Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39179
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_LaryssaVitóriaSantana.pdf1,17 MBAdobe PDFView/Open
Title: Sobre a categoria gramatical “verbo” na educação básica : investigações conceituais e metodológicas
Authors: Santana, Laryssa Vitória
Orientador(es):: Pilati, Eloisa Nascimento Silva
Assunto:: Verbo
Língua Portuguesa
Educação básica
Citation: SANTANA, Laryssa Vitória. Sobre a categoria gramatical “verbo” na educação básica: investigações conceituais e metodológicas. 2020. 95 f., il. Dissertação (Mestrado em Linguística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: O diálogo entre estudos linguísticos e educação em língua materna tem sido defendido por vários pesquisadores nas últimas décadas, tais como Lobato (2014 [2003]); Bechara (2006); Eliseu (2008); Franchi (2006); Vieira & Brandão (2008); Pilati et al. (2011); Pilati (2017), entre muitos outros. Neste trabalho, também nos propomos a fazer reflexões sobre essa relação, tendo como foco o ensino das classes gramaticais, especificamente a do verbo, nos livros didáticos de língua portuguesa na educação básica. As questões que norteiam a pesquisa são investigações de natureza teórica e metodológica. As de natureza teórica buscam investigar o conceito de verbo nas gramáticas tradicionais, nos livros didáticos, da educação básica ao ensino médio, e em pesquisas linguísticas. Já as questões de natureza metodológica investigam, sob a ótica da Taxonomia dos Objetivos Educacionais (BLOOM, 1956; WILSON, 2001), os níveis e operações cognitivas que as atividades sobre os verbos atingem nos materiais didáticos usados na escola. As perguntas que norteiam a presente pesquisa são, portanto, as seguintes 1) Qual a definição de verbo apresentada nas gramáticas tradicionais e nos livros didáticos de língua portuguesa analisados? 2) Qual ou quais os critérios (morfológico, semântico e/ou funcional) utilizados nos livros didáticos para apresentar essa classe gramatical? 3) Qual a sequência didática apresentada nos livros didáticos de língua portuguesa para abordar a classe “verbo”? 4) Quais níveis da Taxonomia dos Objetivos Educacionais estão presentes nas atividades dos materiais didáticos? 5) A conceituação da categoria gramatical “verbo” varia de acordo com o nível de escolaridade? Dessa forma, a metodologia dessa pesquisa consistirá na revisão bibliográfica dos estudos de Camara Jr. (2015 [1970]); Pinilla (2016); Minussi (2019); na análise de livros didáticos do ensino fundamental I, II e médio e na análise de algumas gramáticas tradicionais e pesquisas linguísticas. Os livros selecionados foram – fundamental I: Projeto Buriti, da editora Sanchez (2014); Crescer, de Corrêa & Moreira (2017). Ensino fundamental II: Português – Linguagens, de Cereja & Magalhães (2012); e a edição da obra de Cereja & Dias Vianna (2018); Tecendo Linguagens – de Oliveira et al. (2015); Para viver juntos, de Costa et al. (2015). Ensino médio: Português: língua e cultura; de Faraco (2005); Português Linguagens, de Cereja & Magalhães (2008); e Português contemporâneo: diálogo, reflexão e uso, de Cereja, Dias Vianna e Damien (2016). Já as gramáticas a serem analisadas são: Nova gramática do português contemporâneo, de Cunha & Cintra (2008); Gramática do português contemporâneo, de Cunha (2017 [1984]); Moderna gramática portuguesa, de Bechara (2009 [1999]); Gramática escolar da língua portuguesa, de Bechara (2003); e Nova gramática do português brasileiro, de Castilho (2016). Os resultados encontrados nesta pesquisa comprovam que i) as gramáticas tradicionais apresentam os três critérios apontados por Mattoso (1970): funcional. morfológico e semântico; ii) em grande parte dos livros didáticos, existe uma definição comum para o verbo, sendo ela: “verbo é a palavra que indica ação, estado ou fenômeno da natureza”. Essa definição dá preferência ao critério semântico, seguido do critério morfológico; já o critério sintático foi encontrado em apenas um livro didático de todos os analisados; iii) não há distinção do conceito de verbo de acordo com a série escolar nem ao ano de publicação; iv) os exercícios analisados nos livros didáticos apresentam perguntas que podem induzir o leitor a definir o verbo como um processo que indica ação, sem levar o estudante a raciocinar sobre propriedades morfológicas e funcionais desta classe; v) em relação à Taxonomia dos Objetivos Educacionais, foi notado que apenas o primeiro nível do domínio cognitivo – lembrar – é o mais abordado nos materiais didáticos, o que sugere níveis de desenvolvimento cognitivo muito básicos nas aulas de classes de palavras. É preciso, portanto, de uma reformulação do conceito de verbo nos livros didáticos.
