Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/41497
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_VerônicaFernandesRamosBueno.pdf10,1 MBAdobe PDFView/Open
Title: Caracterização das estruturas orofaciais e funções estomatognáticas em idosos
Authors: Bueno, Verônica Fernandes Ramos
metadata.dc.contributor.email: veronica.ramos0805@gmail.com
Orientador(es):: Celeste, Letícia Correa
Coorientador(es):: Picinato-Pirola, Melissa
Assunto:: Envelhecimento - aspectos fisiológicos
Idosos
Sistema estomatognático
Alimentação
Força orofacial
Issue Date: 26-Jul-2021
Citation: BUENO, Verônica Fernandes Ramos. Caracterização das estruturas orofaciais e funções estomatognáticas em idosos. 2021. 80 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências da Reabilitação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2021.
Abstract: O presente estudo buscou verificar o impacto do envelhecimento nas estruturas orofaciais e no desempenho das funções de deglutição e mastigação. Foram avaliados trinta idosos por meio do Protocolo de Avaliação Miofuncional Orofacial com Escores para Idosos que foram comparados com grupo controle composto por trinta adultos jovens avaliados pelo Protocolo de Avaliação Miofuncional Orofacial com Escores Expandido. Também foi avaliada a força de pressão de lábios e língua por meio do dispositivo Biofeedback Pró-Fono: Pressão de Lábios e de Língua. Para os idosos foram aplicadas escalas padronizadas Risco de Depressão Geriátrica, Mine-Exame do Estado Mental e realização de Atividades Instrumentais de Vida Diária. Para comparação entre os grupos foi utilizado o teste não paramétrico de Mann-Whitney; foi utilizado o Modelo de Equações Estruturais com objetivo de verificar a influência entre as funções de mastigação e deglutição e a pressão de lábios e língua; foram utilizados o Teste exato de Fisher e o Teste de Kruskal-Wallis para verificar a associação entre aspectos alimentares e risco para depressão geriátrica, independência para realizar atividades de vida diária e estado mental; e foi aplicado o modelo de regressão log-binomial simples para verificar a relação entre a força de pressão de lábios e ponta e dorso de língua e as escalas aplicadas nos idosos. Foi observada diferença significativa para aspecto/aparência/postura de face, bochechas, lábios, músculo mentual, língua; mobilidade de lábios, língua, mandíbula e bochechas; escore total de funções de mastigação e deglutição; e média de pressão de ponta e dorso de língua, sendo que os idosos apresentaram pior desempenho, quando comparados aos adultos jovens. Conforme aplicação do Modelo de Equações Estruturais foi encontrada relação direta entre força de pressão de dorso de língua e a função de deglutição. Também foi observada associação significativa entre risco para depressão e autopercepção de aumento de tempo para mastigar; autopercepção de dificuldade para deglutir; e autopercepção de alteração de apetite. Associação significativa também foi observada entre maior dependência para realizar atividades de vida diária e a autopercepção de alteração de apetite. Não foi observada associação significativa entre as funções de mastigação e deglutição; força de pressão de lábios e língua e as escalas aplicadas nos idosos. Conforme os dados apresentados, é possível concluir que idosos possuem menor força e mobilidade de estruturas orofaciais, menor força de pressão de ponta e dorso de língua e menor desempenho das funções de mastigação e deglutição, quando comparados aos adultos jovens.
Abstract: The present study sought to verify the impact of aging on orofacial structures and swallowing and chewing functions performance. Thirty elderly were evaluated using the Orofacial Myofunctional Evaluation with Scores for Elders Protocol which were compared with a control group composed by thirty adults taken by the Protocol of orofacial myofunctional evaluation with Expanded Scores. The force of pressure at the tongue and lips was also evaluated by the device Biofeedback Pro-Phono: Lip and Tongue Pressure. For the elderly, were applied the standardized scales The Geriatric Depression Scale, Mini–Mental State Examination and The Instrumental Activities of Daily Living Scale. For comparison between groups, the nonparametric Mann-Whitney test was used; to verify the influence between chewing and swallowing functions and the force of pressure at the tongue and lips were used the Structural Equation Modeling; to verify the association between dietary aspects and risk for geriatric depression, independence to perform activities of daily living and mental state, Fisher's exact Test and Kruskal-Wallis Test were used; and the simple log-binomial regression model was used to verify the relationship between the force of pressure at the tongue and lips and the scales applied to the elderly. A significant difference was observed for aspect/appearance/posture of the face, cheeks, lips, mental muscle, tongue; lips, tongue, jaw, and cheeks mobility; chewing and swallowing functions total score; and the average of the force of pressure at the tip and the back of the tongue, being that the elderly presented lower performance when compared to young adults. According to the application of the Structural Equations Modeling, a direct relationship was found between the the force of pressure at the back of the tongue and the swallowing function. There was also a significant association between risk for depression and self-perceived increased chewing time; self-perception of difficulty in swallowing; and self-perceived change in appetite. A significant association was also observed between greater dependence to perform activities of daily living and self-perceived changes in appetite. There was no significant association between the chewing and swallowing functions; the force of pressure at the tongue and lips and the scales applied to the elderly. According to the data presented, it is possible to conclude that the elderly have less strength and mobility of orofacial structures, less force of pressure at the tongue and less performance of the chewing and swallowing functions, when compared to young adults.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação, 2021.
Appears in Collections:PPGCR - Mestrado em Ciências da Reabilitação

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/41497/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.