Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/40257
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_WilliamGualbertoGonçalvesdeSouza.pdf1,68 MBAdobe PDFView/Open
Title: Relacionamento amoroso e socioeducação : uma análise a partir da experiência de inserção ecológica com estudo de casos múltiplos
Authors: Souza, William Gualberto Gonçalves de
metadata.dc.contributor.email: william.psi.88@gmail.com
Orientador(es):: Murta, Sheila Giardini
Coorientador(es):: Santos, Silvia Renata Magalhães Lordello Borba
Assunto:: Relacionamentos amorosos
Adolescência
Atos ilícitos
Socioeducação
Medidas socioeducativas de internação
Issue Date: 18-Mar-2021
Citation: SOUZA, William Gualberto Gonçalves de. Relacionamento amoroso e socioeducação: uma análise a partir da experiência de inserção ecológica com estudo de casos múltiplos. 2020. 156 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clinica e Cultura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: A compreensão a respeito dos fatores de risco que condicionam o envolvimento com atos infracionais demonstra ser um importante passo tanto no desenvolvimento de ações preventivas, como também na estruturação de programas de atendimento ao adolescente que cometeu um ato infracional. Os relacionamentos amorosos têm sido descritos com um fator de risco, em especial, para o envolvimento feminino com atos infracionais. Por tal motivo, a presente dissertação buscou analisar os impactos do relacionamento amoroso na trajetória de vida e no cumprimento da medida socioeducativa de internação de adolescentes do sexo feminino. Para o cumprimento deste objetivo realizou-se revisão narrativa da literatura científica e pesquisa empírica. A pesquisa empírica foi conduzida em uma unidade de internação mista. Os dados foram estruturados por uma metodologia qualitativa composta por dois métodos: estudo de caso múltiplos e inserção ecológica. Os dados coletados foram analisados por meio da análise temática. O capítulo 1 consiste em uma revisão narrativa da literatura científica e aborda os fatores do relacionamento amoroso que condicionam risco ou proteção ao envolvimento com atos infracionais bem como o impacto do relacionamento amoroso no cumprimento de medida socioeducativa. Os estudos científicos apontaram que o público feminino estaria mais vulnerável a vivenciar experiências no namoro que ocasionam risco para envolvimento com atos infracionais. Além disso, houve mais registros de que seria o público masculino quem teria mais benefícios do relacionamento amoroso sobre o cumprimento de medida socioeducativa. O capítulo 2 teve por objetivo analisar aspectos de vida e do relacionamento amoroso de adolescentes em medida socioeducativa de internação que foram apreendidas com seus parceiros, a fim de compreender mecanismos que ocasionariam risco. Os dados da pesquisa foram provenientes de entrevistas narrativas realizadas com 3 adolescentes, indicadores da inserção ecológica foram utilizados para validação das interpretações a respeito das entrevistas. A lente interpretativa foi a Teoria do Apego. Observou-se que a fuga do lar foi um evento central para o envolvimento das adolescentes com atos infracionais, sendo que o relacionamento amoroso figurou como motivador ou mantenedor da distância do lar. Subjacente a esse fenômeno, foi possível observar que a história de vida das adolescentes já carregava eventos com potencial de fragilizar os vínculos familiares, sem que tivessem recebido atenção de aparelhos e serviços estatais para essa demanda. O capítulo 3 foca em compreender como se manifesta a violência em relacionamentos amorosos de adolescentes que estão em cumprimento de medida socioeducativa de internação. Os dados empíricos foram provenientes da realização de inserção ecológica. A inserção ecológica é um método de pesquisa e intervenção com enfoque no desenvolvimento humano sistêmico e contextual a partir da imersão no contexto. Para sua consecução o pesquisador passou cerca de 100h no campo de pesquisa, divididas em 32 visitas, as quais cobriram cerca de 4 meses. Houve o contato sistemático com 25 pessoas (14 adolescentes e 11 servidoras) durante a pesquisa. A lente interpretativa foi a Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano. Os dados apontaram que a violência cumpre com várias funções no relacionamento e afeta o desenvolvimento de competências psicossociais. A unidade não dispunha de intervenção sistemática que abordasse prevenção à violência no namoro, apesar de relacionamentos amorosos aparecerem como um componente do projeto de vida das adolescentes. Novos estudos podem se dedicar a analisar mecanismos que facilitam a transição para relações amorosas não violentas. Além disso, avalia-se por pertinente aprofundar o conhecimento sobre o impacto de produtos culturais sobre as expectativas frente ao relacionamento amoroso de adolescentes do sexo feminino que se envolveram com atos infracionais. Por fim, compreende-se que: a prevenção de atos infracionais deve ser promovida pela garantia de direitos e de vida digna; e que as relações de gênero precisam constar como tema transversal dentro da política pública de socioeducação.
