Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39375
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_DanielleGaldinodeSouza.pdf1,88 MBAdobe PDFView/Open
Title: Efeitos da administração intra-gástrica de nanoemulsão de óleo de peixe em modelo experimental de fibrose pulmonar : aspectos morfofisiológicos
Authors: Souza, Danielle Galdino de
Orientador(es):: Longo, João Paulo Figueiró
Assunto:: Fibrose pulmonar
Ômega 3
Nanoemulsão
Óleos de peixe
Issue Date: 10-Aug-2020
Citation: SOUZA, Danielle Galdino de. Efeitos da administração intra-gástrica de nanoemulsão de óleo de peixe em modelo experimental de fibrose pulmonar: aspectos morfofisiológicos. 2020.76 f., il. Dissertação (Mestrado em Nanociência e Nanobiotecnologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: A fibrogênese é o equilíbrio entre os fatores que promovem a biossíntese, o acúmulo de matriz extracelular e sua degradação em tecidos conjuntivos, promovendo a homeostasia. Entretanto, diante da disrupção do equilíbrio homeostático, ocorre a superprodução de matriz extracelular, acarretando no desenvolvimento heterogêneo e progressivo de tecido fibrótico pela extensão tecidual. Nesse sentido, o tecido pulmonar, condicionado a desenvolver processos patológicos com características fibróticas, demonstra preocupação entre os estudiosos, necessitando de estratégias terapêuticas que viabilizem a homeostasia pulmonar, em virtude de não existirem medicamentos que inibam a progressão da patologia, apenas desacelere. Assim sendo, com base nos mecanismos inflamatórios que podem desencadear o processo progressivo da FP, verificou-se que o uso de ácidos graxos poli- insaturados, como ômega-3, podem modular a resposta inflamatória na produção de eicosanoides anti-inflamatórios e de pró-resolução. Nesse sentido, a administração de EPA e DHA vem sendo utilizada com o intuito de atenuar e/ou até mesmo inibir a progressão fibrótica. Contudo, os fatores envolvidos na baixa solubilidade em água, menor estabilidade química e biodisponibilidade desses ácidos graxos condicionam em desafios para garantir a rápida absorção na membrana celular e eficácia terapêutica. É nesse contexto que, com a utilização das aplicabilidades da nanotecnologia, tornou-se possível o estabelecimento de um nanocarreador lipídico para a administração intra- gástrica do óleo de peixe, enriquecida de EPA e DHA, com finalidades de prevenção da inflamação. Dessa forma, tendo em vista que na literatura, não existem estudos que conferem a utilização de nanoemulsão de óleo de peixe em modelo experimental de FP, o objetivo deste trabalho foi verificar se a administração intra-gástrica de NEW3 pode influenciar nos aspectos morfofisiológicos em modelo experimental de FP. Para este fim, foi necessário estabelecer um pré-tratamento durante 21 dias por via oral em camundongos BALB/c fêmeas, realizando, logo após, o desafio inflamatório pulmonar com o uso do fármaco bleomicina por procedimento cirúrgico via intratraqueal. Foram utilizadas diferentes técnicas de análise como a histopatológica, técnica de imageamento in vivo, mensuração da frequência respiratória e mecânica ventilatória. Contudo, o tempo de duração estabelecido após o desafio inflamatório correspondeu ao 29°, 33° e 36°, aproximadamente um mês após a indução inflamatória. Utilizando essas técnicas, verificou-se que, diante dos grupos experimentais, controle negativo, controle positivo, OG, OP e NEW3, ocorreu a progressão de um processo fibrótico em todos os grupos, entretanto, enquanto que o grupo pré-tratado com OG apresentou exacerbação da condição patológica, o grupo pré-tratado com NEW3 demonstrou a atenuação diante da progressão da FP, evidenciado por alvéolos pulmonares sem acúmulo exacerbado de massas fibróticas e ausência de deformação na estrutura alveolar, área do espaço aéreo pulmonar não apresentou diferença estatística com o grupo controle negativo (p<0,05), ausência de septos interlobulares radiopacos, arquitetura pulmonar preservada, e não apresentou diferença estatística com o grupo controle negativo (p<0,05) nos parâmetros da mecânica ventilatória, resistência do sistema respiratório, complacência do sistema respiratório, elastância do sistema respiratório, resistência newtoniana, resistência tecidual e elastância tecidual. Dessa forma, o pré- tratamento com administração intra-gástrica de NEW3 condicionou uma proteção pulmonar ao comparar com outros grupos que apresentaram alterações significativas para com o grupo controle negativo PBS (p<0,05), proporcionando uma repercussão satisfatória em modelo experimental de fibrose pulmonar com camundongos pré-tratados com a NEW3.
