Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39325
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_WelingtondeAraujoCoelho.pdf1,66 MBAdobe PDFView/Open
Title: Variações morfológicas nos hemipenes de Gymnodactylus Spix 1825 (Squamata, Phyllodactylidae)
Authors: Coelho, Welington de Araújo
metadata.dc.contributor.email: wtoncoelho@gmail.com
Orientador(es):: Klaczko, Julia
Assunto:: Hemipênis - morfologia
Lagartixas - morfologia
Espécies crípticas
Gymnodactylus
Issue Date: 28-Jul-2020
Citation: COELHO, Welington de Araújo. Variações morfológicas nos hemipenes de Gymnodactylus Spix 1825 (Squamata, Phyllodactylidae). 2020. 70 f., il. Dissertação (Mestrado em Zoologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Os hemipênis evoluem de forma rápida quando comparado com outras estruturas morfológicas. São consagradamente utilizados para estudos em sistemática e evolução, como traço importante para diagnosticar espécies, gêneros e famílias, inclusive para diferenciar espécies crípticas. No intuito de compreender a diversidade morfológica dos hemipênis das lagartixas do gênero Gymnodactylus, eu dividi este trabalho em dois capítulos. No primeiro capítulo descrevo a morfologia dos hemipênis do gênero analisando 11 de 16 dos taxa conhecidos para o gênero. A morfologia dos hemipênis de Gymnodactylus segue a forma básica dos geckonídeos, apresentando tronco comprido e ápice volumoso, podendo ser bilobados ou semibilobados, ornamentados por cálices. O tronco, na sua maioria, não apresenta ornamentações. As principais diferenças entre as espécies estão na forma em que essas estruturas estão arranjadas, na maneira em que os cálices cobrem o lobo na face assulcada, bem como nas ornamentações da faixa (depressão) dos lobos. Os hemipênis das possíveis espécies crípticas se mostraram bastante distintos, corroborando a importância deste órgão para diagnosticar espécies. No segundo capítulo exploro a evolução rápida nos hemipênis dos Gymnodactylus amarali isolados nas ilhas formadas pelo enchimento do reservatório de Serra da Mesa em Minaçu-GO. Em pouco mais de 20 anos ocorreram mudanças alométricas na morfologia dos hemipênis das populações das ilhas. As populações nas ilhas apresentaram alometria negativa nos lobos dos hemipênis e expressiva variação fenotípica, um possível indicador de oportunidade para seleção associada à seleção sexual destes animais.
Abstract: Hemipenis evolve quickly when compared to other morphological structures. They are widely used for studies in systematics and evolution, as an important feature to diagnose species, genera, and families, including to differentiate cryptic species. In order to understand the morphological diversity of the hemipenis of the geckos of the genus Gymnodactylus, I divided this work into two chapters. In the first chapter, I describe the morphology of the hemipenis of the genus by analyzing 11 of 16 of the known rates for the genus. The morphology of the Gymnodactylus hemipenis follows the basic shape of the common geckos, presenting a long trunk and a voluminous apex, which can be bilobed or semi-bilobed, decorated with chalices. The trunk, for the most part, has no ornamentation. The main differences between species are in the way in which these structures are arranged, in the way in which the chalices cover the lobe on the stricken face, as well as in the ornamentation of the band (depression) of the wolves. The hemipenis of the possible cryptic species proved to be quite distinct, corroborating the importance of this organ for diagnosing species. In the second chapter, I explore the rapid evolution in the hemipenis of Gymnodactylus amarali isolated on the islands formed by the filling of the Serra da Mesa reservoir in Minaçu-GO. In just over 20 years, there were allometric changes in the hemipenis morphology of island populations. The populations on the islands showed negative allometry in the lobes of the hemipenis and significant phenotypic variation, a possible indicator of opportunity for selection associated with the sexual selection of these animals.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Zoologia, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:IB - Mestrado em Zoologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39325/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.