Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39438
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LIVRO_PsicomotricidadeRelacionalPratica.pdf9,76 MBAdobe PDFView/Open
Title: A psicomotricidade relacional como prática educativa para inclusão de adolescentes com deficiência intelectual na educação física escolar
Authors: Morais, Maryana Pryscilla Silva de
Barros, Jônatas de França
Coquerel, Patrick Ramon Stafin
Cabral, Ludmila Lucena Pereira
Benjamim, Eloyse Emmanuelle Rocha Braz
Andrade, Elmir Henrique Silva
Oliveira, Fábio Henrique Costa de
Silva, André Ribeiro da
Assunto:: Capacidade motora
Educação inclusiva
Psicomotricidade
Issue Date: 2019
Publisher: Atena Editora
Citation: MORAIS, Maryana Pryscilla Silva de et al. A psicomotricidade relacional como prática educativa para inclusão de adolescentes com deficiência intelectual na educação física escolar. Ponta Grossa, PR: Atena Editora, 2019. E-book (131 p.). DOI 10.22533/at.ed.211190908.
Abstract: Introdução: A Psicomotricidade Relacional (PR) foi desenvolvida na década 70 do século XX, pelos professores de educação física franceses André Lapierre e Bernard Aucouturier. É uma prática educativa que utiliza o jogo simbólico na ação do brincar espontâneo em prol do desenvolvimento integral e da autonomia do sujeito. Objetivo: Analisar o processo de inclusão de pessoas com deficiência intelectual na educação física escolar, por intermédio da prática educativa da PR. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa de cunho “participante” de forma não probabilística, e um tipo de amostragem por conveniência. As coletas de dados foram realizadas com um grupo de 36 estudantes do 7º ano do ensino fundamental II de uma escola pública municipal de Natal-RN, e tendo 3 estudantes com deficiência intelectual. Os instrumentos de coletas desta pesquisa, foram 1 máquina fotográfica digital SONY Cyber-shot, 2 filmadoras digitais NAVCITY esportiva NG-100, anamnese de Sampaio (2010), os relatórios espontâneos dos discentes, os relatórios espontâneos e reflexivos dos professores. Foram realizadas 8 aulas de educação física com o jogo simbólico da Psicomotricidade Relacional, uma vez por semana, durante um bimestre letivo. Foi realizada uma análise qualitativa dos dados, incluindo codificação, decodificação, interpretação e construção do referencial teórico. Resultados: Nas oito aulas o processo inclusivo aconteceu gradualmente de forma espontânea não diretiva, ilustrado nas fotografias e audiovisuais. Os alunos puderam perceber a inclusão pedagógica e/ou social e vivenciá-la. Nos relatórios espontâneos e reflexivos dos professores, a inclusão pedagógica e/ou social aconteceu livremente. No que tange os relatórios espontâneos dos alunos, foram expressos os conteúdos vividos pelos estudantes com deficiência intelectual na relação com os demais colegas e professores. Os alunos com deficiência intelectual expressaram a relação com o outro e com os objetos por meio do grafismo. Conclusão: A abordagem da Psicomotricidade Relacional como vivência da prática pedagógica educativa nas aulas de educação física possibilitou a inclusão dos estudantes com deficiência intelectual, propiciando a eles à aceitação das diferenças corporais, intelectuais, morais, emocionais e a compreensão da relevância do processo inclusivo.
Abstract: Introduction: Relational Psychomotricity (PR) was developed in the 1970s by French physical education teachers André Lapierre and Bernard Aucouturier. It is an educational practice that uses the symbolic game in the action of spontaneous play for the integral development and the autonomy of the subject. Objective: To analyze the process of inclusion of people with intellectual disabilities in school physical education, through the PR educational practice. Methodology: This is a “participant” research in a non-probabilistic way, and a kind of sampling for convenience. Data were collected with a group of 36 students from the 7th grade of elementary school II of a municipal public school in Natal-RN, and having 3 students with intellectual disabilities. The collection instruments of this research were 1 SONY Cyber-shot digital camera, 2 NG- 100 sports digital camcorders, Sampaio anamnesis (2010), the spontaneous reports of the students, the spontaneous and reflexive reports of the teachers. Eight physical education classes were held with the symbolic game of Relational Psychomotricity, once a week, during a two-month period. A qualitative analysis of the data was performed, including coding, decoding, interpretation and construction of the theoretical framework. Results: In the eight classes the inclusive process happened gradually in a spontaneous non-directive form, illustrated in the photographs and audiovisual. The students were able to perceive the pedagogical and / or social inclusion and to experience it. In the spontaneous and reflective reports of teachers, pedagogical and / or social inclusion occurred freely. Regarding the students’ spontaneous reports, the contents of the students with intellectual disabilities were expressed in the relationship with other colleagues and teachers. Students with intellectual disabilities expressed their relationship with each other and with objects through graphics. Conclusion: The approach of Relational Psychomotricity as an experience of educational pedagogical practice in physical education classes allowed the inclusion of students with intellectual disabilities, providing them with the acceptance of the corporal, intellectual, moral and emotional differences and the comprehension of the relevance of the inclusive process.
Licença:: O conteúdo dos artigos e seus dados em sua forma, correção e confiabilidade são de responsabilidade exclusiva dos autores. Permitido o download da obra e o compartilhamento desde que sejam atribuídos créditos aos autores, mas sem a possibilidade de alterá-la de nenhuma forma ou utilizá-la para fins comerciais.
DOI: 10.22533/at.ed.211190908
Appears in Collections:CEAM - Livros e capítulos de livros

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39438/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.