Abstract: The comprehension about the risk factors that conditionate the involvement with infractional acts demonstrates to be an important step in the development of preventive actions, as well in the structuration of programs of care to the adolescent that committed an infractional act. The amorous relationships have been described as a risk factor, especially, for the feminine involvement with infractional acts. For this reason, the present dissertation sought to analyze the impacts of the amorous relationship on the life trajectory and on the compliance of the confinement in a socio-educational facility of female adolescents. To achieve this objective, a narrative revision of the scientific literature and empirical research was carried out. The empirical research was conducted in a mixed internment unity. The data were structured by a qualitative methodology composed of two methods: multiples case study and ecological insertion. The collected data were analyzed through thematic analysis. Chapter 1 consists of a narrative revision of scientific literature and a.roaches the factors of the amorous relationship that condition risk or protection to the involvement with infractional acts, and the impact of the amorous relationship in the compliance of socio-educational measure. The scientific studies pointed out that the feminine public would be more vulnerable to experiences in dating that cause risk for the involvement with infractional acts. Moreover, there were more records that it would be the male public who would benefit most from the amorous relationship over the compliance of socio-educational measure. Chapter 2 aimed to analyze life and amorous relationship aspects of teenagers in socio-educative measures of internment that were a.rehended with their partners in order to comprehend the mechanisms that would cause risk. The research data came from narrative interviews carried out with 3 adolescents, ecological insertion indicators were used to validate the interpretations regarding the interviews. The interpretive lens was the Attachment Theory. It was observed that the escape from home was a central event for the involvement of adolescents with infractional acts, being that the amorous relationship figured as a motivator or maintainer of the distance from home. Underlying this phenomenon, it was possible to observe that the life story of these adolescents already carried events with the potential to undermine the family bonds, without them having received attention from state a.aratus and services for this demand. Chapter 3 aims to comprehend how is manifested the violence in amorous relationships of adolescents who comply with social-educational internment measure. The empirical data came from ecological insertion. The ecological insertion is a research and intervention method focused on systemic human and contextual development from the immersion in the context. To its consecution the researcher spent about 100 hours in the research field, divided into 32 visits, which covered about 4 months. There was systematic contact with 25 people (14 adolescents and 11 servants), during the research. The interpretive lens was the Bioecological Theory of Human Development. The data pointed out that violence fulfills several functions in the relationship and affects the development of psychosocial skills. The unity did not have an intervention that a.roached prevention to violence in dating, although amorous relationships a.ear as a component to the project of life of the adolescents. New studies can be devoted to analyzing mechanisms that facilitate the transition to non-violent amorous relationships. Moreover, it is considered pertinent to deepen the knowledge about the impact of cultural products on the expectations regarding the amorous relationship of female adolescents who have been involved in infractional acts. Lastly, it is understood that: the prevention of infractions must be promoted by guaranteeing rights and a dignified life; gender relations need to be a transversal theme within the public policy of socio- education.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PCL - Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/40257/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.