Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/42419
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_RudineyIvoLimadosSantos.pdf3,75 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBarretto Filho, Henyo Trindade-
dc.contributor.authorSantos, Rudiney Ivo Lima dos-
dc.date.accessioned2021-11-22T20:37:57Z-
dc.date.available2021-11-22T20:37:57Z-
dc.date.issued2021-11-22-
dc.date.submitted2021-07-16-
dc.identifier.citationSANTOS, Rudiney Ivo Lima dos. A propósito de uma imagem mais-que-turística de Alter do Chão. 2021. 172 f., il. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) — Universidade de Brasília, Brasília, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unb.br/handle/10482/42419-
dc.descriptionDissertação (mestrado) — Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, 2021.pt_BR
dc.description.abstractAlter do Chão (Santarém-Pará) é uma localidade amazônica que, nas últimas décadas, adquiriu fama internacional por suas “belezas naturais”, tornando-se conhecida mundo a fora como o “Caribe da Amazônia”. Não obstante sua beleza extravagante, muito visada por turistas, as paisagens de Alter do Chão carregam consigo uma história com as pessoas que nelas habitam há séculos, muito antes de o turismo tornar-se parte da realidade local. Falo do povo indígena Borari, cujas histórias – do passado e do presente – me auxiliaram a compreender o cenário contemporâneo de turistificação de Alter do Chão. Coloco essas histórias em evidência, pois elas são fonte para o exercício de imaginar uma Alter do Chão que não se reduza ao seu apelo turístico. Para tornar esse exercício possível, julgo necessário olhar para a arena turística e compreender o processo de turistificação em curso a partir da heterogeneidade ali existente. A dissertação objetiva, dessa forma, evidenciar uma imagem mais-que-turística de Alter do Chão, que avalio estar diretamente associada à indigenização promovida pelas/os boraris sobre a arena turística. Minha atenção não se dirige apenas aos lugares físicos dessa arena, mas também àqueles digitais, por ver na internet não apenas uma catalisadora de imagens estereotípicas de lugares turistificados, mas um terreno fértil para a criação e difusão de histórias disruptivas dessas imagens, como aquelas que encontrei no meu aprendizado com e sobre Alter do Chão.pt_BR
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleA propósito de uma imagem mais-que-turística de Alter do Chãopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordAlter do Chãopt_BR
dc.subject.keywordBoraript_BR
dc.subject.keywordTurismopt_BR
dc.subject.keywordArena turísticapt_BR
dc.subject.keywordImagem mais-que-turísticapt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1Alter do Chão (Santarém-Pará) is an Amazonian village that, in recent decades, has acquired international fame for its ‘natural beauty’, becoming known worldwide as the ‘Caribbean of the Amazon’. Despite its extravagant beauty much sought after by tourists, Alter do Chão carry in its landscapes the history of the people who have inhabited there for centuries, long before tourism became part of the local reality. I refer to the Borari indigenous people, whose stories - past and present - helped me to understand Alter do Chão’s contemporary setting of touristification. I put these stories in evidence, as they are a source for the exercise of imagining an Alter do Chão that is not reduced to its touristic appeal. To make this exercise possible, I believe it is necessary to look at the touristic arena and understand the ongoing touristification process based on the heterogeneity that exists in it. The dissertation aims, in this way, to show a more-than-touristic image of Alter do Chão, which I assess is directly associated with the indigenization promoted by the Borari people on the tourist arena. My attention is not only directed to the physical places of this arena, but also to those digital ones, as I see on the internet not only a catalyst for stereotypical images of touristic places, but a fertile ground for the creation and dissemination of disruptive stories of these images, such as those I have found in my learning with and about Alter do Chão.pt_BR
dc.contributor.affiliationUniversidade de Brasíliapt_BR
Appears in Collections:DAN - Mestrado em Antropologia (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/42419/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.