Abstract: The dialogue between linguistic studies and first language education has been advocated by several researchers in recent decades, such as Lobato (2014 [2003]); Bechara (2006); Eliseu (2008); Franchi (2006); Vieira & Brandão (2008); Pilati et al. (2011); Pilati (2017), among many others. In this work, we also propose to reflect on this relationship, focusing on the teaching of grammatical classes, specifically from the verb, in textbooks of Portuguese language in basic education. The questions that guide the research are investigations of a theoretical and methodological nature. Those of a theoretical nature seek to investigate the concept of verb in traditional grammars, textbooks, from basic education to high school, and in linguistic research. On the other hand, questions of a methodological nature investigate, from the perspective of the Taxonomy of Educational Objectives (BLOOM, 1956; WILSON, 2001), the levels and cognitive operations that activities on verbs reach in didactic materials used at school. The questions that guide the present research are, therefore, the following 1) What is the definition of verb presented in the traditional grammars and in the Portuguese language textbooks analyzed? 2) What or what criteria (morphological, semantic and /or functional) used in textbooks to present this grammatical class? 3) What is the didactic sequence presented in the Portuguese language textbooks to address the “verb” class? 4) What levels of Taxonomy of Educational Objectives are present in the activities of teaching materials? 5) Does the conceptualization of the grammatical category “verb” vary according to the level of education? Thus, the methodology of this research will consist of a bibliographic review of the studies by Camara Jr. (2015 [1970]); Pinilla (2016); Minussi (2019); in the analysis of textbooks of elementary school I, II and high school and in the analysis of some traditional grammars and linguistic research. The selected books were - Elementary I: Projeto Buriti, by the publisher Sanchez (2014); Crescer, by Corrêa & Moreira (2017). Elementary school II: Português – Linguagens, by Cereja & Magalhães (2012); and the edition of the work by Cereja & Dias Vianna (2018); Tecendo Linguagens – by Oliveira et al. (2015); Para viver juntos, by Costa et al. (2015). High school: Português: língua e cultura; by Faraco (2005); Português Linguagens, by Cereja & Magalhães (2008); and Português contemporâneo: diálogo, reflexão e uso, by Cereja, Dias Vianna and Damien (2016). The grammars to be analyzed are: Nova gramática do Português contemporâneo, by Cunha & Cintra (2008); Gramática do Português contemporâneo, by Cunha (2017 [1984]); Moderna gramática Portuguesa, by Bechara (2009 [1999]); Gramática escolar da língua portuguesa, by Bechara (2003); and Nova gramática do Português brasileiro, by Castilho (2016). The results found in this research prove that i) the traditional grammars present the three criteria pointed out by Mattoso (1970): functional. morphological and semantic; ii) in most textbooks, there is a common definition for the verb, which is: "verb is the word that indicates action, state or phenomenon of nature". This definition gives preference to the semantic criterion, followed by the morphological criterion; the syntactic criterion was found in only one textbook of all analyzed; iii) there is no distinction between the concept of verb according to the school grade or the year of publication; iv) the exercises analyzed in the textbooks present questions that can induce the reader to define the verb as a process that indicates action, without leading the student to reason about the morphological and functional properties of this class; v) in relation to the Taxonomy of Educational Objectives, it was noted that only the first level of the cognitive domain – remember – is the most addressed in the teaching materials, which suggests very basic levels of cognitive development in word classes. Therefore, it is necessary to reformulate the concept of the verb in textbooks.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:LIP - Mestrado em Linguística (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39179/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.