Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39523
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_ClaudimaryPiresdeOliveira.pdf5,18 MBAdobe PDFView/Open
Title: Reorganização do trabalho pedagógico no Ensino Médio do DF : relação tempo-espaço escolar na semestralidade
Authors: Oliveira, Claudimary Pires de
metadata.dc.contributor.email: claudimarypo@gmail.com
Orientador(es):: Silva, Edileuza Fernandes
Assunto:: Ensino médio - Distrito Federal (Brasil)
Trabalho pedagógico
Escolas públicas - Distrito Federal (Brasil)
Estudantes - formação
Issue Date: 7-Oct-2020
Citation: OLIVEIRA, Claudimary Pires de. Reorganização do trabalho pedagógico no Ensino Médio do DF: relação tempo-espaço escolar na semestralidade. 2020. 236 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: As discussões sobre o Ensino Médio no Brasil sempre estiveram atreladas às demandas sociais de enfrentamento das desigualdades geradas no sistema educacional, acentuadas nessa etapa de ensino devido a sua histórica dualidade, de preparação para o trabalho ou de continuidade dos estudos na Educação Superior. Nesse sentido, debater a forma como a escola organiza o seu trabalho pedagógico torna-se relevante, considerando os determinantes sociais, políticos e econômicos de cada época sobre esse trabalho. Tendo como referência a perspectiva crítico-dialética, esta pesquisa teve como questão orientadora: em que medida a reorganização do trabalho pedagógico na semestralidade repercute em outra relação tempo-espaço de formação dos estudantes? O objetivo geral foi analisar a reorganização do trabalho pedagógico semestral em uma escola pública de Ensino Médio do DF, e as repercussões na relação tempo-espaço de formação dos estudantes. Foi adotada a abordagem qualitativa de pesquisa, com base nos pressupostos do materialismo histórico-dialético (MARX, 2004), primando pela unicidade teoria-prática (VASQUÉZ, 1977), e pela compreensão da realidade por meio do estudo de caso do tipo descritivo (YIN, 2015). A pesquisa empírica foi realizada em uma unidade escolar vinculada à Coordenação Regional de Ensino de Ceilândia, que aderiu à semestralidade desde sua implantação no DF, no ano de 2013. Para levantamento dos dados foram utilizados: análise de documentos norteadores da SEEDF, legislação vigente, projeto político-pedagógico da unidade escolar e proposta do novo Ensino Médio atrelada à BNCC; observação de 12 horas de reuniões de coordenação pedagógica e de 50 horas de aulas de professores dos componentes Matemática, Língua Portuguesa, Biologia e Sociologia e que participaram da entrevista narrativa; questionários com questões abertas e fechadas aplicados à vice-diretora e a dois coordenadores pedagógicos; e grupo focal realizado com treze estudantes, sete do 2° ano e seis do 3°. O referencial teórico tem como base as ideias de André (2008), Bernstein (1996), Cury (1985), Silva (2009, 2011), Freitas (1995), Gamboa (2007), Kuenzer (2000), Nosella (2016), Puentes et al. (2012), Saviani (1999; 2015), Tardif e Lessard (2014), Veiga (2008) e Weller e Silva (2018). As narrativas produzidas nas entrevistas foram sistematizadas em núcleos de significação (AGUIAR; OZELLA, 2013), que oportunizaram a aproximação dos significados e sentidos constituídos pelos sujeitos da pesquisa acerca da relação tempo-espaço de formação dos estudantes na semestralidade. A análise dos documentos e dos dados das observações e questionários foram triangulados com as narrativas, em um movimento de articulação teoria-empiria que possibilitou aproximação com a realidade da escola pesquisada, uma totalidade inserida em outra totalidade – a rede pública de ensino do Distrito Federal. Nesse processo analítico de mediação e abstração, foi possível apreender as contradições na reorganização do trabalho pedagógico na semestralidade e no movimento instituinte de gestores, professores e estudantes na ressignificação da relação tempo-espaço escolar e da sala aula. Os resultados da pesquisa revelaram desafios a serem superados em meio a movimentos de resistência e/ou dificuldades em romper com as concepções e práticas arraigadas na cultura escolar, mas também tentativas de renovação na organização do trabalho pedagógico com vistas a qualificar as dimensões temporais e espaciais da escola e da aula no Ensino Médio.
Abstract: Discussions about Secondary Education in Brazil have always been linked to the social demands to face inequalities generated in the educational system, accentuated in this stage of teaching, due to its historical duality, preparation for work, or continuity of studies in higher education. In this sense, debating how the school organizes its pedagogical work becomes relevant, considering the social, political, and economic determinants of each era in this work. Taking the critical-dialectic perspective as a reference, this research had as a guiding question: to what extent the reorganization of pedagogical work in the semester affects the other time-space relationship of students' training? The general objective was analyzing the reorganization of biannual pedagogical work in a public high school in DF, and the repercussions on the time-space relationship of students' training. The qualitative research approach was adopted based on the assumptions of historical-dialectical materialism (MARX, 2004), emphasizing the unity of theory and practice (VASQUÉZ, 1977) and the comprehension of reality through a descriptive case study (YIN, 2015). The empirical research was carried out in a school unit linked to the Regional Teaching Coordination of Ceilândia, which has adhered to the biannual system since its implantation in DF, in 2013. For data collection were used: analysis of SEEDF guiding documents, legislation current, a political-pedagogical project of the school unit and proposal for the new high school linked to the BNCC; observation of 12 hours of pedagogical coordination meetings and 50 hours of classes by teachers of the Mathematics, Portuguese Language, Biology and Sociology components and who participated in the narrative interview; questionnaires with open and closed questions applied to the vice school principal and two pedagogical coordinators; and a focused group with thirteen students, seven from the second year and six from the third one. Theoretical framework is based on the ideas by André (2008), Bernstein (1996), Cury (1985), Silva (2009, 2011), Freitas (1995), Gamboa (2007), Kuenzer (2000), Nosella (2016), Puentes & colleagues (2012), Saviani (1999; 2015), Tardif e Lessard (2014), Veiga (2008) and Weller e Silva (2018). The narratives produced in the interviews were systematized into meaning cores (AGUIAR; OZELLA, 2013), which made possible to approach the meanings and senses constituted by the research subjects about the time-space relationship of students' training in the semester. The analysis of the documents and data from the observations and questionnaires were triangulated with the narratives, in an articulation movement between theory and empire, which made it possible to approach the reality of the researched school, a totality inserted in another one - the public school system of the Federal District. In this analytical, mediation, and abstraction process, apprehend the contradictions in reorganization of pedagogical work in the biannual system and in the instituting movement of managers, teachers, and students in the redefinition of the school time-space relationship and the classroom were possible. The research results revealed challenges to be overcome during resistance movements and/or difficulties in breaking with the ingrained conceptions and practices in school culture, but also attempts at renewing the organization of pedagogical work to qualify the temporal and spatial dimensions school and high school class.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39523/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.