Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/40405
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_MariadaGraçaCorrêaLopesWohlgemuth.pdf2,44 MBAdobe PDFView/Open
Title: Fatores de risco e proteção para infecção pelo HIV na perspectiva de estudantes universitários
Authors: Wohlgemuth, Maria da Graça Corrêa Lopes
metadata.dc.contributor.email: gracaclw13@gmail.com
Orientador(es):: Brambatti, Larissa Polejack
Assunto:: AIDS (Doença) - prevenção
Estudantes universitários
HIV (Vírus)
Issue Date: 31-Mar-2021
Citation: WOHLGEMUTH, Maria da Graça Corrêa Lopes. Fatores de risco e proteção para infecção pelo HIV na perspectiva de estudantes universitários. 2020. 154 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Ao longo dos últimos cinco anos, foi possível perceber uma curva ascendente de novas infecções pelo HIV em jovens. Tais dados demonstram que a prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), em especial o HIV, segue sendo um desafio para os serviços de saúde, assim como para escolas e Universidades. Diante deste cenário, este estudo teve como objetivo compreender os fatores de risco e proteção em relação à infecção de HIV/aids, a partir do conhecimento de estudantes universitários, a fim de propor estratégias coerentes com os princípios da Universidade Promotora da Saúde. Foi realizado um estudo qualitativao exploratório, que aborda eixos relacionados aos fatores de risco e proteção ao HIV, as estratégias de prevenção e promoção de saúde e o conhecimento da epidemia de HIV/aids na perspectiva dos jovens universitários. Participaram da pesquisa 20 estudantes com idade entre 18 a 24 anos, divididos em dois grupos de 10 cada, sendo que o grupo 1 refere-se aos que foram convidados em espaços de circulação geral na universidade, enquanto o grupo 2 é composto por estudantes que procuraram o Polo de Prevenção de IST/AIDS. Evidenciou-se ao final da pesquisa que os jovens estudantes universitários apresentam dúvidas sobre fatores de risco, sendo também recorrente a confusão entre os conceitos de prevenção e proteção para infecção pelo HIV. Desse modo, foi constatado que o conhecimento dos jovens possui lacunas acerca do que é o HIV e a aids e, portanto, faz-se necessário que sejam realizadas constantemente ações de educação em saúde, assim como estratégias que viabilizem ações de prevenção para a infecção do vírus do HIV.
Abstract: Over the past five years, it has been possible to notice an upward curve of new HIV infections in young people. Such data demonstrate that prevention of Sexually Transmitted Infections (STIs), especially HIV, remains a challenge for health services, as well as for schools and universities. In face of this scenario, this study aimed at understanding risk factors and protection against HIV/AIDS infection, based on the knowledge of university students, to propose strategies consistent with the principles of the Promoting Health University. An exploratory qualitative study was carried out, addressing axes related to risk factors and HIV protection, strategies on prevention and health promotion, and knowledge on the HIV/AIDS epidemic from the perspective of young university students. Twenty students aged between 18 and 24 years old participated in the research and were divided into two groups of 10 people each. Group 1 refers to those who were invited in general circulation spaces at the university, while group 2 comprises students who sought for the IST/AIDS Prevention Pole. At the end of the survey, it was evident that young university students have doubts about risk factors, and confusion between the concepts of prevention and protection for HIV infection is also recurrent. Thus, it was observed that the knowledge of young people has gaps on what HIV and AIDS are, and therefore, it is necessary to constantly carry out health education actions, as well as strategies that enable prevention actions to HIV infection.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PCL - Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/40405/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.