Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39484
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_SabrinaMendesPereira.pdf1,32 MBAdobe PDFView/Open
Title: Características químicas, físicas e microbiológicas de solos em sistemas agroflorestais em diferentes estágios sucessionais
Authors: Pereira, Sabrina Mendes
Orientador(es):: Jacobson, Tamiel Khan Baiocchi
Coorientador(es):: Gomide, Caroline Siqueira
Assunto:: Agroecologia
Policultivo
Manejo - técnicas
Ciclagem de nutrientes
Serviços ecossistêmicos
Issue Date: 29-Sep-2020
Citation: PEREIRA. Sabrina Mendes. Características químicas, físicas e microbiológicas de solos em sistemas agroflorestais em diferentes estágios sucessionais. 2020. 53 f., il. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural)—Universidade de Brasília, Planaltina, 2020.
Abstract: O desenvolvimento de sistemas de produção de baixo impacto, que atuem próximos a dinâmica da natureza se faz necessário. Assim, os sistemas agroflorestais (SAF’s) são uma alternativa de sistema de produção que aliam conservação e produção de alimentos. No entanto, a dinâmica de manejo de sistemas agroflorestais e sua influência nas características edáficas ainda são pouco conhecidas. Neste sentido, esta pesquisa teve como objetivo avaliar características químicas, físicas e microbiológicas de solos de SAF’s em três estágios sucessionais (2, 4 e 7 anos) e em uma área controle (pastagem), localizadas no Sítio Raiz, Brasília-DF. Foram realizadas coletas de solo (uma amostragem composta (n=4) em 0-20 cm, e uma simples indeformada, em abril e setembro de 2019, e uma amostra simples indeformada, em setembro de 2019). Foi realizada descrição do histórico da área através de entrevista com o agricultor proprietário e levantamento das espécies vegetais presentes nos SAFs no momento da coleta. Realizou-se análises químicas (pH, MO, C, N, C:N, P, K, Ca, Mg e Al), físicas (granulometria e a estrutura dos agregados) e microbiológicas (glomalina facilmente extraível, determinação da presença microrganismos de solo). Os dados foram analisados através análises de cluster e análise dos componentes principais (PCA), ANOVA e testes de Tukey. A diversidade de espécies vegetais cultivadas foi de19 espécies no SAF maduro (7 anos), 11 no SAF médio (4 anos), 5 no SAF inicial (2 anos), e 2 espécies na pastagem. Observou-se três diferentes grupos de solos em relação a fertilidade e tempo de manejo agrupando parcelas do SAF maduro em relação a pH, C, P, N, MO e com cátions. Observou-se que quanto maior o estágio sucessional, maior é o grau de agregação e maior a distribuição dos agregados em maiores classes de diâmetro. Há glomalina nos solos de todos os estágios sucessionais e área controle, porém, há maior presença de glomalina nos SAFs. Identificou-se fungos, ácaros e bactérias no solo, algumas exclusivas de estágios sucessionais maduros. Conclui-se que quanto maior a maturidade do SAF, maior é a qualidade química, física e microbiológica do solo, o que influencia e é influenciado pela ciclagem de nutrientes. Com o aumento do tempo, há maior disponibilidade de nutrientes, aumento da atividade biológica e da capacidade de agregação aumentando, assim, a capacidade de formação de solos ao longo do tempo. No entanto, este serviço ecossistêmico propiciado pelos SAF’s não é devidamente reconhecido pelo comerciante e pelo consumidor de alimentos orgânicos.
Abstract: The development of low impact production systems, which act close to the dynamics of nature, is necessary. Thus, agroforestry systems (SAF’s) are an alternative production system that combine food conservation and production. However, the management dynamics of agroforestry systems and their influence on soil characteristics are still poorly understood. In this sense, this research aimed to evaluate chemical, physical and microbiological characteristics of soils from SAF's in three successional stages (2, 4 and 7 years) and in a control area (pasture), located at Sítio Raiz, Brasília-DF. . Soil collections were carried out (a composite sample (n = 4) in 0-20 cm, and a simple unformed one, in April and September 2019, and a simple unformed sample, in September 2019). A description of the area's history was carried out through interviews with the owner farmer and a survey of the plant species present in the SAFs at the time of collection. Chemical (pH, MO, C, N, C: N, P, K, Ca, Mg and Al), physical (granulometry and aggregate structure) and microbiological (easily extractable glomaline, determination of the presence of microorganisms) ground). The data were analyzed using cluster analysis, and main components (PCA), ANOVA and Tukey tests. The diversity of cultivated plant species was 19 species in the mature SAF (7 years), 11 in the medium SAF (4 years), 5 in the initial SAF (2 years), and 2 species in the pasture. Three different groups of soils were observed in relation to fertility and management time (grouping plots of mature SAF in relation to pH, C, P, N, MO and cations. It was observed that the greater the successional stage, the greater the degree of aggregation and the greater the distribution of aggregates in larger classes of diameter There is glomalin in soils of all successional stages and control area, however, there is a greater presence of glomalin in the SAFs. Fungi, mites and bacteria in the soil, some exclusive of mature successional stages. It is concluded that the greater the maturity of the SAF, the greater the chemical, physical and microbiological quality of the soil, which influences and is influenced by the cycling of nutrients. there is a greater availability of nutrients, increase in biological activity and aggregation capacity, thus increasing the capacity for soil formation over time, however, this ecosystem service provides the SAF’s is not properly recognized by the organic food merchant and consumer.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FUP - Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39484/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.