Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/43976
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2022_PatriciaMirandaMenezes.pdf12,25 MBAdobe PDFView/Open
Title: Gestão do conhecimento sobre a agenda 2030 para fomentar cidades resilientes aos impactos da mudança do clima na zona costeira paraense
Authors: Menezes, Patrícia Miranda
metadata.dc.contributor.email: patriciamirandamenezes@gmail.com
Orientador(es):: Amazonas, Maurício de Carvalho
Assunto:: Desenvolvimento urbano
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)
Oceanos
Resiliência
Issue Date: 23-Jun-2022
Citation: MENEZES, Patrícia Miranda. Gestão do conhecimento sobre a agenda 2030 para fomentar cidades resilientes aos impactos da mudança do clima na zona costeira paraense. 2022. [157] f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Ambientais) — Universidade de Brasília, Brasília, 2022.
Abstract: Os fenômenos naturais extremos estão cada vez mais frequentes e intensos, gerando enormes prejuízos financeiros e materiais para essas pessoas que perdem seus bens (e, às vezes, até pessoas queridas) e para os governos que precisam acolher essa população e reconstruir o que a natureza destruiu. Apesar deste cenário calamitoso e catastrófico, o planejamento governamental para a redução desses impactos não é prioridade na maioria das cidades brasileiras, principalmente das costeiras que são as mais vulneráveis aos impactos da Mudança do Clima. Para reverter este cenário, a produção e disseminação de conhecimento para fomentar cidades resilientes é estratégica e urgente. Considerando que o enfrentamento aos impactos da Mudança do Clima necessita de uma abordagem holística e integrada, a Agenda 2030 é um referencial indispensável neste processo pois seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável explicitam a transversalidade e indivisibilidade entre as esferas econômica, social, ambiental e institucional, bem como fomentam a coerência de políticas públicas que assegurem as condições necessárias para que a sociedade faça a transição para o desenvolvimento sustentável. Esta dissertação apresenta as bases legais e institucionais para que o Governo do Estado do Pará adote a Gestão do Conhecimento sobre a Agenda 2030 como ação prioritária para conscientizar os municípios da zona costeira sobre a necessidade de planejamento governamental com foco em Redução de Riscos e Desastres e Resiliência. Contextualiza a Agenda 2030 e sua relação com outros Protocolos e Agendas (Acordo de Paris, Década do Oceano, Década da Restauração dos Ecossistemas, Marco de Sendai, Nova Agenda Urbana). Apresenta as ações desenvolvidas pela autora para democratizar esse tema e propõe um Roteiro para orientar a aplicação prática em Barcarena, cidade costeira paraense conhecida nacional e internacionalmente pela sua atuação com as Agendas de Desenvolvimento da ONU.
Abstract: Extreme natural phenomena are increasingly frequent and intense, generating enormous financial and material losses for those people who lose their possessions (and sometimes even loved ones) and for governments that need to support this population and rebuild what nature has destroyed. Despite this calamitous and catastrophic scenario, government planning to reduce these impacts is not a priority in the majority of Brazilian cities, especially coastal cities that are the most vulnerable to the impacts of Climate Change. To reverse this scenario, the production and dissemination of knowledge to foster resilient cities is strategic and urgent. Considering that tackling the impacts of Climate Change requires a holistic and integrated approach, the 2030 Agenda is an indispensable reference in this process because its 17 Sustainable Development Goals clarify the transversality and indivisibility between the economic, social, environmental, and institutional spheres, as well as they foster the coherence of public policies that ensure the necessary conditions for society to make the transition to sustainable development. This dissertation presents the legal and institutional bases for the State Government of Pará to adopt Knowledge Management on the 2030 Agenda as a priority action to raise awareness of coastal municipalities about the need for government planning with a focus on Risk and Disaster Reduction and Resilience. It contextualizes the 2030 Agenda and its connection with other Protocols and Agendas (Paris Agreement, Ocean Decade, Ecosystem Restoration Decade, Sendai Framework, New Urban Agenda). It presents the actions developed by the author to democratize this theme and proposes a Roadmap to guide the practical application in Barcarena, a coastal city in Pará known nationally and internationally for its work with the UN Development Agendas.
Description: Dissertação (mestrado) — Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais, 2022.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:CDS - Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Ambientais

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/43976/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.