Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39601
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_LuanaMariaMagalhãesdeSouzaBrandão.pdf1,31 MBAdobe PDFView/Open
Title: Síntese de nanopartículas de carbono funcionalizadas com cobre e óleo essencial de cravo-da-índia (Syzygium aromaticum L) e seus efeitos antimicrobianos
Authors: Brandão, Luana Maria Magalhães de Souza
Orientador(es):: Rodrigues, Marcelo Oliveira
Assunto:: Concentração Inibitória Mínima (CIM)
Atividade antibacteriana
Resistência antimicrobiana
Nanopartículas de carbono
Issue Date: 29-Oct-2020
Citation: BRANDÃO, Luana Maria Magalhães de Souza. Síntese de nanopartículas de carbono (carbon-dots) funcionalizadas com cobre e com óleo essencial de cravo-da-índia (syzygium aromaticum l) e seus efeitos antimicrobianos. 2020. v, 50 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciência de Materiais)–Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Os C-dots são nanopartículas a base de carbono e entre diversas aplicações, estes possuem atividade antimicrobiana. Atualmente, as infecções bacterianas representam um grande desafio para a saúde, com o aumento da resistência bacteriana aos agentes antimicrobianos e nesse contexto os C-dots tornam-se excelentes candidatos como novos possíveis antimicrobianos. O objetivo desse trabalho foi realizar a síntese de nanopartículas de carbono (C-dots) funcionalizadas com cobre (Cu-NP) e com óleo essencial de cravo-da-índia (Syzygium aromaticum L) (OECr-NP), caracterizar quimicamente essas nanopartículas e testar seus efeitos antimicrobianos. A caracterização química das nanopartículas foi realizada através da determinação do potencial zeta, espectroscopia de fluorescência e FTIR. A avaliação da atividade antimicrobiana das nanopartículas foi realizada através da determinação da Concentração Inibitória Mínima (CIM) desses compostos em relação as bactérias Staphylococcus aureus ATCC 25923 e Escherichia coli ATCC 25922. O potencial zeta das nanopartículas medido em pH 5,8 foi de -16,0, -16,9 e - 18,0 mV. A carga negativa na superfície das nanopartículas as torna solúveis em meio aquoso e previne a agregação por repulsão eletroestática. Além disso, prevê a eficácia de internalização celular, visto que nanopartículas com grupos funcionais de superfície carregados favorecem interações eletrostáticas com as membranas celulares. Os espectros de fluorescência obtidos para C-dots e CuNP mostrou maior pico de emissão dentro do comprimento da luz azul. A presença de grupos funcionais foi avaliada por meio de FTIR e os principais grupos encontrados correspondem aos esperados nas nanopartículas de carbono, indicando a presença de C, H, O e N. Para as OECr-NP os valores de CIM foram de 1,019 a 1,168 mg/mL para S. aureus e 0,967 a 0,989 mg/mL para E. coli. Já para as Cu-NP, os valores de CIM foram de 1,121 a 1,124 mg/mL para S. aureus e de 0,987 a 1,019 mg/mL para E. coli, monstrando que as nanopartículas apresentaram atividade antimicrobiana moderada. Conclusão: Os resultados deste estudo demonstraram a possibilidade de utilização das nanopartículas de carbono associadas ao cobre e ao óleo essencial de cravo como agentes antimicrobianos.
Abstract: C-dots are carbon-based nanoparticles and among several applications, they have antimicrobial activity. Currently, bacterial infections represent a major health challenge, with increased bacterial resistance to antimicrobial agents and in this context C-dots become excellent candidates as new possible antimicrobials. The objective of this work was to perform the synthesis of carbon nanoparticles (C-dots) functionalized with copper (Cu-NP) and with essential oil of clove (Syzygium aromaticum L) (OECr-NP), chemically characterize these nanoparticles and test its antimicrobial effects. The chemical characterization of the nanoparticles was carried out by determining the zeta potential, fluorescence spectroscopy and FTIR. The evaluation of the antimicrobial activity of the nanoparticles was performed by determining the Minimum Inhibitory Concentration (MIC) of these compounds in relation to the bacteria Staphylococcus aureus ATCC 25923 and Escherichia coli ATCC 25922.The zeta potential of the nanoparticles measured at pH 5.8 was -16.0, -16.9 and - 18.0 Mv. The negative charge on the surface of the nanoparticles makes them soluble in an aqueous medium and prevents aggregation by electrostatic repulsion. In addition, it predicts the effectiveness of cell internalization, since nanoparticles with charged surface functional groups favor electrostatic interactions with cell membranes. The fluorescence spectra obtained for C-dots and Cu-NP showed the highest emission peak within the length of the blue light. The presence of functional groups was assessed using FTIR and the main groups found correspond to those expected in carbon nanoparticles, indicating the presence of C, H, O and N. For OECr-NP the MIC values were 1.019 to 1.168 mg/mL for S. aureus and 0.967 to 0.989 mg/mL for E. coli. For Cu-NP, MIC values ranged from 1.121 to 1.124 mg/mL for S. aureus and 0.987 to 1.019 mg/mL for E. coli, showing that the nanoparticles showed moderate antimicrobial activity.The results of this study demonstrated the possibility of using carbon nanoparticles associated with copper and clove essential oil as antimicrobial agents.
Description: Dissertação (mestrado)–Universidade de Brasília, Faculdade UnB de Planaltina, Programa de Pós-Graduação em Ciência de Materiais, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:FUP - Mestrado em Ciência de Materiais

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39601/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.