Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/40763
Files in This Item:
There are no files associated with this item.
Title: Percepções de estudantes e professores sobre a temática indígena em uma escola do Distrito federal
Authors: Oliveira, Alessandro Roberto de
Almeida, Bárbara Ribeiro Dourado Pias de
Assunto:: Temática indígena
Prática pedagógica
Educação multicultural
Escolas públicas
Issue Date: 2020
Publisher: Faperj; CNPq; Capes; Endipe /DP
Citation: OLIVEIRA, Alessandro Roberto de; ALMEIDA, Bárbara Ribeiro Dourado Pias de. Percepções de estudantes e professores sobre a temática indígena em uma escola do Distrito Federal. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICAS DE ENSINO, 2020, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos [...]. Rio de Janeiro/Petrópolis: Faperj; CNPq; Capes; Endipe /DP, 2020. v. 3. p. 655-661. Tema: Didática(s) entre diálogos, insurgências e políticas: tensões e perspectivas na relação em direitos humanos, interculturalidade e religiões. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1JYsmcZNHDoCIx-ZhQCQS8ofnIAaM7ZMU/view.
Abstract: Há 12 anos a Lei n. 11.645/2008 estabeleceu o ensino da história e cultura afro-brasileira e indígena como dever das instituições educativas e direito de toda/todo discente da educação básica. Desde então, apesar de muitas escolas continuarem repetindo abordagens pedagógicas equivocadas com representações simplistas e estereotipadas sobre o “índio” houve também avanço no delineamento de diretrizes para a implementação da Lei e ampliou-se o conjunto de subsídios didáticos e de reflexões sobre práticas docentes. O artigo apresenta reflexões preliminares de uma pesquisa sobre a percepção das/dos estudantes do 6°ano de uma escola pública do Paranoá, situada na periferia do Distrito Federal, sobre a diversidade das culturas indígenas. A pesquisa, realizada em uma perspectiva colaborativa com docentes da disciplina de artes, abordou também alguns desafios indicados por professores sobre o trabalho com a temática indígena na sala de aula. A ausência das histórias e culturas indígenas nos currículos e práticas educativas é marca de uma colonialidade do saber que promove o silenciamento e a exclusão de conhecimentos desses povos e pode contribuir para a normalização das violências físicas e simbólicas contra essas coletividades. Logo, as instituições educativas têm papel importante na construção de relações interétnicas menos desiguais. Na linha de uma educação intercultural e antirracista, a implementação desta temática pode favorecer o desenvolvimento de posturas críticas sobre a construção da nação no Brasil. Os resultados preliminares da nossa experiência revelam a reprodução de certas imagens românticas e estereotipadas do imaginário nacional nas percepções das/dos estudantes a respeito dos povos indígenas. Mostram também lacunas e a superficialidade do assunto no currículo de formação de professores. Por fim, indica a fertilidade da temática nas práticas pedagógicas da sala de aula e seus efeitos no ambiente relacional de ensino-aprendizagem.
metadata.dc.relation.publisherversion: https://drive.google.com/file/d/1JYsmcZNHDoCIx-ZhQCQS8ofnIAaM7ZMU/view
Appears in Collections:TEF - Trabalhos apresentados em eventos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/40763/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.