Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39177
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_ClevertonCorreiaSilva.pdf27,38 MBAdobe PDFView/Open
Title: Petrografia, geoquímica e geocronologia das rochas vulcânicas efusivas e piroclásticas da formação arraias, grupo araí, nordeste de Goiás
Authors: Silva, Cleverton Correia
Orientador(es):: Souza, Valmir da Silva
Coorientador(es):: Botelho, Nilson Francisquini
Assunto:: Vulcanismo
Rochas vulcânicas
Citation: SILVA, Cleverton Correia. Petrografia, geoquímica e geocronologia das rochas vulcânicas efusivas e piroclásticas da formação arraias, grupo araí, nordeste de Goiás.119 f., il. 2020. Tese (Doutorado em Geologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Localizado na porção norte da Faixa Brasília, o Grupo Araí apresenta na Formação Arraias um volumoso registro de rochas vulcânicas intercaladas com quartzitos, metarenitos, brechas e metaconglomerados. As rochas desse grupo encontram-se assentadas sobre os granitos peraluminosos da Suíte Aurumina e dos xistos grafitosos da Formação Ticunzal, e, juntamente com os granitos anorogênicos da Província Estanífera Pedra Branca, compõem um dos mais completos e bem preservados registros do desenvolvimento de um rifte intracontinental, que teve início durante o Estateriano, na região central do Brasil. Em razão do excelente grau de preservação das estruturas e texturas originais, foi possível reconhecer pelo menos três eventos vulcânicos distintos: piroclástico, efusivo félsico e efusivo máfico. Os depósitos piroclásticos ocupam extensas áreas do Grupo Araí e são classificados como depósitos piroclásticos de fluxo (ignimbritos) e depósitos piroclásticos de queda, com espessuras que chegam até 100 m. As rochas efusivas félsicas são porfiríticas, quanto ao aparecimento dos fenocristais de quartzo e feldspatos, com golfos de corrosão, imersos em sua matriz afanítica. Essas rochas são ácidas (66,10% a 76,60% de SiO2), e possuem conteúdos variados de Al2O3 (10,79% a 14,25%), Ca (0,03% a 1,95%) e ΣK2O+Na2O (2,63% a 8,23%). Possuem afinidades com as rochas das séries alcalinas e subalcalinas, e são classificadas como dacito, riolito, álcali riolito e traquito peraluminosos. Em diagrama normalizado pelo condrito, essas rochas ácidas são enriquecidas em ETRLeves em relação aos ETRPesados, com as suas expressivas anomalias negativas de Eu (Eu/Eu* = 0,26 a 0,53) indicando um importante fracionamento dos feldspatos. Nos diagramas para os ambientes tectônicos, por exemplo, Rb versus Y+Nb, o conjunto de rochas vulcânicas ácidas do Grupo Araí exibem afinidades com aquelas geradas em ambiente pós-colisional intraplaca (anorogênico). O vulcanismo máfico, por sua vez, é composto por rochas básicas afaníticas (49,72% a 54,70% de SiO2), cujas colorações variam de cinza-esverdeadas, cinza-escuras a cinza-acastanhadas, e contém vesículas preenchidas por sílica. Classificadas como basalto, basalto alcalino, basalto andesítico e traquibasalto, essas rochas são formadas essencialmente por plagioclásio e clinopiroxênio, sendo este último substituído, quase completamente, por tremolita-actinolita. Apresentam conteúdos variados de MgO (5,29% a 7,17%) CaO (6,49% a 9,98%), K2O (0,60% a 2,53%), Na2O (1,88% a 3,59%), TiO2 (0,65% a 1,51%), Ni (68 a 140 ppm) e V (112 a 240 ppm. No diagrama para ETRs normalizado pelo condrito, exibem um forte enriquecimento de ETRLeves em relação aos ETRPesados, com anomalias pouco pronunciadas de Eu (0,80 a 0,99). Quando normalizadas pelo manto primitivo, essas rochas exibem anomalias positivas de Ba, Pb, Nd, e anomalias negativas de Rb, Nb, Sr e Ti. Os baixos valores de εNd(T), variando de -6,78 a -4,89, para uma idade de cristalização de 1,78 Ga, reforçam a importância da contaminação dos magmas responsáveis pela geração dos basaltos com as rochas da crosta continental, comum em regiões de crosta continental atenuada, como é caso do Rifte Intracontinental Araí.
Abstract: Located in the northern portion of the Brasília Belt, the Araí Group presents in the Arraias Formation a voluminous register of volcanic rocks interbedded with quartzites, etasandstones, breccia, and metaconglomerates. The rocks of this group are located on the peraluminous granites of the Aurumina Suite and the schist of the Ticunzal Formation, and, together with the anorogenic granites of the Pedra Branca Province, they compose one of the most complete and well-preserved records of the development of a rift intracontinental, which started during the Estateriano, in the central region of Brazil. Due to the excellent degree of preservation of the original structures and textures, it was possible to recognize at least three distinct volcanic events: pyroclastic, felsic effusive and mafic effusive. The pyroclastic deposits occupy extensive areas of the Araí Group and are classified as flow pyroclastic deposits (ignimbrites) with thicknesses that reach up to 100 m. The felsic effusive rocks are porphyritic, as for the appearance of quartz and feldspar phenocrysts, with corrosion gulfs, immersed in their aphanitic matrix. These rocks are acidic (66.10% to 76.60% SiO2), and have varied contents of Al2O3 (10.79 wt.% to 14.25 wt.%), Ca (0.03 wt.% to 1.95 wt.%) and ΣK2O+Na2O (2.63 wt.% to 8.23 wt.%). They have affinities with the rocks of the alkaline and sub-alkaline series and are classified as peraluminous dacite, rhyolite, alkali rhyolite, and trachyte. In a diagram normalized by the chondrite, these acid rocks are enriched in LREE in relation to heavy HREE, with their expressive negative Eu anomalies (Eu/Eu * = 0.26 to 0.53) indicating an important fractionation of feldspars. In the diagrams for tectonic settings, for example, Rb versus Y + Nb, the set of acid volcanic rocks of the Araí Group exhibits affinities with those generated in a within-plate and/or post-collisional setting. Mafic volcanism, in turn, is composed of basic aphanitic rocks (49.72 wt.% to 54.70 wt.% SiO2), whose colorings vary from greenish-gray, dark gray to brownish-gray, and contain vesicles filled with silica. Classified as basalt, alkaline basalt, andesitic basalt and trachybasalt, these rocks are formed essentially by plagioclase and clinopyroxene, the latter being replaced by tremolite-actinolite. They have varied contents of MgO (5.29 wt.% to 7.17 wt.%) CaO (6.49 wt.% to 9.98 wt.%), K2O (0.60 wt.% to 2.53 wt.%), Na2O (1.88 wt.% to 3.59 wt.%), TiO2 (0.65 wt.% to 1.51 wt.%), Ni (68 to 140 ppm) and V (112 to 240 ppm). In the diagram for REE normalized by the chondrite, exhibit a strong enrichment of LREE compared to HREE, with little pronounced anomalies of Eu (0.80 to 0.99), when normalized by the primitive mantle, these rocks exhibit positive anomalies of Ba, Pb, Nd, and negative anomalies of Rb, Nb, Sr, and Ti. εNd (T) values, ranging from -6.78 to -4.89, for a crystallization age of 1.78 Ga, reinforce the importance of the contamination of the magmas responsible for the generation of basalts with continental crust rocks, common in regions attenuated continental crust, as in the case of the Araí Intracontinental Rift.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Programa de Pós-Graduação em Geologia, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IG - Doutorado em Geologia (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39177/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.