Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/40370
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_StefanyValentimMendesdaSilva.pdf3,24 MBAdobe PDFView/Open
Title: Processo de inovação na gestão da Universidade de Brasília
Authors: Silva, Stefany Valentim Mendes da
Orientador(es):: Sousa, Jonilto Costa
Assunto:: Inovação
Gestão da inovação
Processo de inovação
Gestão universitária
Universidades e faculdades públicas
Issue Date: 28-Mar-2021
Citation: SILVA, Stefany Valentim Mendes da. Processo de inovação na gestão da Universidade de Brasília. 2020. 183 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão Pública)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Este estudo investiga o processo de inovação na gestão da Universidade de Brasília, por meio dos Decanatos. Considerando que, o processo de inovação necessita de um contexto favorável, tem-se por objetivo específico além de identificar o referido processo, descrever a estrutura organizacional, descrever as atribuições dos decanatos perante ao processo, identificar fatores facilitadores e dificultadores e apontar melhorias para o gerenciamento desse. Com base na revisão de literatura, compreendeu-se, primeiramente, o contexto universitário diante do histórico e da caracterização das universidades públicas brasileiras e da gestão universitária, em seguida, a inovação em que firma o conceito utilizado na pesquisa, relacionado à melhoria, logo tratou-se da gestão da inovação e do processo de inovação, em que se destaca o modelo genérico de Tidd, Bessant e Pavitt (2008) que fornece o entendimento base para a consecução da pesquisa. De natureza exploratória e descritiva, a pesquisa tem abordagem qualitativa e como estratégia o estudo de caso, e utilizou como técnicas a pesquisa bibliográfica, a pesquisa documental e a entrevista semiestruturada. Dessa forma, os resultados apresentam uma estrutura organizacional extensa, divisionalizada, com departamentalização funcional, cadeia de comando centralizada embora colegiada, processo decisório ligado à cadeia, mas que promove participação social, uma comunicação relacionada à formalização e uma recente configuração de ambiente de inovação. Já as atribuições dos decanatos refletem à diversidade de áreas da gestão universitária e amparam à inovação e seu respectivo processo. Identificado em cinco fases – inicial, de preparação, implementação, avaliação e resultado –, cujas atividades são mais sólidas na primeiras, o processo de inovação reflete à pluralidade do contexto universitário, pois se trata de um processo complexo e não linear, posto que precisa atender à diversidade de áreas e de inovações, caracteriza-se como processo social, dinâmico, interativo, fluído e ubíquo. Os fatores facilitadores e dificultadores do referido processo estão relacionados ao ambiente externo, aos aspectos organizacionais e aos aspectos contextuais, inferiu-se diante da análise desses que os fatores identificados não são absolutos, esses têm o potencial de se transformarem ao longo da trajetória organizacional. As inferências desses objetivos foram fundamentais para as proposições de melhorias, entre essas estão a inserção da fase ajuste e aprendizagem e de um setor voltado para as inovações internas da universidade. Conclui-se que o processo de inovação ocorre por meio das atividades agrupadas nas cinco fases ressaltadas, está engendrado na gestão universitária, logo, sofre influências da configuração da estrutura organizacional, das atribuições dos decanatos e dos determinantes contextuais, organizacionais e externos. Assim como, de forma inversa, o processo de inovação possui potencial de influenciar a organização, a respectiva gestão e a sociedade a qual está inserida, requerendo a atenção de gestores e de pesquisadores, com base nisso propõe-se uma agenda de ações e de pesquisa.
Abstract: This study investigates the process of innovation in the management of the University of Brasilia, through the Decanates. whereas the innovation process needs a favourable context, its specific objective is to identify the process, describe the organizational structure, describe the roles of the decanates in the process, identify facilitating and complicating factors and point out improvements to their management. Based on the literature review, it was understood, first, the university context before the historical and the characterization of Brazilian public universities and university management, then, the innovation in which firm the concept used in research, related to the improvement, it was then the management of innovation and the innovation process, in which the generic model of Tidd, Bessant and Pavitt (2008) stands out, which provides the basic understanding for carrying out the research. Dand exploratory and descriptive nature, the research has a qualitative approach and the case study as a strategy, and used bibliographic research, documentary research and semi-structured interviews as techniques. Thus, the results present an extensive, divisionalized organizational structure, with functional departmentalization, a centralized but collegiate chain of command, a decision process linked to the chain, but that promotes social participation, communication related to formalization and a recent configuration of the innovation environment. The assignments of the decanates reflect the diversity of areas of university management and support innovation and its respective process. Identified in five phases - initial, preparation, implementation, evaluation and result -, whose activities are more solid in the first, the innovation process reflects the plurality of the university context, as it is a complex and non-linear process, since it needs to meet the diversity of areas and innovations, it is characterized as a social, dynamic, interactive, fluid and ubiquitous process. The factors that facilitate and hinder this process are related to the external environment, organizational aspects and contextual aspects, it was inferred from the analysis of these that the identified factors are not absolute, they have the potential to change along the organizational trajectory. The inferences of these objectives were fundamental for the proposals for improvements, among which are the insertion of the adjustment and learning phase and a sector focused on the internal innovations of the university. It is concluded that the innovation process occurs through the activities grouped in the five highlighted phases, it is engendered in university management, therefore, it suffers influences from the configuration of the organizational structure, from the assignments of the deans and from the contextual, organizational and external determinants. Just as, conversely, the innovation process has the potential to influence the organization, the respective management and the society to which it belongs, requiring the attention of managers and researchers, based on this it proposes an agenda of actions and search.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Planaltina, Programa de Pós-Graduação em Gestão Pública, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FUP - Mestrado Profissional em Gestão Pública

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/40370/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.