Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/44305
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_LarissaAnedeSousaLima.pdf12,39 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorRoig, Henrique Llacer-
dc.contributor.authorLima, Larissa Ane de Sousa-
dc.date.accessioned2022-07-20T22:36:29Z-
dc.date.available2022-07-20T22:36:29Z-
dc.date.issued2022-07-20-
dc.date.submitted2019-08-15-
dc.identifier.citationLIMA, Larissa Ane de Sousa. Avaliação e monitoramento do potencial de prestação de serviços ecossistêmicos no Distrito Federal. 2019. 158 f., il. Tese (Doutorado em Geociências Aplicadas) — Universidade de Brasília, Brasília, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unb.br/handle/10482/44305-
dc.descriptionTese (doutorado) — Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Pós-Graduação em Geociências Aplicadas, 2019.pt_BR
dc.description.abstractOs serviços ecossistêmicos - SE são benefícios que as pessoas obtêm dos ecossistemas e que sustentam a vida na Terra. Alguns desses serviços vêm sendo degradados ao longo do tempo, devido às ações antrópicas sobre os sistemas naturais. Sendo assim, o objetivo dessa tese é avaliar, espacial e temporalmente, o Potencial de Prestação de Serviços Ecossistêmicos Hídricos – PPSEh no Distrito Federal - DF, por meio de indicadores de SE e técnicas de geoprocessamento. O DF está localizado no Bioma Cerrado, o segundo maior bioma do Brasil, e que vem apresentando perda de sua vegetação natural, devido à expansão das áreas urbanas e da fronteira agrícola. A baixa disponibilidade hídrica do DF, com precipitação pluviométrica abaixo da média por alguns anos consecutivos, o crescimento populacional e a exploração agrícola vêm causando conflitos em relação ao uso da água, que culminou em uma crise hídrica entre 2017/18. Nesse contexto, torna-se oportuno o desenvolvimento de uma abordagem para avaliação do PPSEh. A metodologia consistiu na elaboração de indicadores para potencial de prestação de cinco serviços ecossistêmicos – PPSE a saber: manutenção dos fluxos de água, controle de erosão, mitigação de alagamento, manutenção da qualidade da água subterrânea e manutenção da qualidade da água superficial. Os mapas de PPSE foram integrados por meio de média igualmente ponderada, gerando o mapa de PPSEh. Inicialmente, a metodologia foi aplicada para o ano de 2014, onde 60% do DF apresentou potencial médio, 22% alto, 18% baixo, 0,1% muito alto, não havendo expressividade para classe “muito baixo”. As bacias do Descoberto e do Corumbá apresentaram a maior área com baixo PPSEh, 33% e 37% respectivamente. Em seguida, a metodologia foi aplicada para a série histórica 1953, 1964, 1973, 1984, 1994, 2001 e também para o Cenário Tendencial, elaborado de acordo com as tendências levantadas pelo Zoneamento Ecológico Econômico – ZEE-DF. Os resultados apontaram reduções nos PPSE e PPSEh, associadas às alterações do uso do solo, especificamente à expansão da área urbana e agropastoril. No período de 1953 a 1964 houve diminuição do PPSEh em 71% do DF. As bacias do Rio Preto, Rio Corumbá e Rio Descoberto apresentaram as maiores diminuições de PPSEh, 86%, 80% e 78%, respectivamente. Para o Cenário Tendencial, houve diminuição do PPSEh em 9% do DF em relação à 2014. Os PPSE mais afetados ao longo do período avaliado foram Manutenção dos Fluxo de Água, em que o PPSE baixo era apenas 4% em 1953 aumentando para 35% em 2014; e Manutenção da Qualidade das Águas Subterrâneas, em que o PPSE baixo era de apenas 0,3% em 1953 aumentando para 35% em 2014. As áreas com piores PPSEh são as áreas urbanas de alta densidade, e os PPSEh mais altos estão localizados nas unidades de conservação. Os principais drivers das mudanças dos padrões de uso do solo e diminuição dos PPSE e PPSEh são a expansão urbana e agropastoril. Entre as pressões que ocasionaram a diminuição dos PPSE e PPSEh pode-se destacar retirada de cobertura vegetal nativa, impermeabilização das superfícies, aumento da demanda hídrica, aumento da drenagem pluvial urbana, aumento do volume de efluentes domésticos, irregularidade fundiária, entre outros. A metodologia aplicada possibilitou a avaliação espacial e temporal dos PPSE e PPSEh, por meio de técnicas simples e dados de fácil acesso, aquisição e atualização. O detalhamento dos mapas de uso do solo pode melhorar os resultados obtidos. A abordagem de avaliação integrada de áreas urbanas, rurais e naturais permitiu a identificação das principais pressões exercidas sobre SE no DF, possibilitando a sinalização de áreas prioritárias a intervenção, podendo-se destacar a bacia do Descoberto, e as áreas urbanas de alta densidade.pt_BR