Abstract: Fibrogenesis is the balance between factors that promote biosynthesis, the accumulation of extracellular matrix and its degradation in connective tissues, promoting homeostasis. However, in the face of disruption of the homeostatic balance, there is an overproduction of extracellular matrix, resulting in the heterogeneous and progressive development of fibrotic tissue by tissue extension. In this sense, the lung tissue, conditioned to develop pathological processes with fibrotic characteristics, shows concern among scholars, requiring therapeutic strategies that make pulmonary homeostasis feasible, since there are no drugs that inhibit the progression of the pathology, just slow down. Therefore, based on the inflammatory mechanisms that can trigger the progressive process of PF, it was found that the use of polyunsaturated fatty acids, such as omega-3, can modulate the inflammatory response in the production of anti-inflammatory and pro-eicosanoids. -resolution. In this sense, the administration of EPA and DHA has been used in order to attenuate and / or even inhibit fibrotic progression. However, the factors involved in low water solubility, less chemical stability and bioavailability of these fatty acids condition challenges to ensure rapid absorption in the cell membrane and therapeutic efficacy. It is in this context that, with the use of the applicability of nanotechnology, it became possible to establish a lipid nanocarrier for the intra-gastric administration of fish oil, enriched with EPA and DHA, with the purpose of preventing inflammation. Thus, considering that in the literature, there are no studies that confer the use of fish oil nanoemulsion in an experimental model of PF, the objective of this work was to verify whether the intra-gastric administration of NEW3 can influence the morphophysiological aspects in a model experimental FP. For this purpose, it was necessary to establish a pre-treatment for 21 days orally in female BALB / c mice, performing, immediately after, the pulmonary inflammatory challenge with the use of the bleomycin drug by an intratracheal surgical procedure. Different analysis techniques were used, such as histopathology, in vivo imaging technique, measurement of respiratory rate and ventilatory mechanics. However, the duration established after the inflammatory challenge corresponded to 29 °, 33 ° and 36 °, approximately one month after the inflammatory induction. Using these techniques, it was found that, in the face of the experimental groups, negative control, positive control, OG, OP and NEW3, a fibrotic process progressed in all groups, however, while the group pretreated with OG presented exacerbation of the pathological condition, the group pretreated with NEW3 demonstrated attenuation due to the progression of PF, evidenced by pulmonary alveoli without exacerbated accumulation of fibrotic masses and absence of deformation in the alveolar structure, an area of the pulmonary air space that did not show statistical difference with the negative control group (p <0.05), absence of radiopaque interlobular septa, preserved pulmonary architecture, and there was no statistical difference with the negative control group (p <0.05) in the parameters of ventilatory mechanics, respiratory system resistance, complacency of the respiratory system, elastance of the respiratory system, Newtonian resistance, tissue resistance dual and tissue elastance. Thus, the pretreatment with intra-gastric administration of NEW3 conditioned pulmonary protection when compared with other groups that showed significant changes with the negative control group PBS (p <0.05), providing a satisfactory repercussion in an experimental model of pulmonary fibrosis with mice pretreated with NEW3.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Pós-Graduação em Nanociência e Nanobiotecnologia, 2020.
Licença:: A concessão da licença desta coleção refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:IB - Mestrado em Nanociência e Nanobiotecnologia

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39375/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.