Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39324
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_AlexandreArieldaFonsecadeSouza.pdf9,8 MBAdobe PDFView/Open
Title: Mirmecofauna associada a carcaças de porcos (Sus Scrofa Linnaeus, 1758) em duas áreas de Cerrado no Distrito Federal
Authors: Souza, Alexandre Ariel da Fonseca de
Orientador(es):: Luz, José Roberto Pujol
Assunto:: Armadilha pitfall
Carcaças de vertebrados
Decomposição
Fauna subterrânea
Formicidae
Issue Date: 28-Jul-2020
Citation: SOUZA, Alexandre Ariel da Fonseca de. Mirmecofauna associada a carcaças de porcos (Sus Scrofa Linnaeus, 1758) em duas áreas de Cerrado no Distrito Federal. 2020. 77 f., il. Dissertação (Mestrado em Zoologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: A decomposição de carcaças é fundamental na ciclagem de nutrientes nos ecossistemas e é mediada, em grande parte, por insetos que exercem a quebra física da matéria orgânica. Entre os de ação mais conspícua nesse processo estão as formigas, que podem explorar ampla diversidade de recursos. Esses insetos estão entre os primeiros a encontrar um animal morto e podem estar presentes em todos os estágios de decomposição se alimentando da carcaça, ou da fauna associada. Entretanto, a maior parte dos trabalhos sobre a decomposição de matéria orgânica animal focam em outros táxons, enquanto Formicidae carece de estudos nesse contexto. Este trabalho buscou explorar o papel das formigas no processo de decomposição, assim como o efeito da disponibilidade de carcaças de vertebrados na comunidade desses insetos em duas áreas de cerrado com diferentes graus de urbanização, nas estações seca e chuvosa. Foram utilizadas armadilhas de queda epigeicas e hipogeicas em 12 pontos onde foram instaladas carcaças de porcos domésticos e em controles. Além disso, foi realizada coleta ativa e observação do comportamento das formigas associadas à essas carcaças. Ao todo foram encontradas 146 espécies de Formicidae, entre essas, 13 novos registros de ocorrência de espécies para o DF. O comportamento de 25 espécies associadas às carcaças foi observado e descrito. Os resultados sugerem que a presença de carcaças tem efeito no aumento da riqueza de Formicidae. Também foram encontradas espécies de diversas guildas ecológicas de formigas agindo nas carcaças como necrófagas, predadoras e onívoras, utilizando diferentes recursos ao longo da decomposição.
Abstract: Carrion decomposition is an essential process for nutrient cycling in ecosystems, of which one of its main drivers are insects that aid in the physical breakdown of organic matter. Ants, dominant insects in terrestrial ecosystems, that display complex social organization, high local abundance and can exploit a wide diversity of resources, are among those of most conspicuous effect on carrion breakdown. They are one of the first insects to find a dead animal and can be encountered in every decomposition stage feeding on carrion or preying on the associated fauna. However, there are few studies on carrion associated ants, most focusing on other taxa in which Formicidae receives secondary role. This study explored the role of ants in carrion decomposition, and the effects of vertebrate carcass availability on the ant communities at two cerrado areas with distinct levels of urbanization, during the dry and wet seasons. Sampling was conducted with the use of epigaeic and hipogaeic pitfall traps in 12 swine carrion addition sites and compared with control sites. In total, 146 species of Formicidae were found, of which 13 are new occurrence records for the state. The behaviour of 25 carrion associated ants was observed and described. The results suggest that carcass addition has effect on the increase of species richness of ants. Species belonging to various ecological guilds were found acting on carcasses as necrophages, predators and omnivores, exploiting different resources along the decomposition process.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Zoologia, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP/DF).
Appears in Collections:IB - Mestrado em Zoologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39324/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.