Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/3941
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_AnaLuciaRibeiroSalomonZaban.pdf1,48 MBAdobe PDFView/Open
Title: Nutrição enteral domiciliar : um novo modelo de gestão econômica do Sistema Único de Saúde
Other Titles: Home Enteral Nutrition : a New Model of Economic Manegement of Brazilian Public Health System
Authors: Zaban, Ana Lúcia Ribeiro Salomon
Orientador(es):: Novaes, Maria Rita Carvalho Garbi
Assunto:: Alimentação enteral
Sistema Único de Saúde (Brasil)
Nutrição
Issue Date: 10-Mar-2010
Citation: ZABAN, Ana Lúcia Ribeiro Salomon. Nutrição enteral domiciliar: um novo modelo de gestão econômica do Sistema Único de Saúde. 2009. 172 f. Dissertação (Mestrado em Nutrição Humana)—Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Abstract: Os elevados custos associados aos tratamentos em saúde emandam estudos econômicos para uma melhor gestão dos recursos financeiros e, como conseqüência, há uma tendência crescente da desospitalização, reforçando a atenção especializada e humanizada no domicílio dos pacientes. Os objetivos deste estudo foram determinar a prevalência e a incidência da nutrição enteral domiciliar no Distrito Federal, Brasil, avaliar o impacto de um regulamento regional de nutrição enteral domiciliar e analisar os dados epidemiológicos e nutricionais dos pacientes submetidos a esta terapia, sobretudo dos grupos nutricionalmente mais vulneráveis. Constitui um estudo retrospectivo analítico, que abrangeu um total de 525 pacientes. Em Janeiro de 2006 todos os casos de nutrição enteral domiciliar de 2000 a 2005 foram registrados para a análise das seguintes variáveis: idade, gênero, doenças-de-base, prevalência e incidência de nutrição enteral domiciliar, dispositivos de acesso enteral, fórmulas enterais prescritas, estado nutricional e custos comparativos entre a nutrição enteral hospitalar e domiciliar. Os resultados foram analisados pelos programas SPSS 15.0 e SAS 9.1, para os quais foi considerada uma probabilidade de significância < 0,05 e um Intervalo de Confiança de 95%. O estudo foi realizado na Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal e o protocolo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa desta Secretaria. Foi observada uma correlação positiva em relação ao acesso dos pacientes à nutrição enteral domiciliar e a publicação do regulamento regional, analisada pela sua prevalência. Após a publicação do regulamento, verificaram-se a prevalência e incidência dessa terapia nutricional de 176.09 e 147.98, respectivamente. As principais doenças que levaram à nutrição enteral domiciliar foram: cardiopatia congênita (1.25%), neurológicas (34.25%), gastrointestinais (26.5%), oncológicas (13.75%), epidermólise bolhosa congênita (3.5%) e outras (20.75%). 45.9% dos pacientes eram crianças, 19.2% adultos e 34.9% idosos. Previamente à terapia, houve elevada freqüência de desnutrição em todos os grupos etários. Os resultados sugerem que a nutrição enteral domiciliar é uma terapia efetiva em proporcionar economia dos recursos em saúde, gerando a maior disponibilidade de leitos hospitalares e reduzindo as complicações associadas à desnutrição, promovendo a melhoria na qualidade de vida dos pacientes e na assistência prestada aos mesmos. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
High costs associated to health treatment, demand economic studies for a better management of financial resources and as consequence, there is an increasing tendency of dehospitalization, reinforcing humanized and specialized care at the patient’s home. The objectives of this study were to determine the prevalence and the incidence of home enteral nutrition in Distrito Federal, Brazil, to evaluate the impact of a regional regulation of home enteral nutrition and to analyze epidemiological and nutritional data of patients undergoing this therapy, especially the most vulnerable groups for malnutrition. It is a retrospective analytical study, which comprehended an amount of 525 patients. In January, 2006, all cases of home enteral nutrition from 2000 to 2005 were registered for the purpose of analyzing the following variables: age, gender, pathology that led to home enteral nutrition, prevalence and incidence of this therapy, enteral access devices, prescribed formulas, nutritional status and comparative costs between hospital and home enteral nutrition. Results were analyzed with SPSS 15.0 e SAS 9.1 softwares, for which there were considered a level of significance lower than 0.05 and a Confidence Interval of 95%. The research was held on Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, Brazil, and the protocol was approved by Ethical Reseach Committee of this department. A positive correlation was observed between the regulation issue and patients’ Access to home enteral nutrition, which was analyzed through the prevalence of this therapy. After the regulation issue, the prevalence and incidence of home enteral nutrition were respectively, 176.09 and 147.98. The main pathologies that led to home enteral nutrition therapy were: congenital cardiopathy (1.25%), neurological (34.25%), gastrointestinal (26.5%), oncological (13.75%), epidermolysis bullosa congenital (3.5%) and others (20.75%). 45.9% of patients were children, 19.2% adults and 34.9% elders. Previously to the therapy initiation, a high frequency of malnutrition was observed in all age categories. The results suggest that home enteral nutrition is an effective therapy in promoting economy of health resources, generating a greater availability of hospitals bed, and reducing complications associated to malnutrition, promoting an improvement in patients’ quality of life and in their assistance.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2009.
Appears in Collections:NUT - Mestrado em Nutrição Humana (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/3941/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.