Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/43395
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_DanielaMartinsMachado.pdf4,47 MBAdobe PDFView/Open
Title: A experiência de um programa de intervenção com base na perspectiva holotrópica da mente e sua práxis, a respiração holotrópica : reposicionando fronteiras na abordagem consciencial
Authors: Machado, Daniela Martins
metadata.dc.contributor.email: danilizmartins@gmail.com
Orientador(es):: Murta, Sheila Giardini
Assunto:: Estados incomuns de consciência
Perspectiva holotrópica da mente
Respiração holotrópica
Protocolo de mapeamento de intervenção
Saúde mental
Intervenção em crise
Issue Date: 12-Apr-2022
Citation: MACHADO, Daniela Martins. A experiência de um programa de intervenção com base na perspectiva holotrópica da mente e sua práxis, a respiração holotrópica: reposicionando fronteiras na abordagem consciencial. 2021. 180 f., il. Tese (Doutorado em Psicologia Clínica e Cultura) — Universidade de Brasília, Brasília, 2021.
Abstract: A perspectiva holotrópica da mente (PHM), parte integrante do arcabouço da psicologia transpessoal, tem sido considerada uma abordagem revolucionária para um certo espectro de experiências em estados incomuns de consciência (EIC), pois, diferentemente das abordagens hegemônicas em psiquiatria e psicologia, que tendem a tratá-las indiscriminadamente como processos patológicos, a PHM reconhece, nessas experiências, seu potencial curativo, transformador e evolucionário. A tese constitui-se de uma dimensão teórica, cujo objetivo é refletir sobre os elementos fundantes desta perspectiva e de sua práxis, a respiração holotrópica (RH); e de uma dimensão empírica, a qual descreve a implementação e a avaliação de um programa de intervenção em saúde, inspirado no protocolo de mapeamento de intervenções, dirigido prioritariamente aos membros do Grupo de Intervenção Precoce nas Primeiras Crises de Tipo Psicótico da Universidade de Brasília, cuja finalidade foi estabelecer metas e objetivos de mudança que promovessem a adoção de elementos da PHM, como ferramentas de ampliação e fortalecimento de programas de saúde mental. O percurso da pesquisa reiterou a validade da abordagem de mapeamento de intervenções para a implementação de programas assistenciais que visam ampliação de arcabouço teórico-técnico de equipes de saúde, e reiterou as contribuições inovadoras da PHM para o campo da saúde mental, pela consideração de que essa perspectiva favorece uma observação e um cuidado diferenciados diante dos fenômenos em EIC, tomando-os como inerentes à condição humana, indicando que podem ser abordados sem o viés excludente e discriminatório das patologias psíquicas, o que favorece efetivamente o reposicionamento das fronteiras na abordagem consciencial.
Abstract: The holotropic mind perspective (HMP), an integral part of the transpersonal psychology framework, has been considered a revolutionary approach to a certain spectrum of experiences within non-ordinary states of consciousness (NOSC), because in contrast to the hegemonic approaches in psychiatry and psychology that tend to indiscriminately treat them as pathological processes, HMP recognizes the curative, transformative, and evolutionary potential of these experiences. The thesis consists of a theoretical dimension whose objective is to reflect upon the foundational elements of this perspective and on its praxis, holotropic breathwork(HB); and of an empirical dimension that describes the implementation and evaluation of a health intervention program inspired by the intervention mapping protocol, directed primarily at members of the Group for Early Intervention in First-Episode Mental Crisis of a Psychotic Type at the University of Brasília, which sought to establish goals and objectives for change that promoted the adoption of elements of HMP, such as tools for broadening and strengthening mental health programs. The course of researchreiterated the validity the intervention mapping approach to implementing aid programs that seek to broaden healthcare teams’ technical-theoretical framework and reprised the HMP’s innovative contributions to the mental health field via the perspective’s promotion of differentiated observations and care in the face of NOSC phenomena, considering them inherent to the human condition, thereby indicating that they can be addressed without the exclusionary and discriminatory bias of mental pathology, which effectively promotes the redrawing of the boundaries of the consciential approach.
Description: Tese (doutorado ) — Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2021.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PCL - Doutorado em Psicologia Clínica e Cultura (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/43395/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.