Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/4060
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_GiliardSilvaPrado.pdf3,5 MBAdobe PDFView/Open
Title: Batalhas da memória política em Sergipe : as comemorações das mortes de Fausto Cardoso e Olímpio Campos (1906-2006)
Authors: Prado, Giliard da Silva
Orientador(es):: Almeida, Jaime de
Assunto:: Sergipe - história
Biografia
Historiografia
Issue Date: 6-Apr-2010
Citation: PRADO, Giliard da Silva. Batalhas da memória política em Sergipe: as comemorações das mortes de Fausto Cardoso e Olímpio Campos (1906-2006). 2009. 184 f. Dissertação (Mestrado em História)—Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Abstract: Esta dissertação analisa as batalhas da memória presentes nas comemorações dos aniversários das mortes de Fausto Cardoso e Olímpio Campos, no período compreendido entre 1906 e 2006. Líderes políticos de grupos antagônicos, Fausto Cardoso e Olímpio Campos foram assassinados em decorrência de uma revolta ocorrida em Sergipe no ano de 1906. Desde então, faustistas e olimpistas empreenderam projetos concorrentes para o estabelecimento das memórias de seus líderes. Dentre as homenagens que compuseram o processo de mitificação dos dois políticos, constam: as missas fúnebres, as romarias cívicas, os discursos veiculados na imprensa; a reprodução e distribuição de seus retratos; a atribuição de seus nomes a logradouros públicos e a inauguração de seus monumentos. A maior parte dessas homenagens repetia-se anualmente durante as comemorações de suas mortes. Com o intuito de compreender que imagens póstumas foram construídas em torno das figuras de Fausto Cardoso e Olímpio Campos, é feita inicialmente uma análise dos modos como eles foram representados na produção historiográfica sobre a revolta e também nas narrativas biográficas. Na seqüência é empreendida uma história da memória, identificando-se as mudanças por que passaram as comemorações ao longo do tempo, bem como os pontos de inflexão que marcaram os cultos às suas memórias. Verifica-se que os cultos tiveram intensidades desiguais e firmaram memórias com significados também diferentes. A figura de Olímpio Campos ficou associada a uma linhagem conservadora da política sergipana, ao passo que Fausto Cardoso transformou-se em símbolo das lutas libertárias. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This dissertation analyzes the memory conflicts that are present in the commemorations of the deaths of Fausto Cardoso and Olímpio Campos, in the period between 1906 and 2006. The antagonistic group political leaders, Fausto Cardoso and Olímpio Campos, were assassinated following a rebellion that occurred in Sergipe in 1906. Since then, ‘faustistas’ and ‘olimpistas’ undertook concurrent projects to establish their leader’s memories. The following is recorded, among the homages that were part of the mythification process of the two politicians: the funeral services, the civic pilgrimages, the press discourses; the reproduction and distribution of their pictures; the attribution of their names to public parks and the inauguration of their monuments. The greater part of these homages is repeated every year during the commemoration of their deaths. An analysis is initially made, of the ways in which they were represented in the historiographic production about the rebellion and also in the biographical narratives, with the intention of understanding the posthumous images which were built around the persons of Fausto Cardoso and Olímpio Campos. A memory history then follows, identifying the changes which the commemorations went through over time and also the inflection points that marked their memory services. One notes, that the services had unequal intensities and recorded memories which also had different meanings. The person of Olímpio Campos remained associated with a conservative line in Sergipana politics, so much so, that Fausto Cardoso became a symbol of freedom conflicts.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, 2009.
Appears in Collections:HIS - Mestrado em História (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/4060/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.