aplicação, a TIFOI ainda apresenta uma baixa taxa de recuperação embrionária no dia 7 (D7) após a injeção. Sendo assim, muitos aspectos do processo ainda precisam ser esclarecidos para que a sua eficiência possa ser melhorada.. O objetivo deste trabalho foi tentar identificar fatores que possam afetar os resultados da técnica. Para isso avaliou-se (1) a cinética de maturação nuclear de ovócitos submetidos à TIFOI; (2) se o tempo em que os ovócitos permanecem no folículo é suficiente para que ocorra a maturação completa; (3) o número de ovócitos mais adequado a serem injetados no folículo préovulatório no momento da TIFOI; (4) se o tempo em que os ovócitos permanecem no folículo após a injeção afeta a taxa de recuperação embrionária; (5) diferentes momentos para realizar a injeção após a remoção do implante de progesterona (P4); e, (6) se o momento da indução da ovulação e a adequação de um protocolo de sincronização das ovuladoras afeta a taxa de recuperação embrionária. Para isso, foram realizados 4 estudos: (1) ovócitos imaturos obtidos de ovários de abatedouro, foram injetados no folículo pré-ovulatório de vacas ovuladoras (TIFOI) e mantidos no folículo por 8, 12 ou 16 h, ou foram maturados in vitro (MIV) por 0, 8, 12 ou 16 h. Para a avaliação da capacidade de desenvolvimento embrionário, os ovócitos injetados no folículo préovulatório foram recuperados por OPU 12 h após a TIFOI e submetidos à fecundação in vitro (FIV) imediatamente após a OPU ou foram maturados in vitro por 4 h adicionais ou 10 h após a OPU. Os ovócitos do grupo controle foram maturados in vitro por 12, 16 e 22 h, antes de serem submetidos à FIV. (2) avaliou-se a taxa de recuperação embrionária após a injeção de 10, 25 ou 50 complexos cumulus ovócitos (CCOs) durante a TIFOI; (3) ovócitos imaturos foram injetados, 24, 36 e 52 h após a remoção do implante de progesterona e 8 dias depois realizou-se a coleta de embriões; (4) ovócitos imaturos foram injetados 30 (TIFOI 30h) ou 36 (TIFOI D9,5) h após a remoção do implante de progesterona e a indução da ovulação foi realizada 24 h após a remoção de P4 (TIFOI D30h), 40 h após a remoção de P4 ou 52 h remoção de P4, e 8 dias depois realizou-se a coleta de embriões. No estudo 1, os ovócitos maturados por TIFOI apresentaram maturação nuclear semelhantes àqueles maturados in vitro; e o tempo durante o qual os ovócitos permaneceram dentro do folículo após a TIFOI não afetou a taxa de recuperação e sua capacidade de serem fecundados e se desenvolverem em embriões; No estudo 2, o número de ovócitos injetados no folículo não afetou a taxa de recuperação embrionária; No estudo 3, o tempo em que os ovócitos permanecem no folículo após a TIFOI ser realizada em diferentes momentos afetou a taxa de recuperação embrionária. Finalmente, no estudo 4, o momento em que a indução da ovulação é realizada interfere na taxa de recuperação embrionária. Conclui-se que apesar de esclarecer alguns fatores importantes para o desenvolvimento da TIFOI, a taxa de recuperação embrionária ainda não foi melhorada.
Abstract: Intrafollicular transfer of immature oocytes (IFOT) is an alternative technique for the production of bovine embryos, in which immature oocytes, recovered by ovum pick-up (OPU), are injected into a dominant follicle, and they are matured, fertilized and underwent initial development in vivo. Despite its application potential, IFOT still results in a low rate of embryonic recovery on day 7 (D7) after injection. Therefore, many aspects of the process still need clarification so that its efficiency can be improved. The aim of this study was to identify factors that may affect the results of the technique, and contribute to its development. Therefore, we evaluated (1) if the nuclear maturation kinetics of oocytes submitted to IFIOT were evaluated; (2) whether the time in which the oocytes remain in the follicle would be sufficient to mature, be fertilized and develop into embryos; (3) the number of oocytes to be injected into the preovulatory follicle at the time of IFOT; (4) whether the time that the oocytes remain in the follicle after the injection would affect the embryonic recovery rate; (5) different moments to perform the injection after the removal of the progesterone implant; (6) whether the timing of ovulation induction and the adequacy of an ovulation synchronization protocol would affect embryo recovery rate. For this, 4 experiments were carried out: (1) immature oocytes, obtained from slaughterhouse ovaries, were injected into the ovulatory cows pre-ovulatory follicle (IFIOT) and kept in the follicle for 8, 12 or 16 h or were in vitro matured (IVM) for 0, 8, 12 or 16 h. In addition, for the evaluation of embryonic developmental capacity, oocytes were recovered by OPU at 12 h after IFIOT and submitted to in vitro fertilization (IVF) immediately after OPU or were in vitro matured for an additional 4 h or 10 h after OPU. Control oocytes were matured in vitro for 12, 16 or 22 h, before being submitted to IVF; (2) the embryo recovery rate after the injection of 10, 25 or 50 cumulus oophorus (COCs) complexes during IFIOT was evaluated; (3) immature oocytes were injected 24, 36 or 52 h after the removal of the progesterone implant and 8 days later, embryo collection was performed; (4) immature oocytes were injected 30 (IFIOT 30h) and 36 (IFIOT D9.5) h after removal of the progesterone implant and ovulation induction was performed 24 h after removal of P4 (IFIOT D30h), 40 h after P4 removal or 52 h P4 removal, and 8 days later, embryo collection was performed. In study 1, oocytes matured by IFIOT showed nuclear maturation similar to those matured in vitro; and the time during which the oocytes remained within the follicle after TIFOI did not affect the recovery rate and its ability to be fertilized and to develop in embryos; In study 2, the number of oocytes injected into the follicle did not affect the rate of embryonic recovery; In experiment 3, the time that the oocytes remain in the follicle after IFIOT is performed at different times affected the rate of embryonic recovery. Finally, in experiment 4, the time when ovulation induction is performed interferes with the rate of embryonic recovery. In conclusion, despite some important factors for the development of IFIOT were explained, the embryonic recovery rate was not improved.
Description: Tese (doutorado) — Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2021.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FAV - Doutorado em Ciência Animal (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/44388/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.