Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/41887
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_AlbertoLuísAraújoSilvaFilho.pdf4,81 MBAdobe PDFView/Open
Title: Em busca do outro masculino grupos de homens no Distrito Federal
Authors: Silva Filho, Alberto Luis Araújo
Orientador(es):: Almeida, Tânia Mara Campos de
Assunto:: Masculinidades
Feminismos
Questões de gênero
Issue Date: 24-Aug-2021
Citation: SILVA FILHO, Alberto Luis Araújo. Em Busca do Outro Masculino Grupos de Homens no Distrito Federal. 2021. 158 f., il. Dissertação (Mestrado em Sociologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2021.
Abstract: A presente dissertação tem como intuito investigar os grupos de homens espontaneamente formados como críticos do machismo e existentes no DF, analisando de que maneira se aproximam de abordagens feministas ou pró-equidade de gênero, bem como enfatizando a maneira pela qual estas são ou não afins aos seus objetivos de atuação. Destarte, a pesquisa visou identificar se os organizadores dos grupos de homens têm conhecimento de perspectivas feministas, quais seriam e se estas aplicam ao contexto das ações dos grupos, além de investigar quais as dinâmicas de interação presentes nos grupos virtuais dessas coletividades, ressaltando de que forma se dão as interações sociais nesses espaços e quais os conteúdos prevalecentes. Para cumprir com essa finalidade, valeu-se de três passos metodológicos: as entrevistas com os coordenadores ou representantes dos grupos masculinos; a observação direta dos grupos de Whatsapp ligados às iniciativas durante os meses de julho e outubro de 2020; e a aplicação de um questionário a fim de conhecer o perfil sociológico dos participantes destes grupos. Foram utilizados, no referencial teórico, estudos sobre masculinidades, estudos feministas e sobre sexualidade, além de literatura auxiliar, referente a pesquisas realizadas na esfera digital. Como conclusão, foi possível identificar que, embora os homens entrevistados e observados não tenham uma postura unívoca a respeito dos feminismos, estejam mais voltados para uma essência do masculino e às suas questões pessoais, especialmente a relação com seus próprios pais. Nesse movimento de revisão do machismo, é perceptível a emergência de temas e posicionamentos – inclusive a respeito dos movimentos feministas – que contradizem o modelo de masculinidade dominante sem, necessariamente, alterar estruturas sociais profundas da sociedade e da subjetividade.
Abstract: This dissertation aims to investigate groups of men spontaneously formed as critics of sexism and existing in the DF, analyzing how they approach feminist or pro-gender equity approaches, as well as emphasizing the way in which these are or are not related to its performance objectives. Thus, the research aimed to identify whether the organizers of men's groups are aware of feminist perspectives, what they would be and if they apply to the context of the groups' actions, as well as investigating the interaction dynamics present in the virtual groups of these collectivities, emphasizing that how social interactions take place in these spaces and what content prevails. To fulfill this purpose, three methodological steps were used: interviews with coordinators or representatives of male groups; direct observation of Whatsapp groups linked to the initiatives during the months of July and October 2020; and the application of a questionnaire in order to know the sociological profile of the participants in these groups. In the theoretical framework, studies on masculinities, feminist studies and on sexuality were used, in addition to auxiliary literature, referring to research carried out in the digital sphere. In conclusion, it was possible to identify that, although the men interviewed and observed do not have a unequivocal stance regarding feminisms, they are more focused on an essence of the masculine and their personal issues, especially the relationship with their own parents. In this revision movement from sexism, the emergence of themes and positions is noticeable – including regarding feminist movements – that contradict the dominant model of masculinity without necessarily altering deep social structures of society and subjectivity.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2021.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:SOL - Mestrado em Sociologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/41887/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.