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleAvaliação e monitoramento do potencial de prestação de serviços ecossistêmicos no Distrito Federalpt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.subject.keywordUso e ocupação do solopt_BR
dc.subject.keywordServiços ecossistêmicospt_BR
dc.subject.keywordDisponibilidade hídricapt_BR
dc.subject.keywordÁgua - usopt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1Ecosystem Services (ES) are benefits that people acquire from the ecosystem and sustain the life cycles on Earth. Some of these services are being degraded over time due to anthropic actions over the natural systems. Thus, this thesis aims to evaluate, spatially and temporally, the services potential payload that can be derived from hydric ecosystems (PPSEh for the Distrito Federal - DF), using ES indicators and geoprocessing techniques. The DF is located in the Cerrado biome, second largest biome in Brazil, which has been demonstrating continuous natural vegetation loss, mainly because of urban and rural areas enlargement. The low hydric availability on the DF, with pluviometric precipitation lower than the average over a few consecutive years, population growth and crops expansion are generating conflicts about water use with a water crisis in 2017/18. With all that, a method for PPSEh evaluation seems appropriated. The methodology consists in developing indicators for the services potential payload that can be derived from hydric ecosystems, such as: waterflow maintenance, erosion control, flooding relieving, underground water quality assessment and superficial water quality assessment. All PPSE maps were integrated through a default weighted average in order to generate the PPSEh map. Initially, the method was applied over data collected in 2014, when 60% of the DF has shown an “average” potential, 22% scored “high”, 18% were “low”, 0.1% scored “very high” and very little was classified as “very low”. The Descoberto and Corumbá basins have shown the lowest PPSEh, 33% and 37%, respectively. The method was then applied to historical data from 1953, 1964, 1973, 1984, 1994 and 2001 and in a Short-Future Forecast Scenario, provided by the Economic-Ecological Zoning for the DF (ZEE-DF). The results indicate towards a reduction for PPSE and PPSEh, linked to land use/land cover modifications, more specifically to the increase of urban and agricultural. Between 1953 and 1964, the method indicates a PPSEh reduction in 71% of the DF’s territory. The Rio Preto, Rio Corumbá and Rio Descoberto basins had been the most affected regarding their PPSEh scores, with 86%, 80% and 78% in 1964 lesser than in 1953, respectively. For the Short-Future Forecast Scenario, there is a reduction of 9% of DF’s territory PPSEh in comparison to 2014. The high-density urban areas are the ones that show the worst results for the PPSEh, whilst the natural vegetation conservation units are the ones that scores best. The main PPSEh “detractors” are urban areas and rural expansion. Between the factors to work against PPSE and PPSEh indicators maintenance, natural vegetation removal, land impermeabilization, higher hydric demands, urban pluvial drainage systems increase, domestic effluents increase, land irregularities can be pointed out. A higher detailed land usage map can enhance the results. The approach of integrating urban, rural and natural areas allowed the identification of several active factors over the SE for the DF, which lead to critical area signalizations for intervention, such as the Descoberto basin and the high-density urban areas.pt_BR
Appears in Collections:IG - Doutorado em Geociências Aplicadas (Teses)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/44305/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.