Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39337
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_ThyagoJoséArrudaPacheco.pdf8,34 MBAdobe PDFView/Open
Title: Modulação da captação de nanoemulsão lipídica no sistema fagocitário mononuclear hepático pela ação da cloroquina
Authors: Pacheco, Thyago José Arruda
Orientador(es):: Longo, João Paulo Figueiró
Assunto:: Cloroquina
Biodistribuição
Nanobiotecnologia
Câncer - tratamento
Macrófagos
Células de Kupffer
Fagocitose
Endocitóse
Nanopartículas
Issue Date: 30-Jul-2020
Citation: PACHECO, Thyago José Arruda. Modulação da captação de nanoemulsão lipídica no sistema fagocitário mononuclear hepático pela ação da cloroquina. 2020. 62 f., il. Dissertação (Mestrado em Nanociência e Nanobiotecnologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: A aplicação da nanotecnologia na terapia do câncer tem sido promissora. Por ser uma tecnologia que fornece uma abordagem abrangente e única contra o câncer por meio do diagnóstico, prevenção, terapia e medicina personalizada. Com essa tecnologia, podem ser utilizadas diferentes estratégias para o tratamento do câncer como, por exemplo, o medicamento terapêutico sendo carreado por nanopartículas e com alvo específico, liberação controlada do agente terapêutico na região de interesse e métodos para o diagnóstico precoce. Embora nanopartículas geralmente se acumulem 10 vezes mais em tumores quando comparado com fármacos convencionais, menos de 1% da dose injetada atinge tipicamente o tumor, pois ficam retidas no fígado e baço. Os macrófagos específicos para o fígado, chamados de células de Kupffer e que constituem uma das principais barreiras no uso de nanopartículas para o tratamento do câncer, foram identificados pela primeira vez no fígado por von Kupffer e correspondem a maior população de macrófagos teciduais. Essas Células de Kupffer fazem parte do Sistema Fagocitário Mononuclear e são predominantemente distribuídas no lúmen dos sinusóides hepáticos, exibindo atividade endocítica contra os materiais que passam pelo sangue e entram no fígado. Por esse motivo, as células de Kupffer são centrais no processo de eliminação de nanopartículas que atravessam as barreiras epiteliais do corpo. Diante da problemática apresentada, este trabalho teve por objetivo modular a captação de uma nanoemulsão lipídica no sistema fagocitário mononuclear hepático pela ação da cloroquina para bloquear temporariamente a endocitose das nanopartículas pelas células de Kupffer.
Abstract: The application of nanotechnology in cancer therapy has been promising. It is a technology that provides a comprehensive and unique approach to cancer through diagnosis, prevention, therapy and personalized medicine. Different strategies for the treatment of cancer can be used, for example, the therapeutic drug being carried by nanoparticles and with a specific target, controlled release of the therapeutic agent in the region of interest and methods for early diagnosis. Although nanopharmaceuticals generally accumulate 10 times more in tumors when compared to conventional drugs, less than 1% of the injected dose typically reaches the tumor, because they get stuck in the liver and spleen. The liver-specific macrophages called Kupffer cells are one of the main barriers in the use of nanoparticles for the treatment of cancer. They were first identified in the liver by von Kupffer and correspond to the largest population of tissue macrophages. Kupffer cells are part of the Mononuclear Phagocyte System and are predominantly distributed in the lumen of hepatic sinusoids exhibiting endocytic activity against materials that pass through the blood and enter the liver. For this reason, Kupffer cells are central to the process of eliminating nanoparticles that cross the body's epithelial barriers. In view of the problem presented, this study aimed to modulate the capture of a lipid nanoemulsion in the hepatic mononuclear hepatic phagocytic system by the action of chloroquine to temporarily block an endocytosis of the nanoparticles by Kupffer cells.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Pós-Graduação em Nanociência e Nanobiotecnologia, 2020.
Licença:: A concessão da licença desta coleção refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP/DF); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCTs).
Appears in Collections:IB - Mestrado em Nanociência e Nanobiotecnologia

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39337/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.