Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39708
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_OrganizacaoInformacaoInterface.pdf566,15 kBAdobe PDFView/Open
Title: A organização da informação na interface de website a partir de arranjos facetados
Authors: Silva, Márcio Bezerra da
Miranda, Zeny Duarte de
Assunto:: Organização da informação
Organização do conhecimento
Teoria da classificação facetada
Categorias fundamentais
Facetas
Issue Date: Aug-2020
Publisher: International Journal of Development Research
Citation: SILVA, Márcio Bezerra da; MIRANDA, Zeny Duarte. A organização da informação na interface de website a partir de arranjos facetados. International Journal of Development Research, v. 10, n. 08, p. 39131-39137, ago 2020. DOI: https://doi.org/10.37118/ijdr.19331.08.2020. Disponível em: http://www.journalijdr.com/organiza%C3%A7%C3%A3o-da-informa%C3%A7%C3%A3o-na-interface-de-website-partir-de-arranjos-facetados. Acesso em: 09 dez. 2020.
Abstract: Analisa a interface de um ambiente de e-commercesegundo o arranjo de facetas na organização da informação. Baseia-se na Organização do Conhecimento, especificamente na Teoria da Classificação Facetada do indiano Ranganathan. Adota uma metodologia caracterizada como descritiva, bibliográfica e qualitativa, a partir da coleta de dados no website wine.com, citado na literatura como um referencial na adoção de facetas na web. Apresenta, a partir de cânones de renques e de cadeias de classes, os seguintes resultados: o website possui um design de interface desenhado pela integração entre um menu navegacional (categorias fundamentais) e um serviço de busca; possui uma espécie de taxonomia navegacional conforme uma sequência útil particular; as facetas estão organizadas pelos cânones da exaustividade e da exclusividade de renques, em até duas rodadas, e pelo cânone da extensão decrescente de cadeias, em até três níveis. Conclui-se que a adoção de facetas permite que um mesmo objeto tenha interpretações diferentes em um menu navegacional, formalizam a multidimensionalidade idealizada por Ranganathan a partir de mnemônicas personalizadas, orientam na construção de taxonomias e fortalecem a inferência de que os websites assumiram a facetação como um caminho para organizar a informação segundo estruturas de navegação e busca integradas.
Licença:: Copyright © 2020, Da Silva, Márcio Bezerra and Miranda, Zeny Duarte. This is an open access article distributed under the Creative Commons Attribution License, which permits unrestricted use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.
DOI: https://doi.org/10.37118/ijdr.19331.08.2020
Appears in Collections:FCI - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39708/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.