Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/40507
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_PalomaAparecidaCarvalho.pdf1,12 MBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação da cultura de segurança nos hospitais do Distrito Federal
Authors: Carvalho, Paloma Aparecida
metadata.dc.contributor.email: paloma_carvalho@yahoo.com.br
Orientador(es):: Motta, Luiz Augusto Casulari Roxo da
Coorientador(es):: Gottems, Leila Bernarda Donato
Assunto:: Segurança do paciente
Cultura organizacional
Gestão da segurança
Assistência à saúde
Saúde - avaliação
Issue Date: 12-Apr-2021
Citation: CARVALHO, Paloma aparecida. Avaliação da cultura de segurança nos hospitais do Distrito Federal. 2020. [74] f., il. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Introdução: A cultura de segurança é elemento fundamental nas políticas de segurança do paciente. O Programa Nacional de Segurança do Paciente foi implantado em 2013 no Brasil. Objetivo: Avaliar a cultura de segurança na percepção dos profissionais que trabalham nos hospitais públicos do Sistema Único de Saúde do Distrito Federal, Brasil, três anos após a implantação do Programa Nacional de Segurança do Paciente. Métodos: estudo transversal analítico realizado em onze hospitais públicos por meio do Questionário Atitudes de Segurança em formato eletrônico. A amostragem estratificada foi calculada, obedecendo à proporção do total de profissionais em cada hospital, assim como a representatividade de cada grupo profissional. Os resultados do escore total e dos domínios iguais ou maiores que 75 foram considerados positivos. Realizadas análises descritivas e inferenciais dos grupos profissionais e dos hospitais. Resultados: Participaram 909 profissionais. O escore total por grupo profissional foi negativo (62,5 a 69,5) e por domínio diferiram estatisticamente entre si em todos. Os onze hospitais tiveram escore total negativo (61,5 a 68,6). Os domínios com desempenho positivo foram satisfação no trabalho, percepção do estresse e clima de trabalho em equipe. Os resultados mais baixos foram condições de trabalho e percepção da gerência, e nenhum dos hospitais obteve média superior à 75 nesses domínios. Também foram encontradas diferenças nas médias dos domínios entre os hospitais, exceto em percepção da gerência. Conclusão: Após três anos de implantação no Programa Nacional de Segurança do Paciente, a cultura de segurança nos onze hospitais avaliados se mostrou fragilizada, embora os domínios satisfação no trabalho, percepção do estresse e clima de trabalho em equipe tiveram resultados positivos. Os resultados podem contribuir para a tomada de decisão dos gestores, pois a cultura de segurança é um elemento essencial na implementação da política de segurança do paciente.
Abstract: Introduction: The safety culture is a fundamental element in patient safety policies. The National Patient Safety Program was implemented in 2013 in Brazil Objective: To evaluate the safety culture in the perception of professionals who work in public hospitals in the Unified Health System of the Federal District, Brazil, three years after the implementation of the National Patient Safety Program. Methods: cross-sectional analytical study conducted in eleven public hospitals using the Safety Attitudes Questionnaire in electronic format. The stratified sample was calculated according to the proportion of the total number of professionals in each hospital, as well as the representativeness of each professional group. The results of the total score and domains equal to or greater than 75 were considered positive. Descriptive and inferential analyzes of professional groups and hospitals were carried out. Results: 909 professionals participated. The total score by professional group was negative (62.5 to 69.5) and by domain they differed statistically from each other. The eleven hospitals had a negative total score (61.5 to 68.6). The domains with positive performance were job satisfaction, stress perception and teamwork climate. The lowest results were working conditions and management perception, and none of the hospitals had an average higher than 75 in these domains. Differences in mean domains were also found between hospitals, except in the perception of management. Conclusion: After three years of implementation in the National Patient Safety Program, the safety culture in the eleven hospitals evaluated was weakened, although the domains of job satisfaction, perception of stress and teamwork atmosphere had positive results. The results can contribute to managers' decision making, as the safety culture is an essential element in the implementation of the patient safety policy.
Description: Tese (Doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PPGCS - Doutorado em Ciências da Saúde (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/40507/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.