Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39200
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_NatháliaElizadeFreitas.pdf1,97 MBAdobe PDFView/Open
Title: Entre a "razão" econômica neoliberal e as moralidades neoconservadoras : a questão da centralidade da família na política socioassistencial brasileira.
Authors: Freitas, Nathália Eliza de
Orientador(es):: Pereira, Potyara Amazoneida P.
Assunto:: Família
trabalho social com família
neoliberalismo
neoconservadorismo
Issue Date: 7-Jul-2020
Citation: FREITAS, Nathália Eliza de. Entre a "razão" econômica neoliberal e as moralidades neoconservadoras: a questão da centralidade da família na política socioassistencial brasileira. 2020. 323 f., il. Tese (Doutorado em Política Social)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Esta tese tem como objeto de pesquisa a relação entre o domínio da nova direita e a participação da família num sistema de proteção social predominantemente presidido por moralidades e subjetividades. A pesquisa adotou como método a apuração teórica sobre as influências neoliberais e neoconservadoras na definição da família, como estratégia central de oferta de proteção por meio da política de assistência social e da execução do trabalho social com famílias, adentrando nas literaturas que conduzem ao pensamento de uma ética individual e moral que circunda a nova direita. Além disso, foram investigados e esmiuçados os elementos históricos que propiciaram a transfiguração da proteção socioassistencial de uma vertente garantista para a sua quase extinção. Verificou-se que há mais do que características políticas e econômicas na delimitação dos serviços de assistência social. Há forte presença de fatores subjetivos e morais pautados pelo processo ideológico de avanço neoliberal e neoconservador, que têm se materializado nas estruturas políticas da nova direita. Diante das moralidades e das subjetividades referidas, a família tem sido o elemento primordial para a imposição da hegemonia burguesa, que redefine as ações de proteção social, reduzindo-as à prática de cunho reflexivo interno, no sentido de atribuir à família a autorresponsabilidade pelo bem-estar de seus membros, e assim favorecer a total ausência do Estado. Esta tese analisou o contexto histórico e teórico de avanço do neoliberalismo e das vertentes conservadoras na realidade brasileira e britânica. Foi apresentado o contexto de avanço das premissas neodireitistas em cada um desses países e em que sentido essa relação afetou a política socioassistencial. Assim, esta tese conclui que a resposta da nova direita para a assistência social é situar os problemas sociais dentro da família para que ela aja pelas suas capacidades, não gerando, assim, demanda protetiva para o Estado.
Abstract: This thesis has as object of research the relationship between the domain of the new right and the participation of the family in a social protection system predominantly presided by moralities and subjectivities. It started with a theoretical analysis of the neoliberal and the neoconservative influences on the definition of the family as a central strategy of offering protection through the social assistance policy, through the execution of social work with families. It was found that there are more than political and economic characteristics in the delimitation of social assistance services. There is a strong presence of subjective and moral factors guided by the ideological process of neoliberal and neoconservative development, which has materialized in the political structures of the new right. In the face of moralities and subjectivities, the family has been the primary element for the imposition of bourgeois hegemony that redefines social protection actions, summarizing them to the practice of internal reflexive nature, in the sense of attributing to the family the self-responsibility for the well- being of its members and thus create an environment for the total absence of the State. This thesis analyzed the historical and theoretical context of the advancement of neoliberalism and conservative aspects, as well as verified the impacts of these measures in the Brazilian and British reality. It had been presented how the context of advancing far-right premises in each of these countries affected social protection. Thus, this thesis concludes that the response of the new right to social assistance is to situate social problems within the family so that this institution acts by its capacities, not creating a protective demand for the State.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Serviço Social, Programa de Pós-Graduação em Política Social, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:SER - Doutorado em Política Social (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39200/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.