Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39326
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_BárbaraRamosdeOliveira.pdf1,89 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLuz, josé Roberto Pujol-
dc.contributor.authorOliveira, Bárbara Ramos-
dc.date.accessioned2020-07-28T17:37:10Z-
dc.date.available2020-07-28T17:37:10Z-
dc.date.issued2020-07-28-
dc.date.submitted2020-03-16-
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Bárbara Ramos. Redescrição de Belvosia bicincta, B. spinicoxa e B. weyenberghiana (Diptera: Tachinidae). 2020, vi, 59 f., il. Dissertação (Mestrado em Zoologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unb.br/handle/10482/39326-
dc.description.abstractTachinidae é uma das famílias mais especiosas de Diptera. Atualmente, na Região Neotropical existem cerca de 3.000 espécies distribuídas em 819 gêneros. Belvosia Robineau-Desvoidy possui 71 espécies descritas, sendo que 30 foram registradas no Brasil. Podem ser distinguidas por serem moscas endoparasitóides de imaturos de lepidópteros; têm médio a grande porte e apresentarem pruinosidade amarela, dourada ou laranja cobrindo parcialmente ou totalmente os tergitos 3, 4 e 5 (ou apenas o tergito 5 em algumas espécies). Os espécimes utilizados nesse trabalho são provenientes de coleções científicas (INPA, DZUB) e coletas no Distrito Federal. Este trabalho tem como objetivo redescrever três espécies de Belvosia, visto que algumas delas possuíam apenas as respectivas descrições originais ou redescrições sucintas, que não abordaram a morfologia da terminália de machos e fêmeas, ou genitália de fêmea. Além disso, fornecer detalhes sobre a morfologia do exocórion dos ovos. Aqui são apresentadas as redescrições de Belvosia bicincta Robineau-Desvoidy, B. spinicoxa Aldrich e B. weyenberghiana Wulp; uma lista atualizada das espécies do gênero que ocorrem no Brasil e uma chave de identificação para as espécies redescritas, são apresentadas. As características que foram suficientes para distinguir as espécies estudadas são: nas terminálias de macho, a forma do epândrio, cercos e surstilos, quantidade de espinhos no distífalo e cerdas do pré-gonito; e nos ovos, quantidade, profundidade de perfurações circulares no exocórion, Já, as genitálias de fêmea são semelhantes entre si, e não apresentam caracteres suficientes para distinção das espécies.pt_BR
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP/DF).pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleRedescrição de Belvosia bicincta, B. spinicoxa e B. weyenberghiana (Diptera: Tachinidae)pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordTachinidaept_BR
dc.subject.keywordMoscapt_BR
dc.subject.keywordTaxonomiapt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1Tachinidae is one of the most specious families in Diptera. Currently, in the Neotropical Region there are about 3,000 species distributed in 819 genera. Belvosia Robineau-Desvoidy has 71 described species, 30 of which were registered in Brazil. They can be distinguished for being endoparasitoid flies of immature lepidopterans; medium to large in size and yellow, golden or orange pruinosity partially or totally covering tergites 3, 4 and 5 (or just tergite 5 in some species). The specimens used in this work come from scientific collections (INPA, DZUB) and collections in the Distrito Federal. This work aims to redescribe three species of Belvosia, since some of them had only the respective original descriptions or succinct redescriptions, which did not address the morphology of male and female terminalia, or female genitalia. In addition, provide details on the morphology of the egg exochorion. Here are the redescriptions of Belvosia bicincta Robineau-Desvoidy, B. spinicoxa Aldrich and B. weyenberghiana Wulp; an updated list of the species of the genus that occur in Brazil and an identification key for the redescribed species are presented. The characteristics of male terminalia, such as the shape of the epandrium, cercus and surstyls, the number of spines in the disphiphalus and bristles of the pre-gonite; and in eggs, quantity, depth of circular perforations in the exochorion, were sufficient to distinguish the species studied. However, female genitalia are similar to each other, so they do not have enough characters to distinguish between species.pt_BR
Appears in Collections:IB - Mestrado em Zoologia (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39326/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.