Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/40682
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_RaísaFernandaRibeirodeVasconcelos.pdf3,29 MBAdobe PDFView/Open
Title: Modelo de alocação econômica ótima da água para o conflito hídrico no Alto São Marcos
Authors: Vasconcelos, Raísa Fernanda Ribeiro de
Orientador(es):: Silva Júnior, Luiz Honorato da
Assunto:: Modelo hidro-econômico
Água - valor econômico
Conflitos hídricos
Issue Date: 27-Apr-2021
Citation: VASCONCELOS, Raísa Fernanda Ribeiro de. Modelo de alocação econômica ótima da água para o conflito hídrico no Alto São Marcos. 2020. 94 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Regulação e Gestão de Negócios)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: A água sempre foi, é e sempre será o principal fator de produção e objeto de disputa entre os diversos agentes econômicos em âmbito local, nacional e mundial; o que resulta em escassez hídrica. A conjugação de finitude do recurso e urgência de uma disponibilidade eficiente e justa tornam os conflitos hídricos iminentes. O conflito do Alto São Marcos destaca-se pela disputa entre o setor de geração hidrelétrica e irrigação, que incorpora os níveis de governança federal, estadual e de bacia na gestão da água. Tais características tornam a tarefa de alocação um enorme desafio. Este trabalho, em formato multipaper, objetiva acrescentar racionalidade econômica e ponderar medidas de mitigação para o conflito do Alto São Marcos por meio da otimização da alocação de água, proposta por um modelo hidro-econômico elaborado e aplicado ao caso em estudo. O primeiro trabalho, denominado “O conflito hídrico no Alto São Marcos: características, dilemas e desafios” caracteriza o conflito, a evolução regulamentar dos instrumentos aplicados e, ainda, discute os dilemas e desafios impostos. Apresenta-se uma contextualização da bacia no que concerne as suas principais atividades econômicas demandantes do recurso escasso; histórico dos principais eventos normativos tangentes à bacia; e, por fim, identificação dos desafios à resolução do conflito. A partir da execução metodológica, faz-se uma análise das diversas medidas para mitigar o conflito e promover segurança hídrica, evidenciando que a regulação da dicotomia dos usos deve estar vinculada a harmonia entre as competências de governança e a promoção de medidas que primem uma alocação otimizada. O segundo trabalho, denominado “A dinâmica da curva de demanda e da remuneração da água no conflito do Alto São Marcos” mensura o efeito econômico que as vazões outorgadas a montante da UHE Batalha teriam sobre o setor elétrico a partir da definição do valor econômico da água e determinação do custo de oportunidade das outorgas. A metodologia empregada é baseada nos trabalhos de Machado (2009) e FGV (2003) e nos dados obtidos do histórico de operação da hidrelétrica. Corrobora-se com uma análise acerca da curva de demanda para os setores e da mensuração do custo de oportunidade por perfis de remuneração e geração. Resultados que potencialmente suportam as tomadas de decisões políticas que busquem equilíbrio econômico e eficiência na alocação da água. O terceiro trabalho, denominado “Modelo hidro- econômico para o conflito hídrico no Alto São Marcos” trata da construção e aplicação de um modelo hidro-econômico que otimize a alocação de água entre a geração hidrelétrica e a irrigação, e tenha como parâmetro o valor econômico do recurso hídrico definido pela maximização de lucros intersetoriais. A metodologia empregada é acompanhada de um levantamento da utilização de modelagem hidro-econômica atrelada a conflitos hídricos e da efetiva elaboração e aplicação do modelo, baseado no que foi proposto por Fujisawa (2016) e Silva (2017), além de utilizar de programação não linear e das condições contorno de Karush-Kuhn-Thucker em um cenário determinístico. Conclui-se com a aplicação do modelo que a otimização da alocação hídrica reduziu o valor da água para o setor irrigante, indicação de eficiência da dinâmica sazonal configurada. Contudo, apesar da racionalidade econômica inserida, a política de priorização do uso pelo setor irrigante defasou a remuneração e geração da UHE Batalha, o que revela o efeito do volume outorgado a montante desta e mensura seu impacto na segurança hidroenergética. Este trabalho, portanto, pretende contribuir com o debate acerca do conflito hídrico no Alto São Marcos propondo uma análise sobre a evolução do conflito que permita depreender a dinâmica de usos estabelecida na bacia, que, atrelada ao modelo hidro-econômico colabore para avaliação de políticas intersetoriais e auxilie os tomadores de decisão na mensuração do efeito econômico dos normativos regulatórios e da alocação de água.
Abstract: Water has always been, is and will always be the main factor of production and object of dispute between the various economic agents at the local, national and world level; which results in water scarcity. The combination of resource finitude and the urgency of an efficient and just availability make water conflicts imminent. The Alto São Marcos conflict stands out for the dispute between the hydroelectric generation and irrigation sector, which incorporates the levels of federal, state and basin governance in water management. Such characteristics make the allocation task a huge challenge. This work, in a multipaper format, aims to add economic rationality and consider mitigation measures for the Alto São Marcos conflict through the optimization of water allocation, proposed by a hydro-economic model developed and applied to the case under study. The first work, called “The water conflict in Alto São Marcos: characteristics, dilemmas and challenges” characterizes the conflict, the regulatory evolution of the instruments applied and, further, discusses the dilemmas and challenges imposed. A contextualization of the basin is presented in terms of its main economic activities that demand the scarce resource; history of the main normative events tangent to the basin; and, finally, identification of challenges to conflict resolution. From the methodological execution, an analysis is made of the various measures to mitigate the conflict and promote water security, showing that the regulation of the dichotomy of uses must be linked to the harmony between governance competences and the promotion of measures that prioritize an allocation optimized. The second work, called “The dynamics of the demand curve and water remuneration in the Alto São Marcos conflict” measures the economic effect that the flows granted upstream of the Batalha HPP would have on the electricity sector from the definition of the economic value of the water and determining the opportunity cost of grants. The methodology used is based on the work of Machado (2009) and FGV (2003) and on the data obtained from the hydroelectric plant's operating history. It is corroborated by an analysis of the demand curve for the sectors and the measurement of the opportunity cost by remuneration and generation profiles. Results that potentially support political decision making that seeks economic balance and efficiency in water allocation. The third work, called “Hydro-economic model for the water conflict in Alto São Marcos” deals with the construction and application of a hydro-economic model that optimizes the allocation of water between hydroelectric generation and irrigation, and takes as a parameter the value of the water resource defined by maximizing intersectoral profits. The methodology employed is accompanied by a survey of the use of hydro-economic modeling linked to water conflicts and the effective elaboration and application of the model, based on what was proposed by Fujisawa (2016) and Silva (2017), in addition to using non-programming. linear and Karush-Kuhn-Thucker boundary conditions in a deterministic scenario. It is concluded with the application of the model that the optimization of water allocation reduced the value of water for the irrigating sector, an indication of the efficiency of the configured seasonal dynamics. However, despite the economic rationale inserted, the policy of prioritizing use by the irrigating sector lagged the remuneration and generation of HPP Batalha, which reveals the effect of the volume granted upstream of it and measures its impact on hydroenergetic security. This work, therefore, intends to contribute to the debate about the water conflict in Alto São Marcos, proposing an analysis on the evolution of the conflict that allows to understand the dynamics of uses established in the basin, which, linked to the hydro-economic model, collaborates for the evaluation of policies intersectoral actions and assist decision makers in measuring the economic effect of regulatory regulations and water allocation.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Centro de Estudos em Regulação de Mercados, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:REGEN - Mestrado Profissional em Regulação e Gestão de Negócios

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/40682/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.