Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39932
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EVENTO_EscolaPublicaUniversidade.pdf1,43 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorNogueira, Danielle Xabregas Pamplona-
dc.contributor.authorFaria, Natalia Rodrigues-
dc.contributor.authorSouza, Kharolinne Miguel de-
dc.contributor.authorSilva, Bárbara Beatriz da-
dc.date.accessioned2021-01-20T13:46:43Z-
dc.date.available2021-01-20T13:46:43Z-
dc.date.issued2020-
dc.identifier.citationNOGUEIRA, Danielle Xabregas Pamplona et al. Da escola pública à universidade pública: o caminho de democratização do acesso à Universidade de Brasília. In: CONFERÊNCIA FORGES, 9., 2019, Brasília. Anais [...]. Brasília: Editora IFB, 2020. p. 568-577. Disponível em: https://www.aforges.org/wp-content/uploads/2020/05/livro_atas_9conferenciaforges.pdf. Acesso em: 20 jan. 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unb.br/handle/10482/39932-
dc.description.abstractO presente estudo versa sobre o acesso à educação superior, mais especificamente à Universidade de Brasília (UnB). Parte do contexto de expansão da educação superior no Brasil, sobretudo quando da implementação de políticas de democratização, dentre as quais se destaca, nesse estudo, a Lei das Cotas (Lei n. 12.711/2012). Considerando as modalidades de ingresso à UnB, o estudo objetiva analisar a participação de estudantes oriundos de escolas públicas nos Vestibulares de 2013 a 2019. As análises foram feitas por tipo de ingresso, o número de inscritos, a demanda por vaga e a procura por cursos. Os dados demonstraram que os inscritos pelo Sistema de cotas de escola pública cresceram de 27% para 43% dos vestibulandos, no período analisado. Em 2019, o Sistema universal tem maior demanda por vaga (15,94) seguido do Sistema de cotas de escola pública (10,92) e Sistema de Cotas Raciais (8,88). Quanto aos cursos, dos dez com maior demanda por vaga, cinco são comuns a todos os sistemas de ingresso: Medicina, Psicologia, Direito, Medicina veterinária e Odontologia. Além desses, destacam-se no Sistema de Cotas Sociais os cursos de Nutrição e Enfermagem. Concluiu-se que os estudantes oriundos de escola pública têm significativa participação no ingresso à UnB, tanto pelo número de vagas quanto pelo número de inscritos, o que tem reforçado a mudança do perfil do estudante da universidade, a partir da Lei das Cotas. Além disso, concluiu-se que as expectativas de cursos desses estudantes convergem para os demais sistemas, ao mesmo tempo em que priorizam a área de Saúde. Por fim, a participação dos estudantes oriundos de escola pública no Vestibular UnB evidencia a efetivação da Lei das Cotas e a democratização do acesso à universidade.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherEditora IFBpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleDa escola pública à universidade pública : o caminho de democratização do acesso à Universidade de Brasíliapt_BR
dc.typeTrabalhopt_BR
dc.subject.keywordEnsino superiorpt_BR
dc.subject.keywordDemocratização da educaçãopt_BR
dc.subject.keywordSistemas de cotaspt_BR
dc.subject.keywordUniversidade de Brasíliapt_BR
dc.rights.license(CC BY NC SA) - A exatidão das informações, as opiniões e os conceitos emitidos nos capítulos são de exclusiva responsabilidade dos autores. Todos os direitos desta edição são reservados à Editora IFB. É permitida a publicação parcial e total desta obra, desde que citada a fonte. É proibida a venda desta publicação.pt_BR
dc.description.abstract1This study deals with access to higher education, more specifically the University of Brasilia (UnB). Part of the expansion higher education context in Brazil, especially when implementing democratization policies, among which, in this study, the Law of Quotas (Law No. 12.711 / 2012) stands out. Considering the modalities of admission to UnB, the study aims to analyze the participation of students from public schools in the entrance exams from 2013 to 2019. The analyzes were made by type of admission, the number of enrolled, the demand for vacancy and the demand for courses. The data showed that those enrolled by the public school quota system grew from 27% to 43% of college entrance exams in the period analyzed. In 2019, the Universal System has the highest vacancy demand (15.94) followed by the Public School Quota System (10.92) and Racial Quota System (8.88). As for the courses, of the ten with the most demand for vacancy, five are common to all admission systems: Medicine, Psychology, Law, Veterinary Medicine and Dentistry. In addition to these, the Social Quota System stands out for the Nutrition and Nursing courses. It was concluded that students from public schools have significant participation in UnB admission, both by the number of places and by the number of enrolled, which has reinforced the change in the student profile of the university, based on the Quota Law. In addition, it was concluded that the expectations of these students' courses converge to the other systems, while prioritizing the Health area. Finally, the participation of students from public schools in the UnB Vestibular evidences the implementation of the Law of Quotas and the democratization of university access.pt_BR
Appears in Collections:PAD - Trabalhos apresentados em eventos

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39932/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.