Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/44297
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_ErlyKielRosadeAguiarSilva.pdf1,63 MBAdobe PDFView/Open
Title: O outro nas relações Franz Caspar e os Tuparí
Authors: Silva, Erly Kiel Rosa de Aguiar
metadata.dc.contributor.email: erlyerre@hotmail.com
Orientador(es):: Cabral, Ana Suelly Arruda Câmara
Assunto:: Povos indígenas
Caspar, Franz, 1916-1977- crítica e interpretação
Descrição linguística
Etnografia
Povo Tuparí
Issue Date: 19-Jul-2022
Citation: SILVA, Erly Kiel Rosa de Aguiar. O outro nas relações Franz Caspar e os Tuparí. 2021. 120 f., il. Tese (Doutorado em Linguística) — Universidade de Brasília, Brasília, 2021.
Abstract: Esta tese de doutorado trata das relações entre os Tuparí, povo Tupí, falante da língua também conhecida como Tuparí (família Tuparí, tronco linguístico Tupí) e os tarupá, ‘os brancos’, refletidas na obra “Tuparí”, de autoria do etnólogo alemão Franz Caspar. De sua convivência com os Tuparí, Caspar deixou uma das mais importantes contribuições ao conhecimento da história do contato dos Tuparí, de sua língua e de aspectos fundamentais de sua cultura, de onde se pode reunir elementos que revelam como eles viam e se relacionavam com os brancos e como os brancos os viam e os submetiam a relações de exploração. A presente tese apoia-se nos procedimentos metodológicos da historiografia, segundo Bloch (2001), da semiótica, à luz da análise da metodologia, proposta por Todorov (1983), para a apreensão do mundo Tuparí a partir do olhar de um europeu; apoia-se ainda em Oliveira (1964; 1967), quanto ao seu tratamento de fricções interétnicas, destacando-se a compreensão do processo de mudança sociocultural vivido pelos Tuparí, no contato com os seringais e com o pesquisador etnólogo alemão. Procuramos, assim, estabelecer uma relação dialógica de compreensão dos sujeitos envolvidos na relação índio e não índio, tendo como perspectiva contribuir com um material que venha a servir de referência para os professores Tuparí, cada vez mais empenhados em resgatar a história do contato de seu povo com os “brancos” e a história da documentação de sua língua e das suas tradições ancestrais, plenamente praticadas nos primeiros tempos do contato em que foram obrigados a conviver com a sociedade envolvente.
Abstract: This doctoral thesis deals with the relationship between the Tuparí, a Tupían people, who speak the language also known as Tuparí (Tuparí family, Tupían stock) and the tarupá ‘the whites’, reflected in the work “Tuparí”, authored by the German ethnologist Franz Caspar. From his experience with the Tuparí, Caspar left one of the most important contributions to the knowledge of the history of contact with the Tuparí, their language and fundamental aspects of their culture, from which elements gathered reveal how the Tuparí and the tarupá saw and related to each other. This thesis is based on the methodological procedures of historiography, according to Marcos Bloch (2001), of semiotics, in the light of the analysis of the methodology proposed by Todorov (1983) for the apprehension of the Tuparí world from the perspective of an European. It also relies on the treatment of interethnic frictions proposed by Oliveira (1964; 1967), highlighting the understanding of the process of socio-cultural change experienced by the Tuparí, in their contact with rubber plantations and with the German ethnologist researcher. Thus, we seek to establish a dialogical relationship of understanding of the subjects involved in the Indigenous and non-Indigenous relationship, seeking to contribute with material serving as reference for the Tuparí teachers, who are increasingly committed to rescuing the Tuparí history of the contact with the “whites” and the history of the documentation of their language and the ancestral traditions of the Tuparí.
Description: Tese (doutorado) — Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2021.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:LIP - Doutorado em Linguística (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/44297/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.