Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/40792
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_JayanaraianFerreiraMartins.pdf8,56 MBAdobe PDFView/Open
Title: Produção e otimização de lacases e Peroxidases obtidas de Diaporthe spp. isolados com endofíticos de Solanum falciforme Farruggia
Other Titles: Production and optimization of laccases and peroxidases obtained from Diaporthe spp. isolated as endophytic from Solanum falciforme Farruggia
Authors: Andrade, Jayanaraian Ferreira Martins
Orientador(es):: Mello, Mauricio Homem de
Coorientador(es):: Batista, Pérola Magalhães de Oliveira Dias
Assunto:: Diaporthe
Enzimas lignolíticas
Planejamento fatorial
Issue Date: 3-May-2021
Citation: ANDRADE, Jayanaraian Ferreira Martins. Produção e otimização de lacases e Peroxidases obtidas de Diaporthe spp. isolados com endofíticos de Solanum falciforme Farruggia. 2021. 83 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2021.
Abstract: Os fungos endofíticos são microrganismos que colonizam o interior de diversas espécies vegetais nos seus espaços intercelulares ou dentro de células, mantendo um relacionamento simbiótico com eles. Seu potencial biotecnológico como produtores enzimáticos vêm despertando cada vez mais interesse. Neste trabalho, dois fungos endofíticos foram isolados da planta Solanum falciforme Farruggia, nativa do Cerrado Brasileiro. Os isolados, “P1” e “P2” foram submetidos à identificação molecular utilizando-se a região ITS para estabelecer a relação filogenética deles: P1 foi agrupado com Diaporthe stictica e P2 com Diaporthe maritima. Eles foram identificados como pertencentes ao gênero Diaporthe, relatado com um dos gêneros de fungo endofítico mais frequentemente isolados. Os dois isolados fúngicos foram analisados quanto à sua capacidade de produção de enzimas oxidativas: lacases e peroxidases totais. Para estabelecer o melhor dia de produção dessas enzimas o perfil de liberação enzimático das enzimas de interesse para cada isolado foi analisado por 30 dias. Para o “P1” foi selecionado o 11o dia (38,63 Ulacase/mL; 46,77 Uperoxidases totais/mL) e para o “P2” o 10o dia (P2: 41,21 Ulacase/mL; 13,55 Uperoxidases totais/mL). Para cada isolado foi realizado um planejamento fatorial 23 com um ponto central em triplicata para otimização da produção enzimática pelos fungos, testando-se os fatores pH inicial do meio nos níveis 4 e 8, a quantidade de peptona, como fonte de nitrogênio, nos níveis 0,0g e 1,0g e bagaço de cana, como fonte de carbono, nos níveis 0,25g e 0,75g; o ponto central combinou o pH inicial, peptona e de bagaço de cana nos níveis 6, 1,0g e 0,50g, respectivamente. Nenhum modelo estabelecido pelos planejamentos fatoriais obteve significância estatística de acordo com os níveis em que esses fatores foram testados (nível de confiança: 95%), apenas os fatores pH inicial, peptona e a interação entre eles foram considerados significativos (p<0,05) para a produção de lacase para o isolado “P1”. De modo geral, a produção enzimática aumentou quando o pH inicial estava no nível mais baixo e a quantidade de peptona no nível mais alto. Esse trabalho gerou dados relevantes sobre a produção extracelular de enzimas oxidativas por fungos endofíticos do gênero Diaporthe
Abstract: Endophytic fungi are microorganisms able to colonize the interior of plant hosts in intercellular spaces or within cells, maintaining a symbiotic relationship. Endophytic fungi can be isolated from several plant species. Their biotechnological potential as enzyme producers has gained more interest in the last decade. In this work, two endophytic fungi were isolated from Solanum falciforme Farruggia, native to Brazilian Cerrado. Isolates, “P1” and “P2” were subjected to molecular identification, using the ITS region to establish their phylogenetic relationship, isolate “P1” was clustered with Diaporthe stictica, while “P2” was clustered with Diaporthe maritima. The isolates were identified as belonging to the genus Diaporthe, reported as one of the most frequently isolated genera of endophytic fungi. They were analyzed for their ability to produce oxidative enzymes: laccases and total peroxidases. Curves of 30 and 15 days were performed to establish the best day of production of these enzymes for each isolate. For “P1”, the 11th day was selected (38.63 Ulaccase/mL; 46.77 Utotal peroxidases/mL) and for “P2” the 10th day (P2: 41.21 Ulaccase/mL; 13.55 Utotal peroxidases/mL). For each isolate a 23 experimental design was carried out with a central point in triplicate to optimize enzymatic production, testing the following factors: initial pH of the medium at levels 4 and 8, amount of peptone, as nitrogen source, at levels 0g and 1g and sugarcane bagasse, as carbon source, at levels 0.25g and 0.75g; central point combined initial pH, peptone and sugarcane bagasse at levels 6, 1.0g and 0.50g, respectively. No model established by the experimental designs obtained statistical significance according to the levels at which these factors were tested (confidence level: 95%), only the factors initial pH, peptone and the interaction between them were considered significant (p <0.05) for the production of laccase for the “P1” isolate. In general, enzyme production increased when the initial pH was at the lowest level and the amount of peptone at the highest level. This work generated relevant data on the extracellular production of oxidative enzymes by endophytic fungi of the genus Diaporthe.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Brasília, 2021.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:PPGCF - Mestrado em Ciências Farmacêuticas (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/40792/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.