Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39493
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_VivianedosSantosBrochardt.pdf3,86 MBAdobe PDFView/Open
Title: Direito à informação sobre agrotóxicos
Authors: Brochardt, Viviane dos Santos
metadata.dc.contributor.email: vi.dt@hotmail.com
Orientador(es):: Paulino, Fernando Oliveira
Assunto:: Direito à Informação
Acesso à Informação
Alimentos - contaminação
Agrotóxicos
Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA)
Issue Date: 1-Oct-2020
Citation: BROCHARDT, Viviane dos Santos. Direito à informação sobre agrotóxicos. 2020. 236 f., il. Tese (Doutorado em Comunicação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Esta tese “Direito à Informação sobre Agrotóxicos” analisa e relaciona o direito à informação sobre a presença de agrotóxicos nos alimentos e os riscos associados à ingestão de comidas contaminadas por meio das narrativas relacionadas a tais produtos químicos. Para isso, pesquisamos o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA) e a repercussão da divulgação de suas sete edições na mídia, tomando como referência a versão digital dos jornais Folha de São Paulo e O Estado de São Paulo, de 2008 a 2019. Para esta análise, empregamos os fundamentos da Hermenêutica de Profundidade (HP) e, após a análise sócio-histórica, análise formal ou discursiva e interpretação/reinterpretação, concluímos, entre outros aspectos, que o direito do cidadão à informação sobre agrotóxicos está mais presente nas narrativas institucionais e jornalísticas quando o cidadão está na condição de consumidor e ainda que, nos textos analisados sobre o PARA, os veículos de comunicação reproduziram a abordagem da Anvisa e, dessa forma, contribuíram indiretamente para replicar a narrativa da Agência. Identificamos o PARA como um importante elucidador de uma parte da realidade sobre o uso de agrotóxicos para a produção de alimentos no país e um dos poucos instrumentos de levantamento de dados sobre o tema cujos resultados estão disponíveis para o cidadão. O Programa também se configura como um catalizador das diversas posições sobre o tema agrotóxicos. A partir dos resultados e conclusões, a tese apresenta um conjunto de sugestões baseadas na necessidade de a Anvisa coletar dados e produzir informação sobre o tema de maneira regular e atualizada.
Abstract: This dissertation "Right to Information on Pesticides" analyzes and relates the right to information on the presence of pesticides in food and the risks associated with eating contaminated food through narratives related to such chemicals. For this, we researched the Program for Analysis of Pesticide Residues in Food (PARA) and the repercussions of the dissemination of its seven editions in the media, taking as reference the digital version of the newspapers Folha de São Paulo and O Estado de São Paulo, 2008 to 2019. For this analysis, we used the fundamentals of Depth Hermeneutics (HP) and, after the socio-historical analysis, formal or discursive analysis and interpretation / reinterpretation, we concluded, among other aspects, that the citizen's right to information on pesticides is more present in institutional and journalistic narratives when citizens are consumers and even though, in the texts analyzed about PARA, the media reproduced Anvisa's approach and, thus, indirectly contributed to replicate the Agency's narrative. We identified PARA as an important elucidator of part of the reality about the use of pesticides for food production in the country and one of the few data collection instruments on the subject from which results are available to the citizens. The Program is also a catalyst for the different positions on the pesticide theme. Based on the results and conclusions, the dissertation presents a set of suggestions based on the need for Anvisa to collect data and produce information on the topic in a regular and updated manner.
Description: Tese (doutorado)—Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Faculdade de Comunicação, Universidade de Brasília, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:FAC - Doutorado em Comunicação (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39493/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.