Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39486
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_VanessaDanieledeMoraes.pdf71,49 MBAdobe PDFView/Open
Title: Francisco Toledo e outras histórias da merda : mitos, cadernos, imagens
Authors: Moraes, Vanessa Daniele de
metadata.dc.contributor.email: quantasvanessas@gmail.com
Orientador(es):: Silva, Gustavo de Castro e
Assunto:: Toledo, Francisco, 1940-2019 - crítica e interpretação
Arte - estética
Cuadernos de la mierda
Estética contemporânea
Issue Date: 29-Sep-2020
Citation: MORAES, Vanessa Daniele de. Francisco Toledo e outras histórias da merda: mitos, cadernos, imagens. 2020. 212 f., il. Tese (Doutorado em Comunicação) — Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Com o objetivo de pesquisar os quinze Cuadernos de la mierda do artista mexicano Francisco Toledo (1940-2019), produzidos entre 1985 a 1987, evidencia-se o percurso estético e de análise do artista em seu país. Tal caminho foi transcrito de maneira que unisse etnografia e artes plásticas com as contribuições dos comentadores de sua obra. O método utilizado foi o descritivo e analítico, com base nos aportes de Michael Baxandall (2006), Italo Calvino (1994) e Octavio Paz (1997; 1999); agregando o pensamento complexo de Edgar Morin (1996; 2007) para a organização dos fragmentos e capítulos. Foi utilizado o livro Una vieja historia de la mierda (2009), de Alfredo López Austin e Francisco Toledo para uma reflexão sobre os mitos da merda na Mesoamérica no período pré-colonial. As contribuições de Elias (1994), Laporte (1998) e Bakhtin (1987) apontaram para um processo civilizatório que incutiu costumes e impôs padrões sociais. Antigos hábitos se extinguiram em decorrência das regras de etiqueta que vieram substituí-los. Perderam-se velhas histórias da merda; vieram outras. Das 1414 imagens dos Cuadernos de la mierda, sessenta foram apresentadas e seis delas, analisadas. A análise contou com o referencial teórico de Belting (2014), Didi-Huberman (2010), Bachelard (1988; 1996; 2001 e 2017), entre outros comentadores mexicanos, como Molina P. (2017); Blanco (2016) e Abelleyra (2001). O estudo das imagens buscou um aprofundamento nas descrições, nas técnicas, nos materiais utilizados e nas cores dos desenhos. Os cadernos estudados aqui trazem significações que vão desde a intimidade, a proximidade, o rascunho, a companhia e fazem parte dos processos criativos de muitos artistas. Concluímos que os cadernos podem ser o embrião de uma grande obra, mas também obras com um fim em si mesmas. Os Cuadernos de la mierda ainda não foram analisados academicamente pois o acesso a eles exige grande burocracia e ainda não há fortuna crítica sobre esse material, de modo que a apresentação de uma pequena parte dos desenhos de Francisco Toledo poderá agregar grande valor aos estudos acadêmicos na área das Ciências Humanas e Artes no Brasil.
Abstract: Aiming to explore all the fifteen Cuadernos de la Mierda (Notebooks on Shit, in free translation) by Mexican artist Francisco Toledo (1940-2019), made between 1985 until 1987, an aesthetic and analytical path about the artist in his country is evidenced. That path is transcribed in a way that merges both ethnography and plastic arts along with the contributions from his commentators. The implemented method here used is both descriptive and analytical, based upon contributions from Michael Baxandall (2006), Italo Calvino (1994) and Octavio Paz (1997; 1999); adding up with complex thought perspective from Edgar Morin (1996; 2007) for organising art pieces and this dissertation’s chapters. The book Una vieja historia de la mierda (2009) (An Old Story on Shit, in free translation), by Alfredo López Austin and Francisco Toledo, was used for a reflection upon pre-colonial Mesoamerican myths on shit. Elias (1994), Laporte (1998) and Bakhtin (1987)’s contributions point toward a civilising process that instilled costumes and imposed social patterns. Old habits became extinct due to the etiquette rules that came over to replace them. Old stories on shit were lost; other ones came upon. From the 1414 images found on Cuadernos de la Mierda, only sixty are shown and 6 of them are analysed. This analysis is theoretically informed by Belting (2014), Didi-Huberman (2010), Bachelard (1988; 1996; 2001 and 2017), among other Mexican commentators such as Molina P. (2017); Blanco (2016) and Abelleyra (2001). Studying these images seeks to deepen into descriptions, techniques, used materials and colours on the drawings. These notebooks here studied bring meanings from intimacy, proximity, the sketch process and companionship, and they are part of the creative process of many artists. I conclude that these notebooks may be the embryo of a greater work of art, but also a work of art as an end itself. Cuadernos de la Mierda have not been academically analysed given that access to them demand a great deal of bureaucracy, and there is still no critical fortune on this material, so that the presentation of a small portion of Francisco Toledo’s drawings may add value to the scholarly studies in the fields of Human Sciences and the Arts in Brazil.
Description: Tese (doutorado) — Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Faculdade de Comunicação, Universidade de Brasília, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:FAC - Doutorado em Comunicação (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39486/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.