Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/44014
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2022_IsadoraOliveiraMachado.pdf1,25 MBAdobe PDFView/Open
Title: Padrão de atividade e de ocupação do habitat de carnívoros no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros
Authors: Machado, Isadora Oliveira
Orientador(es):: Aguiar, Ludmilla Moura de Souza
Assunto:: Cerdocyon thous
Cerrados
Carnívoros
Padrão de ocupação
Sobreposição temporal
Issue Date: 27-Jun-2022
Citation: MACHADO, Isadora Oliveira. Padrão de atividade e de ocupação do habitat de carnívoros no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. 2022. [85] f., il. Dissertação (Mestrado em Ecologia) — Universidade de Brasília, Brasília, 2022.
Abstract: Os carnívoros (Mammalia, Carnivora) apresentam importantes papéis nos ecossistemas por serem predadores de topo e controlarem populações de herbívoros e pequenos vertebrados. Não obstante os importantes papéis ecológicos dos carnívoros, mais da metade das espécies da ordem está ameaçada de extinção, principalmente devido à perda de habitat, e existem lacunas de conhecimento sobre essas espécies em muitos biomas do mundo. Para definir estratégias de manejo e conservação dos carnívoros, é imprescindível entender como eles utilizam o habitat, em quais momentos do dia são ativos e quais mecanismos permitem a coexistência de espécies competidoras, sobretudo em áreas antropizadas. Para entender como fatores bióticos e abióticos influenciam o padrão de atividade e de ocupação do habitat de carnívoros em uma unidade de conservação do Cerrado, utilizei dados de armadilhas fotográficas coletados ao longo de um ano. As espécies focais do estudo foram a suçuarana (Puma concolor), a jaguatirica (Leopardus pardalis), a jaritataca (Conepatus semistriatus), o cachorro-do-mato (Cerdocyon thous), a raposa-do-campo (Lycalopex vetulus) e o lobo-guará (Chrysocyon brachyurus). Todas as espécies foram ativas principalmente durante a noite e o crepúsculo e apresentaram alta sobreposição do horário de atividade. No entanto, os horários de pico de atividade das espécies não se sobrepuseram, sugerindo que a competição é um mecanismo secundário na determinação do padrão de atividade dessas espécies. Os padrões de atividade do cachorro-do-mato e da suçuarana foram estatisticamente diferentes, o que indica que o canídeo pode estar evitando a espécie competidora no tempo para evitar interações agonísticas. Os padrões de atividade das espécies não diferiram significativamente entre as estações, mas o cachorro-do-mato e a jaritataca mostraram tendência a serem mais diurnos na estação chuvosa, enquanto a suçuarana tendeu a ser mais diurna na estação seca. Quanto ao padrão de uso do habitat, o modelo nulo foi o melhor ranqueado para a suçuarana, o lobo-guará e o cachorro-do-mato. No caso da primeira, os dados tiveram sobredispersão muito alta, o que impossibilitou inferências. No caso do lobo-guará e do cachorro-do-mato, o resultado corrobora a flexibilidade de comportamento das espécies. A única covariável que influenciou a ocupação da raposa-do-campo foi a distância da cidade e a espécie teve maior ocupação perto da cidade, o que pode indicar tolerância à presença humana. A falta de resposta das espécies às distâncias da rodovia e da cidade sugere que o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, por ter uma área extensa e bem conservada, é capaz de amortecer os efeitos negativos da proximidade da rodovia e da cidade sobre a fauna. Além disso, a ausência de resposta dos carnívoros à distância do ponto turístico pode indicar uma resposta funcional delas à frequente presença humana dentro do parque.
Abstract: Carnivores (Mammalia, Carnivora) play important roles in ecosystems as they are top predators and control populations of herbivores and small vertebrates. Despite the important ecological roles of carnivores, more than half of the species in the order are threatened, mainly due to habitat loss, and knowledge gaps exist about these species in many biomes of the world. To define management and conservation strategies for carnivores, it is essential to understand how they use the habitat, the times of day they are active and the mechanisms that allow the coexistence of competing species, especially in anthropic areas. To understand how biotic and abiotic factors influence the pattern of activity and occupation of the habitat of carnivores in a conservation unit in the Cerrado, I used data from camera traps collected over a year. The focal species of the study were the puma (Puma concolor), the ocelot (Leopardus pardalis), the hog-nosed skunk (Conepatus semistriatus), the crab-eating fox (Cerdocyon thous), the hoary fox (Lycalopex vetulus) and the maned wolf (Chrysocyon brachyurus). All species were active mainly during the night and twilight and showed a high overlap of the time of activity. However, the species' peak activity times did not overlap, suggesting that competition is a secondary mechanism in determining the activity pattern of these species. The activity patterns of the crab-eating fox and the cougar were statistically different, which indicates that the canid may be avoiding the competing species in time to avoid agonistic interactions. Species activity patterns did not differ significantly between seasons, but crab-eating fox and skunk tended to be more diurnal in the wet season, while puma tended to be more diurnal in the dry season. Regarding the habitat use pattern, the null model was the best ranked for the puma, the maned wolf and the crab-eating fox. In the case of the first, the data had very high overdispersion, which made inferences impossible. In the case of the maned wolf and the crab-eating fox, the result corroborates the flexibility of behavior of the species. The only covariate that influenced the hoary fox's occupation was the distance from the city and the species had a higher occupation near the city, which may indicate tolerance to human presence. The lack of response of the species to the distances from the highway and the city suggests that the Chapada dos Veadeiros National Park, due to its extensive and well-conserved area, is able to dampen the negative effects of the proximity of the highway and the city on the fauna. In addition, the lack of response from carnivores at a distance from the tourist spot may indicate a functional response by them to the frequent human presence within the park.
Description: Dissertação (mestrado) — Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2022.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
Appears in Collections:ECL - Mestrado em Ecologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/44014/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.